POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Animais nos hospitais - Projeto de lei da deputada Marlene Fengler (PSD) permite a entrada de animais domésticos e de estimação em todos os hospitais de Santa Catarina, que também já é permitido em shoppings de Blumenau. Diz que isso pode auxiliar em muito no tratamento de doenças. “São práticas humanizadas, usando o animal como parte do tratamento psicológico do paciente. Já na parte física, o contato com animais ajuda na produção de ocitocina, hormônio que protege contra o estresse", disse a parlamentar. Em Jaraguá do Sul a Câmara aprovou no primeiro semestre desse ano projeto idêntico do vereador e presidente da Casa, Marcelindo Grunner (PTB). Mas, além de áreas restritas o “sim” ou o “não” cabe aos hospitais.

Melhores 1- No Ranking dos Políticos, uma plataforma digital mantida com recursos privados (www.politicos.org.br) o senador Jorginho Mello (PL) aparece com o melhor desempenho, em 2019, entre os três senadores catarinenses. Na Câmara dos Deputados, destaque para Caroline de Toni e Coronel Armando, ambos do PSL, Rodrigo Coelho (PSB) e Gilson Marques (Novo). A avaliação da lista reflete dados retirados dos sites da Câmara e do Senado. Que, em linhas gerais, dá mais pontos para deputados com projetos de orientação mais liberal na economia.

Melhores 2- Mas o blog “Pragmatismo Político” denuncia o site, rotulando-o de “conto do vigário” porque a avalição é feita por um conselho integrado por pessoas que, de uma forma ou de outra, têm interesse direto na economia do país e em questões ligadas a partidos políticos. Incluindo ex-candidatos a Presidência da República, donos de grandes empresas publicitárias e outras que tinham contratos milionários com governos do PT. A premiação dos melhores foi entregue ontem (27) no Senado.

Salários- Movimento popular em Criciúma tenta viabilizar projeto de lei propondo a redução do salário dos 15 vereadores, hoje de R$ 9,6 mil para R$ 2,6 mil, que é a média salarial dos trabalhadores do município. Só comparando, em Jaraguá do Sul o salário atual dos 11 vereadores é de R$ 11.008,51. O presidente da Câmara (como nos outros municípios), a título de representação do Poder leva mais 50%. O menor salário, de R$ 3.832,00, é pago aos nove vereadores de Corupá.

Idiotices 1- O empresário Luciano Hang (Rede Havan) listou projetos de leis apresentados por deputados e senadores que considera como absurdos propostos por “idiotas dispostos a produzirem leis burras”. Entre elas, uma que proibia o uso da tecnologia 5G em Santa Catarina (já arquivada pela Assembleia Legislativa); a propaganda de brinquedos na TV (em São Paulo); a que proíbe pessoas de fazerem piadas sobre políticos (vetada em 2018 pelo STF); outra obrigando reserva de 20% das vagas de estacionamentos para advogados em órgãos públicos (Distrito Federal) derrubada pelo Tribunal d Justiça do DF.

Idiotices 2- E, absurdos dos absurdos, diminuição da pena para presos (quatro dias para cada livro) que leem, a Bíblia ou outro livro qualquer (SP).  “Sou da opinião que deputados, vereadores e senadores deveriam fazer jejum e parar de fazer leis por fazer”, escreveu o empresário em seu Twiter. E prosseguiu: “Fico pensando em como alguém pensa em colocá-las em prática?”, numa referência direta a presidentes da República, governadores, prefeitos, Câmaras e assembleias legislativas, que sancionam ou promulgam tais absurdos.

Jogo de cena- Aviso aos navegantes que festejaram a aprovação, pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, da Proposta de Emenda Constitucional determinando a prisão de réus condenados em segunda instância: ainda é preciso criar uma tal de Comissão Especial que dirá, de fato, se a proposta prossegue ou vai para o arquivo. Visto está que, neste caso, a CCJ é mera figurante de um rito do regimento interno que precisa ser cumprido. Por trás dos panos, deputados envolvidos com a Lava Jato- e não são poucos- nem querem ouvir falar. No Senado havia um projeto de lei tramitando com proposta igual, mas foi engavetado porque seria aprovado com facilidade. Um “acordo” entre Rodrigo Maia (DEM) e David Alcolumbre (DEM) optou pela PEC da Câmara, que muda artigo da Constituição de 88.

Água da chuva- O bom exemplo deve vir “de cima”. É o que diz projeto de lei do deputado Ivan Naatz (PV/Blumenau) propondo que novas estruturas de prédios do Estado sejam contempladas com equipamentos de captação da água das chuvas. Para reaproveitamento em serviços de limpeza e em banheiros, por exemplo, evitando uso da água tratada cujo custo de produção e consumo é alto. E muito mais onde já há redes de coleta e tratamento de esgoto.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.