Geral,Massaranduba,Segurança

Massaranduba amplia valor do convênio para a manutenção dos Bombeiros Voluntários

Foto: Divulgação

A Administração Municipal e a Associação de Serviços Sociais Voluntários - Bombeiros Voluntários de Massaranduba assinaram na última sexta-feira (26), convênio garantindo o repasse de R$ 360 mil para a corporação para o ano de 2021, à continuidade do atendimento à comunidade, em especial na transferência de pacientes. O ato administrativo foi realizado no gabinete do prefeito Sésar Tassi e contou com a presença do presidente dos bombeiros, Luiz Carlos Reis, e do comandante Gilberto Alexandre.

Também foi acompanhado pelo presidente da Câmara, Vanderlei Sasse, e pelo secretário Isaias Kubnik. No dia anterior, o prefeito Sésar havia assinado convênio com a Apae, no montante de R$ 312,5 mil. Segundo ele, as duas entidades realizam um trabalho excepcional, reconhecido pela comunidade e receberão este ano um substancial reajuste de valores para que possam continuar as suas atividades.

Leia mais

 

O presidente dos Bombeiros Voluntários, Luiz Carlos Reis, disse que o efetivo deve ser aumentado para a escala de plantão destinado principalmente à transferência de pacientes. Citou igualmente que assim que possível, a corporação vai retomar a campanha de arrecadação junto à comunidade nas contas de energia da Celesc, que já rende um valor significativo para o pagamento das contas.

Existe também movimento para a construção do novo quartel da corporação, hoje instalado no terminal rodoviário e cedido pela prefeitura. A ideia é inicialmente fazer um desenho da futura sede para facilitar a busca de recursos. O terreno deve ser cedido pela Prefeitura, de acordo com o prefeito Sésar.

Corporação completa 21 anos e busca voluntários à central de emergência

Os Bombeiros Voluntários tem a data de 30 de março como de sua efetiva instalação. Foi no ano 2000 que com apoio da Associação Empresarial e do Corpo de Bombeiros de Guaramirim que corporação iniciou seu trabalho com dez voluntários em sede provisória, cedida pela Prefeitura, junto ao Terminal Rodoviário.

O Executivo também colocou à disposição da guarnição o caminhão de irrigação de ruas para ser empregado no combate a incêndios. Logo que foram instaladas as linhas 379-1900 e 193 a corporação começou a atender chamados. No início, sem veículo de emergência, os atendimentos eram feitos com os carros dos próprios voluntários; os acidentes mais graves contavam com a ajuda dos bombeiros voluntários de Guaramirim e Jaraguá do Sul.

Os Bombeiros Voluntários são uma referência. Tem uma eficiente equipe de pronta resposta, equipamentos de boa tecnologia para executar as mais diversas ações, de acordo com o grau de emergência das chamadas. O poder público, empresas e comunidade têm dado o respaldo no auxílio ao funcionamento ininterrupto, às 24h do dia e 365 dias do ano. Nesta terça-feira, 30 de março, os Bombeiros de Massaranduba completa 21 anos. É uma data emblemática. Conforme o comandante Gilberto Alexandre, atualmente são 12 bombeiros efetivos (pagos) e mais de 40 voluntários que se revezam nos plantões.

Os voluntários prestam no mínimo dez horas semanais de plantão e dentro do mês um plantão de 24 horas. Segundo Gilberto, a corporação está necessitando de voluntários para a central de emergência, no atendimento telefônico.

"Não precisa ter conhecimento sobre o trabalho operacional, basta que a pessoa se voluntarie para dar expediente no quartel, o que ajudará bastante porque assim um bombeiro não precisará ficar atendendo o telefone e permanecerá de plantão para atender as ocorrências", registra o comandante.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!