Estadual,Geral,Guaramirim,Jaraguá ,Trânsito

Em obras há 87 meses, duplicação da BR-280 não tem data para concluir

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) em Santa Catarina, Ronaldo Carioni Barbosa, participou na segunda-feira (7), virtualmente, da plenária da Associação Empresarial de Guaramirim, para atualizar informações acerca da duplicação dos 73 quilômetros da BR-280, entre São Francisco do Sul a Jaraguá do Sul.

Leia mais

Uma das novidades é que, neste ano, 5,5 km da duplicação estarão concluídos, assim como os dois túneis no Morro Vieira serão vazados. O fato negativo é o corte de recursos do orçamento das obras para 2021. O contingenciamento se deu por conta da necessidade de alocar mais recursos para enfrentar a pandemia da Covid-19.

Carioni disse que aguarda, de fato, que o governo do estado faça o repasse de R$ 50 milhões para a duplicação, a ser aplicado, exclusivamente, no lote 1, que vai do Itinga (Araquari) a São Francisco do Sul. Esse é o trecho mais longo - 36 quilômetros - e o mais atrasado, com apenas 10,68% das obras executadas, medição feita em maio.

O orçamento total é de R$ 368,8 milhões, fora a abertura do canal do Linguado para construção de uma ponte rodoviária e ferroviária, o que elevará em muito o custo da obra. No trecho já foram investidos R$ 32,5 milhões. Com os R$ 50 milhões aguardados do estado, conforme aprovação da Assembleia Legislativa, o Dnit pretende investir nos 9 km do contorno de São Francisco e no elevado do Instituto Federal de SC (escola agrícola de Araquari).

Segundo o superintendente do Dnit, essas duas obras já descomprimiriam o tráfego. Em relação ao canal do Linguado, existe pendência jurídica a ser resolvida. Para ele, a abertura traria novo descontrole ambiental.

"O que já existe está consolidado. Pessoalmente creio que seria mais interessante e econômico fazer aterro para a duplicação, acelerando o processo e ganhando tempo", comentou.

Superintendente garante 5,5 km da duplicação prontos este ano

O lote 2.1, começa na BR-101 (Araquari) e vai até Guaramirim. É o trecho mais curto da duplicação da BR-280, com pouco mais de 14 km, onde está sendo construída a maior ponte do Norte Catarinense sobre o rio Piraí, com 540 metros, opção construtiva definida para garantir a preservação e a redução de impactos nas margens e no leito do rio que nasce em Joinville e percorre 57 quilômetros até desaguar no rio Itapocu, na divisa de Araquari com Barra Velha.

(Foto: Prosul)

As obras seguem lentas devido à falta de recursos. No entanto, o superintendente do Dnit-SC, Ronaldo Carioni Barbosa, declarou na Aciag, no dia 7, que no trecho final, de 1,5 km, a duplicação ficará concluída este ano para o encaixe no contorno da rodovia e junção com o trecho urbano da BR-280 (entre Guaramirim e Jaraguá do Sul) que está sendo financiado pelo Governo do Estado, já em estágio adiantado.

Carioni disse que além do 1,5 km no lote 2.1, serão finalizados mais 4 km no lote 2.2 (contorno de Guaramirim e Jaraguá do Sul), até a Rodovia do Arroz, já na direção de Schroeder I. Então, em 2021, 5,5 km da duplicação estarão prontos para utilização, de acordo com o cronograma do Dnit-SC.

O lote 2.1 tem custo orçado em R$ 172,6 milhões e está com 49,72% concluídos. Conforme números apresentados, R$ 72 milhões já foram faturados.

Obras de vazamento dos dois túneis acontecerão em 2021, diz Dnit

O lote 2.2 é o do contorno de Guaramirim e Jaraguá do Sul, passa por Schroeder I, retorna a Jaraguá pelos bairros Vieira e João Pessoa, chegando aos túneis duplos de 1,1 km cada e segue até a região de Nereu Ramos, onde volta para o traçado original da BR-280, com pista simples, na direção de Corupá, onde deve ocorrer, também, a junção com o contorno Oeste de Jaraguá do Sul, interligando com a SC-110, próximo da Nanete Têxtil.

(Foto: Prosul)

Essa obra (contorno Oeste) ainda precisa da viabilização de recursos e finalização do projeto executivo, competência que não cabe ao Dnit, mas ao município, que poderá contar com a participação do estado. O lote do contorno da BR-280 tem custo orçado em R$ 741,7 milhões e é o mais adiantado da duplicação. Já foram pagos R$ 278,4 milhões, ou 51,97% das obras executadas, atualizadas no mês de maio corrente.

O engenheiro superintendente do Dnit-SC, Ronaldo Carioni Barbosa, disse que a meta para este ano é vazar os dois túneis, ou seja, concluir os 100 metros que faltam em cada um, para a sequência das obras já na direção do bairro Amizade (referência Clube dos Viajantes) e seguir até o projetado, em Nereu Ramos. "Esta é a nossa estratégia", comentou.

As três empresas contratadas para as obras têm capacidade técnica para avançar, porém, tudo depende dos recursos. As obras avançam na medida em que os recursos orçamentários são liberados.

Previsão otimista para conclusão, se houver recursos, no final de 2023

"Se tudo der certo, até o final de 2023 a duplicação da BR-280, nesse trecho, poderá estar pronto. Isso, naturalmente, se houver o descontingenciamento do orçamento federal. Das obras em execução em Santa Catarina, a BR-280 é a única com recursos (R$ 7 milhões) de emendas parlamentares. O orçamento previsto para 2021, com o valor das emendas, fica próximo de R$ 60 milhões (fora os R$ 50 milhões do estado para o lote 1), maior do que o orçamento da BR-470, que alcança R$ 56 milhões", explicou Carioni.

No entanto, a BR-470 é prioridade do governo federal. Para a sequência das obras, o estado deverá repassar para a União R$ 200 milhões, conforme aprovado na Assembleia Legislativa e ratificado pelo governador Carlos Moisés, para investir exclusivamente no trecho, que tem expectativa de conclusão das obras até o final do ano.

Em termos gerais, para concluir a duplicação da BR-280, em todos os lotes, são necessários R$ 1 bilhão, aproximadamente. Está em obras há 87 meses.

O superintendente Ronaldo Carioni Barbosa participará de nova plenária da Aciag no final do segundo semestre, como ficou combinado com o presidente Adilson Demathê, para novas atualizações dos estágios das obras, já com a utilização dos recursos do estado.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!