Especiais,Geral

Seguro de vida cobre morte por epidemia? Especialista em seguros, explica

Leonardo Koch

Jornalista formado com experiência em jornal impresso, digital e audiovisual

Após a Organização Mundial da Sáude (OMS) declarar pandemia da COVID-19  um cenário de incertezas assolou diversos países. Isto, porque, medidas drásticas foram tomadas pelos governos para frear a propagação do vírus.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, mais de 20 mil pessoas morreram de covid-19 em todo mundo. 

No Brasil, são 57 mortes, segundo o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. 

E quando se fala em perdas, principalmente de entes queridos, automaticamente as pessoas recorrem aos seguros de vida. No entanto, durante um cenário de pandemia, há muitas dúvidas sobre como proceder nesta situação. 

Leia mais:

Conforme o diretor técnico da BCS Corretora de Seguros, Leonardo Carlos Silva, em geral, muitas seguradoras excluem a indenização ao beneficiário em consequência de pandemias declaradas.

“Quando ocorre o falecimento de pessoas em massa a conta não fecha, isso porque a seguradora estima a quantidade de indenizações a serem pagas por condições habituais e rateia este valor no grupo segurado.

Embora seja difícil, Leonardo esclarece que algumas seguradoras estão oferecendo cobertura durante o casos de covid-19.

Estas medidas valem para cobertura de seguros viagens e de vida. Desta forma, é recomendável prestar atenção ao realizar viagens e se atentar em casos de mortes causadas pelo coronavírus. 

Algumas empresas cobrem as despesas até o diagnóstico do Covid-19. Porém, após a confirmação, as seguradoras podem se isentar desta responsabilidade. 

Por isso, no momento da contratação, o segurado deve consultar o seu corretor e se informar sobre coberturas em casos de pandemia para que nada ocorra fora dos trâmites. 

Com pandemia, 80% das seguradoras adotaram vistoria digital em Jaraguá do Sul

Depois da pandemia, o silêncio predomina nos escritórios de grandes e médias empresas. Da rotina agitada, hoje, milhares trabalham em regime de homme offcie. As seguradoras também adotaram o sistema de trabalho em casa no município e Silva garante que a medida deu bastante agilidade nos atendimentos.

Segundo ele, cerca de 25% das seguradoras utilizavam a tecnologia para facilitar o processo de vistorias de automóveis. 

Com o anúncio da quarentena, 80% passaram a empregar a vistoria digital, em Jaraguá do Sul. Um resultado positivo, visto que este modelo facilita no processo da fiscalização. 

Leia mais:

Segundo Silva, todos os atendimentos realizados pela corretora no período de isolamento foram feitos de forma digital. 

“Com as oficinas fechadas, a demanda é totalmente digital. Em um desses atendimentos, o cliente mandou todas as fotos do veículo para a constatação de danos. Este recurso beneficia quem quer contratar um seguro e continuar na quarenta”, salienta.

A BCS Corretora de Seguros está localizado na rua Pedro Gonzaga, no bairro Vila Nova, em Jaraguá do Sul.

Para dúvidas e esclarecimentos,  acesse o site da empresa clicando aqui ou entre em contato pelo número 47 9163-7453.

















Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.