POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

SEIS ANOS DEPOIS - A alta acumulada de 13,7% na receita do Estado entre janeiro e setembro, cerca de R$ 2,4 bilhões a mais nos cofres do governo, motivou deputados estaduais a sugerirem que parte disso seja investido em infraestrutura rodoviária. Um dos apoiadores da ideia é Valdir Cobalchini (MDB), ex-secretário da pasta. Que em maio de 2013, no governo de Raimundo Colombo (PSD), assinou o edital de licitação do trecho urbano da BR-280 (Guaramirim a Jaraguá do Sul). À época orçado em R$ 85 milhões contra os R$ 103 milhões a custos de hoje. Mas, a ordem de serviço só foi assinada na quarta-feira (30), mais de seis anos depois. Foi promessa do governador Carlos Moisés (PSL) em 12 de agosto quando esteve em Jaraguá do Sul pela primeira (e única) vez.

Prazo da 108- Ministério Público de Guaramirim pode mover ação civil pública contra o Estado por conta do atraso e ausência de procedimentos que não foram executados em paralelo às obras de reconstrução da rodovia SC-108, interditada desde a madrugada de 18 de fevereiro. Conforme previsto no projeto em andamento. Segundo o chefe da Defesa Civil Estadual, João Batista Cordeiro Júnior, o prazo de conclusão da obra é de 90 dias a contar de12 de agosto, incluindo o talude de contenção da encosta, que ainda não começou. Ou seja e, portanto, no dia 12 de novembro. Mas não há nenhuma certeza de que isso ocorrerá.

No prejuízo- Enquanto isso, moradores e comerciantes estabelecidos ao longo das ruas dos Bairros Figueirinha (Guaramirim) e Figueira (Jaraguá do Sul) há oito meses e meio se obrigam a suportar trânsito diuturno ao redor de 15 mil veículos. O que provoca muito barulho de motores, poeira, lama e, ainda pior, a destruição contínua do asfalto, que em alguns trechos já desapareceu. Por isso, não está descartada, também, uma ação popular indenizatória contra o Estado. Mas, se isso ocorrer, é improvável, por questões político/administrativas, que as prefeituras dos dois municípios se envolvam.

Na PM- Jorge Tasca, secretário da Administração é o interlocutor do governo Carlos Moisés (PSL) nas negociações com representantes dos policiais militares. A categoria, representada na Assembleia Legislativa pelo deputado Sargento Lima (PSL), agora um desafeto do governador por conta de encrencas no partido, alega perdas salariais de até 37% nos últimos cinco anos.

No PSL 1- Deputado federal Fábio Schiochet, um dos parlamentares mais fiéis ao presidente Jair Bolsonaro, continua presidindo o PSL em Santa Catarina. Aqui no Estado o partido rachou em dois por conta da disputa pela liderança do governo da Câmara dos Deputados. E desavenças pessoais com o governador Carlos Moisés.

No PSL 2- Há parlamentares fieis a Bolsonaro e ao governador Carlos Moisés e vice-versa. São seis deputados estaduais e quatro federais. Schiochet, provável candidato a prefeito de Jaraguá do Sul, disse que trabalhará para reunificar as bancadas federal e estadual. E que nunca pensou em renunciar à presidência estadual como forma de selar a paz interna.

Regularização fundiária- Prefeito Antídio Lunelli (MDB) satisfeito com o resultado da parceria entre a Prefeitura e o Tribunal de Justiça que resultou, finalmente, na posse definitiva (escritura) de imóveis para 143 famílias residentes em Jaraguá do Sul. É a primeira etapa do programa “Lar Legal”. Foram mais de 30 anos de espera e incertezas. E a expectativa é de que mais 750 famílias se enquadrem no programa. Em passado recente, programa semelhante desenvolvido pelo município (gestão de Cecília Konell) e governo do Estado também levou segurança jurídica a centenas de moradores de vários bairros. Entre 2009 e 2010, 26 loteamentos irregulares, sem escritura para proprietários dos imóveis, foram regularizados. À época, ainda restaram 114 loteamentos na mesma situação.

Mais polêmica- Em meio a disputa no Judiciário parasse saber a quem pertence a cadeira de deputado federal ocupada por Ricardo Guidi (PSD) ou Ana Paula Lima(PT), advogados de defesa do ex-deputado João Rodrigues pretendem que o Supremo Tribunal Federal dê posse ao representante de Chapecó. Quando atuou no Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Gilmar Mendes considerou como válidos os cerca de 68 mil votos para Rodrigues. Que não foram computados pela Justiça Eleitoral, que indeferiu a candidatura por ter sido condenado à prisão acusado de improbidade administrativa quando prefeito interino de Pinhalzinho, nos anos 1990.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.