Como cuidar de cabelos loiros

Lais Hornburg

Mestra em Design, Professora de Moda, Empreendedora e Modelo.

Ver artigos

Oii meninas

O tema de hoje é pra falar dos cuidados que devemos ter com os cabelos loiros, para mante-los sempre lindos e hidratados.

Fialho e Miranda (2014) desenvolveram uma pesquisa que indicou que 8 em cada 10 mulheres pintavam os cabelos, entre as cores escolhidas para a transformação do visual a coloração loira chama a atenção. Segundo os pesquisadores, os discursos das mulheres loiras durante a pesquisa indicaram que ser loira é muito mais do que ter o cabelo loiro (natural ou pintado), significa adotar uma nova postura frente ao meio social, é uma questão de identidade e não de etnia. 

Eu, Lais Hornburg, sou da opinião de que devemos pintar nossos cabelos de acordo com a nossa vontade, digo isso porque já pintei o meu cabelo de várias cores diferentes e sempre mudo quando não estou gostando do que vejo no espelho, as vezes faço uma mudança radical ou apenas retoco a coloração que já tenho.

O texto de hoje é focado para a coloração loira, que é como o meu cabelo está no momento e também porque sei que têm muitas mulheres usando essa cor no momento e talvez não saibam como cuidar deles adequadamente.

Primeiramente quero ressaltar que não existe apenas um único tom de loiro e sim uma cartela cheia de opções, por isso se você está pensando em se tornar loira, não precisa se limitar a apenas o loiro platinado/acinzentado, você também pode optar por um loiro perolado ou cor de mel, por exemplo.

Independentemente do tom que você escolher, vale lembrar que você pode começar sem descolorir todo o cabelo, começando apenas dando uma iluminada, ou seja, deixando as pontas e o contorno do rosto com a iluminação, essa mecha que faz a moldura do rosto também é conhecida como coutour hair, que veio para realçar os pontos fortes do rosto de cada pessoa.

Minha cor natural é castanho e sou do tipo de mulher que não gosta de viver no salão retocando a pintura, por isso eu estava bem insegura antes de fazer, pois para mim um cabeleireiro deve atuar como um consultor de imagem, ele precisa me explicar tim tim por tim tim o que vai dar certo no meu cabelo e o que vai de fato combinar com a minha personalidade. 

Por muito tempo estive procurando o cabeleireiro ideal, até que finalmente encontrei a Debora Reis, e sério, nunca fui tão bem atendida em toda a minha experiência em diversos salões aqui em Jaraguá do Sul. 

Foto: BSB Fotografias

Expliquei a ela que eu gostaria de um loiro mais natural e fiquei feliz em saber que ela apoia a causa de fazer uma coloração diferente da comum. Depois de alguns meses com o cabelo pintado, percebi que ele estava um pouco mais amarelo do que eu gosto, então perguntei a ela se eu deveria passar aquele famoso shampoo roxo para tirar o amarelado. 

Ela me indicou a tonalizar o cabelo e não passar o shampoo roxo no momento, pois ele pode ressecar ainda mais o cabelo e se não aplicar corretamente pode ficar com um tom arroxeado e desigual entre as mexas. 

Dito isso resolvi fazer um antes e depois dessa tonalização mais hidratação, para vocês verem a diferença que faz colocar os cabelos na mão de quem sabe como tratá-los.

Fotos: BSB Fotografias

Vale lembrar que na primeira foto (o antes), já está com a iluminação feita pela Debora, ou seja, têm como vocês verem como fica quando o cabelo está liso, mas o que eu amo mesmo é com baby liss, que garante aquele volume maravilhoso! E gente, a Debora é a rainha do baby liss, vai lá conferir no insta dela @deborar.reis

FOTO: BSB Fotografias

Se você tem o cabelo castanho e não gosta de loiro, também pode fazer um moreno iluminado, fica divino, sério!

Notaram as unhas vermelhas de matar? É da minha manicure favorita @rigonnanda

As semi jóias são da marca Dahara revendido pela @tuany.biolo

As fotos maravilhosas são da @BSBfotografias

E aqueles terrários lindos que apareceram em uma das fotos são da @terráriosroze (fica ao lado do salão onde a Debora atende)

 

Se gostou da matéria, manda para amiga que ta pensando em mudar o visual, quem sabe isso pode ajuda-lá a tomar uma decisão :)

 

Beijos da prof Lais Hornburg :*

para mais informações instabio.cc/LaisEH

REFERÊNCIA: FIALHO, C. E. M.; MIRANDA, T. B. Notas de Metodologia da Pesquisa “Loiras: um estudo sobre cor do cabelo e produção da identidade”. Revista Ártemis, Fluminense, v. 18, n. 1807 - 8214, ed. 1, p. 199-211, 2014. DOI 10.15668/1807-8214/artemis.v18n1p199-211.