UMA PERSPECTIVA DOS INFERNOS

A J Marchi

Questionamentos evidentes, obviedades improváveis e banalidades incomodas. 

Ver artigos

Há um ditado espanhol que atribui o conhecimento do diabo à sua idade, e não propriamente à sua condição demoníaca. O leviatã, nessa história em particular (se é que o maligno seja um só) deve ter sido muito jovem, infantil ainda, a julgar pelo truque utilizado por um astuto arquiteto alemão chamado Jorg von Halsback.

Esta história, conhecida ou recordada por poucos, começa no ano 1468 em Munique. Naquele ano, Jorg von Halsbach havia planejado realizar um de seus projetos mais ambiciosos: a catedral da cidade, que seria mais tarde conhecida como, Fraunkirche.

A possibilidade de o trabalho não ser concluído dentro do prazo, devido a circunstâncias mais ou menos imprevisíveis, atormentou tanto o arquiteto e construtor, que não hesitou em recorrer ao próprio belzebu para evitar qualquer tipo de contratempo.

Lúcifer aceitou o acordo, embora, com uma condição: o templo não deveria ter janelas. Um lugar sem luz natural, certamente não agradaria seu eterno e sagrado antagonista, o rival, Rei do Céu.

Satanás cumpriu sua promessa, e em pouco mais de vinte anos, a catedral foi concluída; uma conquista para a época. Para consolidar a justificativa de que Jorg von Halsbach também havia feito sua parte, o demônio personificou-se e apareceu em frente a nova igreja. O arquiteto, então, o acompanhou até um ponto em frente à entrada principal. Não se via por aquela perspectiva, nenhuma janela.

O diabo saiu satisfeito. "Rei do inferno 1- Rei do céu, 0"; deve ter pensado a besta quando viu aquela catedral hermeticamente fechada. Entretanto, toda aquela euforia se transformou rapidamente em ira. E aconteceu assim que percebeu o demo, que o arquiteto o colocara estrategicamente no único ponto da construção em que as colunas o impossibilitavam de enxergar as janelas laterais do edifício. Para o diacho e chifrudo anjo das trevas, ficou evidente o blefe de Jorg von Halsbach.

Porém, naquelas alturas da história, o templo religioso já havia sido consagrado. Mas, como um cão-tinhoso que não esquece e nem perdoa provocação, o satânico vingou-se. E foi na própria catedral, onde uma pegada em um dos pisos na entrada principal, lembra que uma vez o próprio capeta ali esteve. E quem sabe, talvez um dia, decida voltar para uma caminhada, um pouco mais longa!

Dentre tantas considerações plausíveis que poderíamos transferir do texto acima, para o nosso cotidiano e, especialmente para as eleições municipais que se aproximam, uma, obviamente incômoda, se destaca. Quando tentarem nos prometer, soluções mirabolantes e repletas de facilidades distantes de qualquer evidencia lógica, enxerguemo-las sob a nossa perspectiva. Sob a nossa lógica! Jamais sob a perspectiva de quem quer que seja, muito menos de quem nos ofereça corriqueiras banalidades iguais a farofa de pastel pisado, pois, corremos todos o risco de sermos trapaceados, e de pagarmos juntos a mesma conta por longos quatro anos! Não queremos olhar para as pegadas deixadas por maus legisladores e gestores públicos, e lembrarmos de suas ineficientes atuações, ou queremos!!

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.