Últimas colunas

A PROPÓSITO 02.07.2019

A estrada de ferro construída a partir de São Francisco do Sul (1906) até Porto União foi fundamental para o desenvolvimento de Jaraguá do Sul e, paralelamente, do setor hoteleiro, entre outros serviços. Entre os anos de 1920 e 1930 o município já tinha vários hotéis. As pessoas desembarcavam dos trens na estação central (hohe Centro Histórico) para fazer compras de produtos que levavam para outras cidades. Mas precisavam de tempo e, para isso, se hospedavam por aqui. Na foto, um grupo de hóspedes do Hotel Brasil, todos de terno e gravata, o traje normal do dia a dia da época, onde também entrava o chapéu. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Marcelo Schmidt Roberti?).

Por

POLÍTICAS & POLÍTICOS 02.07.2019

Valorizando o professor - A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, presidida pelo senador Dario Berger (MDB) aprovou projeto de lei da Câmara dos Deputados criando novas regras gerais para valorização dos profissionais da educação básica pública. O texto prevê medidas como planos de carreira, formação continuada e melhores condições de trabalho para professores, diretores, inspetores e técnicos escolares.

Por

Turistando 28.06.2019

Mais lidos que frases de para-choque continuamos aqui na épica saga de informar sobre o que há de bom para fazer nessas terras tupiniquins aos findis. Após o famoso #tbt de ontem partimos pros rolês do final de semana. Parafraseando Dorival Caymmi "quem não gosta de uma sexta feira bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça ou doente do pé".

Por Rodrigo Ademir da Silva e Elvira Maria Radwanski

POLÍTICA & POLÍTICOS 28.06.2019

O Congresso promulgou na quarta-feira (26) a Emenda Constitucional nº 100, que obriga a União a pagar as emendas oçamentárias de bancadas estaduais (deputados e senadores). Um reforço extra para obras dos estados e municípios. O senador Esperidião Amin (PP) negociou a versão final da emenda constitucional, "uma evolução na vida política do Brasil", avaliou. Exceto se o orçamento para o exercício não for consolidado, ficando acumulado para o ano seguinte. A nova regra vigora em 2020 (0,8% da Receita Líquida Corrente). Para obras, os recurso serão repassados até a conclusão. Em 2021 (1% da RCL), cerca de R$ 300 milhões por bancada. Em três anos, cada estado terá mais R$ 1 bilhão na conta. A discussão em SC é a mesma. A Assembleia Legislativa aprovou o regime de emendas impositivas, equivalente a R$ 200 milhões (R$ 15 milhões por deputado) no ano passado. Mas o governo não pagou e está devendo 2019, também.

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 27.06.2019

Acredite, se quiser - Lá pelos idos anos 70, o ator norte-americano Jack Palance apresentava um programa de TV mostrando bizarrices e fatos reais inacreditáveis. No Brasil era exibido pela TV Bandeirantes (hoje Band). Palance encerrava os programas com o bordão "acredite, se quiser". A duplicação da BR-280 é um fato real, uma bizarrice (bravata) até, quando se ouve o supervisor do DNIT, Antônio Carlos Bessa, dizer que "há possibilidades" de grandes avanços até dezembro de 2020 (o prazo contratual é 2022) se houver dinheiro. Mas isso até João Bidu, o astrólogo mais amado do Brasil, sabe.

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 26.06.2019

Vai esperando - A duplicação da BR-280, licenciamentos ambientais que impedem a expansão e instalação de novas empresas, obras do campus da Universidade Federal às margens da BR-110, em Joinville, anunciadas em 2009 e abandonadas há seis anos (foto); o contorno ferroviário a partir de São Francisco do Sul, passando por Araquari, Joinville, Guaramirim e Jaraguá do Sul; a concessão do aeroporto de Joinville à iniciativa privada e a (péssima) cobertura de telefonia celular em áreas rurais e trechos de rodovias são alguns dos grandes problemas das regiões Norte e Nordeste há décadas. E sem soluções à vista nos próximos anos. 

Por

A PROPÓSITO 25.06.2019

A foto é dos anos 1970. A Rua Adélia Fischer (subida da KG motos) ainda não existia e a entrada principal da cidade se dava pela Rua Max Wilhelm (Pizaria Casarão). À época, o Brasil vivia uma fase de grande crescimento industrial com reflexos diretos em cidades cujo desenvolvimento estava alicerçado na indústria como, por exemplo, Jaraguá do Sul. A demanda por mão de obra era tão grande que as maiores empresas da cidade passaram a anunciar vagas em municípios vizinhos. Aliás, até hoje, boa parte dos trabalhadores do diversificado parque industrial jaraguaense vem de cidades próximas. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Paulo Sporrer HD)

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 25.06.2019

Armas 1 - O senador Esperidião Amin foi um dos 47 votos contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) flexibilizando a posse e o porte de armas. Outros 28 votaram a favor, entre eles os senadores Jorginho Mello (PL) e Dario Berger (MDB). "Não sou e não posso ser contra a Constituição", disse Amin ao JDV e a correligionários do partido em Jaraguá do Sul, ao explicar seu voto. Por conta disso, nas redes sociais não foi poupado de duras críticas, chamado até de "traidor". O decreto, ainda em vigor, vai agora para a Câmara dos Deputados. Se os deputados confirmarem o "não" , é possível que a questão volte a ser discutida no Senado na forma de projeto de lei

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 21.06.2019

Incentivos 1 - Esta semana, 20 entidades empresariais, entre elas a Fecomércio presidida por Bruno Breithaupt, anunciaram que vão trabalhar com os deputados estaduais na regulamentação dos incentivos, em parte ou no todo, via Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços concedidos pelo Estado a vários segmentos econômicos. Hoje, há uma grande insegurança jurídica por conta de possível mudança na política econômica já anunciada pelo governo do Estado. Estudo da Federação das Indústrias de Santa Catarina mostra que os incentivos fiscais não causam prejuízo, mas promovem o desenvolvimento.

Por

Turistando 21.06.2019

Caraca, muleke! Que dia! Que isso? Põe um pagodinho só pra relaxar... Sol, praia, biquíni, gandaia Abro uma gelada só pra refrescar? Calma, ainda não Thiaguinho.... por enquanto só quentão, pinhão e chocolate quente pra amenizar o friozinho.... Mas, passear, viajar e turistar também é permitido. Bora?

Por Rodrigo Ademir da Silva e Elvira Maria Radwanski

POLÍTICA & POLÍTICOS 20.06.2019

Só pra saber - O transporte público de passageiros está em pauta na Câmara e na Prefeitura e interessa diretamente ao usuários. Só como exemplo, na vizinha Blumenau o sistema é integrado, são seis terminais e mais dois em construção. Passagem única de R$ 4,20, sem subsídios da Prefeitura. O usuário sabe sobre cada centavo que paga em cartazes afixados no interior dos ônibus. Impostos (2,93%) é o que menos pesa na tarifa. Motorista (21,38%) e cobrador (13,87%) é o custo maior da empresa Piracicabana. A frota de 225 ônibus com cerca de dois anos de uso, tem internet. Combustível (12,57%), manutenção e seguro (12,10%, investimentos (10,98%), subsídios (estudantes) e gratuidades (idosos/10,94%), taxa interna de retorno (lucro bruto/9,60%) e gastos administrativos (5,62%) completam os custos integrais da passagem.

Por

POLÍTICAS & POLÍTICOS 19.06.2019

Pois é - Ninguém com os miolos no lugar, exceto fanáticos guiados por ideologias burras, ou bocas alugadas bem pagas, torce para que os governos deem errado. Até porque, se o barco afundar, vamos todos juntos. Mas há coisas que não dá para engolir a seco. Por exemplo, pesquisa do Instituto Mapa sobre o governo de Carlos Moisés (PSL). No quesito aprovação, 68% dos entrevistados disseram "sim". No quesito confiança o "ok" de 66%, com 26% desconfiando. Na pergunta sobre "expectativas" futuras, só 7% acham que vai piorar. Perguntar não ofende: cadê os desconfiados?

Por
1 ... 14 15 16 17 18 ... 19

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.