POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Segue o baile - O Ministério Público pediu explicações à Prefeitura de Guaramirim sobre o atraso nas obras de reconstrução da pista da SC-108, que desabou na madrugada de 18 de fevereiro. Interditando a rodovia até hoje. A Prefeitura questionou a Defesa Civil Estadual que assumiu a obra e que, por sua vez, questionou a empresa vencedora da licitação. A empresa respondeu à DCE que a culpa é das chuvas. A DCE repassou a informação à Prefeitura, que repassou para o Ministério Público. Da obra, uma certeza: o projeto não é o original orçado em R$ 3,7 milhões e que daria, segundo técnicos, segurança definitiva à proteção da encosta. E tem mais: por causa de atraso de recursos à construtora, o cronograma da obra (também exigido pelo MP) está ameaçado de não ser cumprido. Enquanto isso, que se lasquem os moradores e comerciantes de ruas por onde passa do desvio obrigatório para acessar Jaraguá do Sul, Guaramirim, serra e o litoral.

Sem respostas- Deputado Vicente Caropreso (PSDB) cobrou do governo do Estado as obras de recuperação de rodovias estaduais. Entre elas a SC-108, de Guaramirim a Massaranduba. “Procurei, também, a Defesa Civil do Estado para saber como está a obra de recuperação do trecho em Guaramirim, que desabou na madrugada de18 de fevereiro e que ainda não está pronto. Mas não tenho respostas", disse o parlamentar tucano.

Mais dinheiro- Deputado Fabiano da Luz (PT) propõe que o Estado invista 30% da receita com o IPVA na manutenção de rodovias. Santa Catarina arrecada R$ 1,9 bilhão. Metade fica com o governo, que destina cerca de R$ 270 milhões para as rodovias (menos de 10%). Coincidência ou não, é o total de recursos prometidos pelo governo para investimentos nas rodovias em 2020. A ideia de pedágios, gerada ainda no governo de Raimundo Colombo (PSD), não está descartada.

Sem aumento- Diretor-presidente do Samae, Ademir Izidoro (PP) diz que não haverá reajuste na tarifa de esgoto em 2020, para supostos 100%. Porque a autarquia é lucrativa, afirmou, por conta de gestão eficiente do esgoto sanitário, coleta de lixo e água potável. Não por coincidência (ou é mera coincidência?) no ano de eleições para prefeito e vereador. Hoje, a tarifa de esgoto incide em 80% sobre o consumo de água. Para toda a vida, diga-se.

Reação- “Ao todo, temos o absurdo número de 1.400 cursos de Direito no país, com cerca 340 com o selo de qualidade da OAB Nacional. Assim, o Exame de Ordem representa um instrumento de proteção à sociedade e, sem ele, qualquer um estaria apto a ‘advogar’ ”. O desabafo é do presidente estadual da OAB/SC, Rafael Horn, sobre a proposta de Emenda Constitucional que desregulamenta profissões reguladas por leis federais.

Pois é- Derrotado em seu projeto pessoal de voltar ao Senado, o ex-governador Raimundo Colombo (PSD) está se tornando um “especialista” em críticas aos que foram eleitos. “As pessoas já perceberam que houve alternância de poder, que trocaram as pessoas, partidos e ideologias e as coisas não estão acontecendo como elas gostariam.” E, acrescente-se: incluído o governo dele cujo slogan era “as pessoas em primeiro lugar”. Jaraguá e região que o digam.

Sem rodeios- Em entrevista publicada no portal de Revista Veja, o governador Carlos Moisés (PSL) não poupou críticas contundentes a alguns deputados do seu partido que, segundo ele, defendem causas pessoais que ele (o governador) não aceita e, por isso, fazem oposição na Assembleia Legislativa. Citou projeto de lei do deputado Jessé Lopes (PSL) exigindo exames toxicológicos para professores. Moisés disse que poderia até apoiar se todos os deputados e demais servidores públicos fossem incluídos. A ideia foi copiada de um projeto do deputado estadual do Rio de Janeiro, Alexandre Knoploch, também do PSL.

Reação- A deputada estadual Ana Campagnolo, do PSL da ala postada ao lado do presidente Jair Bolsonaro e crítica feroz do governador, respondeu lembrando episódio ocorrido ao perguntar ao governador Moisés se ele se posicionaria em defesa do projeto de lei do deputado Bruno Souza (ex- PSB e sem partido). Que permite a educação domiciliar em Santa Catarina, onde o sistema já atende cerca de 1.500 estudantes. “Ele deu uma risada na minha cara, disse que era conversa fiada, uma baboseira. Ele desdenhou de toda a militância conservadora que luta pela educação domiciliar”, esbravejou a deputada.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.