POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Médicos pelo Brasil - Deputado Carlos Chiodini (MDB) foi voto favorável a projeto do Senado sobre o “Revalida”, programa de revalidação de diplomas de médicos obtidos no exterior. “Será que o diploma dele vale aqui no Brasil ou será que ele tem, de fato, as competências necessárias para ser médico?”, questionou o deputado ao defender a proposta, argumentando que “nossa saúde só tem a ganhar e, mais do que isso, aprovamos o sonho de milhares de estudantes que se formaram em medicina e estão prontos para trabalhar”. O programa oficializa o “Médicos pelo Brasil”, substituindo o “Mais Médicos”, ativado em 2013, governo de Dilma Rousseff (PT) com esmagadora maioria de profissionais cubanos sem revalidação do diploma. No Brasil existem 301 escolas de medicina, 15 em Santa Catarina, uma delas em Jaraguá do Sul.

Em campanha- Ministro Osmar Terra, da Cidadania, é o convidado do MDB catarinense para palestra amanhã (30) em Porto Belo, em encontro de prefeitos e vices do partido. Terra, deputado federal licenciado (83 mil votos) é filiado ao MDB gaúcho e foi indicado pelo também deputado federal gaúcho e ministro da Casa Civil, Onix Lorenzoni (183 mil votos). Em SC o MDB comanda 102 das 295 prefeituras, além de 67 vice-prefeitos. O encontro é parte da mobilização emedebista de olho nas eleições municipais de 2020. Uma das etapas já foi desenvolvida recentemente em Jaraguá do Sul sendo anfitrião o prefeito Antidio Lunelli.

Transporte urbano- Em 2015, no primeiro governo do atual prefeito Udo Döhler (MDB), foi criado o Plano de Mobilidade Sustentável de Joinville, incluindo a licitação do transporte coletivo urbano, que foi parar na Justiça (onde está até hoje) questionado pelas empresas Transtusa e Gidion, que operam o serviço. Lá, como em Jaraguá do Sul e Guaramirim, vigora o regime de monopólio (empresas da mesma família). Aqui, desde 1968 sem licitação. Que, não sai do papel desde o governo de de Moacir Bertoldi quando, pela primeira vez, alguém falou em licitar o serviço.

Fraldas- A proposta do vereador Eugênio Jurazeski (PP) de se montar uma mini fábrica de fraldas no Presídio Regional de Jaraguá do Sul começa a tomar forma (veja o JDV de 19/11). Depois de visita de comitiva com servidores da Secretario de Saúde e o vice-prefeito Udo Wagner ao presídio de Joinville, onde a estrutura já existe, agora será feita uma avaliação de custos (hora-máquina, mão de obra e matéria prima). Todo o processo deve ser finalizado até junho de 2020. A ideia é beneficiar cerca de 600 famílias carentes.

Aleluia!- Ao contrário das obras de duplicação de rodovias federais que cortam o Estado, exemplos disso são as BRs- 280 e 470, com recursos minguados para as obras de duplicação em 2020, ao menos os repasses do SUS para Santa Catarina serão mantidos na íntegra e, melhor ainda, com acréscimo : R$ 1,768 bilhão, quase R$ 40 milhões a mais que em 2019. É o que promete o Ministério da Saúde.

Fim da picada- Uma escola da rede municipal de ensino de Anita Garibaldi, na região da serra catarinense junto à divisa com o Rio Grande do Sul, teve de ser cancelada porque a rodovia estadual SC-390 estava, simplesmente, intransitável. Impedindo que autoridades e convidados fossem à escola. Aqui no Vale ainda não chegamos a tal extremo, mas do que jeito que vai, é só uma questão de (pouco) tempo.

Operação Alcatraz- O empresário Mário Kenji Iriê, o ex-secretário de Administração do Estado, Milton Martini, e o ex-presidente da Alesc, Pedro Bittencourt Neto foram indiciados pela Polícia Federal pela prática de corrupção ativa e passiva. As investigações fazem parte da chamada Operação Alcatraz, que em outubro também indiciou o presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia (PSD). Iriê é dono das Lojas Makenji (genuinamente catarinense). Em 2009, quando Garcia também presidia a AL, o empresário recebeu o título de Cidadão Catarinense, proposto pelo então deputado e Secretário do Desenvolvimento Sustentável, Onofre Santo Agostini. Na foto de entrega do título (E p/ D), estão Bittencourt Netto, Onofre (2º), Garcia e Iriê.

E segue o baile- Gilmar Mendes, que dispensa apresentações, e Dias Toffoli, presidente do STF, eram esperados ontem (28) e hoje (29) em Florianópolis. Toffoli homenageado pela Federação das Indústrias de Santa Catarina com o Prêmio Líderes do Lide de SC, em “reconhecimento” pelos seus 10 anos de atuação como ministro. Mendes é palestrante convidado a Ordem dos Advogados do Brasil/Secção de SC, em comemoração aos 30 anos da Constituição do Estado. Ambos são, na prática, os maiores inimigos da Lava Jato. Nos endereços eletrônicos da FIESC e OAB, nada constou sobre convites aos dois ministros.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.