POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

SC-418 - A famosa Serra Dona Francisca, na SC-418, já registrou 125 acidentes só no primeiro semestre deste ano e apenas no trecho entre Joinville e São Bento do Sul. Por ali passam cerca de oito mil veículos/dia. Curvas sinuosas, placas de sinalização cobertas pelo mato, asfalto depredado por caminhões pesados, sem iluminação e sem sinal para celular são alguns dos problemas da rodovia. E, pasmem, segundo o secretário estadual de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, mesmo assim não se trata de uma prioridade do governo.

Na 108- A SC-108, de Guaramirim a Massaranduba e com 15 mil veículos/dia, pelo que se vê também não é prioridade, pois já se passaram dez meses do atual governo sem que uma pá de asfalto tenha sido colocada ao menos no maior dos buracos do trecho. O diagnóstico é semelhante ao da serra na região de Pirabeiraba (Joinville) até São Bento do Sul. Politicamente, foi esta inércia inaceitável na manutenção de rodovias que ajudou, também, na derrota eleitoral de Raimundo Colombo (PSD) em 2018, depois de uma consagrada reeleição para governador. E, a continuar assim, já dizem por aqui que o que é de Carlos Moisés (PSL) está guardado.

Na marra- Mesmo que governadores e prefeitos não o queiram, por motivos obviamente políticos já que mexe com a categoria de servidores públicos sempre privilegiados se comparados aos trabalhadores da iniciativa privada, o Palácio do Planalto vai forçar a adesão à Reforma da Previdência. Usando a Lei de Responsabilidade Previdenciária para cobrar o equacionamento do déficit. Em 2018, o rombo de SC na Previdência estadual bateu na casa dos R$ 3,8 bilhões.

Mobilizados- O crescimento da receita do Estado em 17,99% nos seis primeiros meses do ano, segundo o Conselho Fazendário, atiçou de imediato sindicatos de várias categorias de servidores públicos que já se mobilizam em torno de aumentos salariais. A receita, nem de longe, tira o governo do buraco em que está metido há muito tempo. Mas isso é o que menos interessa. Neste aspecto, a tranquilidade do governo Moisés pode estar com os dias contados.

Podemos- Senador Álvaro Dias (Podemos/PR), ex-candidato a presidente da República, esteve circulando pela Oktoberfest, em Blumenau. Acompanhado do ex-deputado federal Paulo Bornhausen (ex-PSB) e do deputado Laércio Schuster, eleito pelo PSB em 2018. Todos recebidos pelo prefeito Mário Hildebrand, que também já foi filiado ao ex-partido de Bornhausen, mas que apoiou Jair Bolsonaro (PSL). Trocam de partidos como quem troca as cuecas.

Literatura em braile - Não há um prazo determinado, mas a Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul terá uma rica biblioteca aberta ao público, com parte dela formada por livros em braile, quase tudo desconhecido do público porque não há interesse comercial de editoras para publicação. A expectativa é do vereador Marcelindo Grunner (PTB), presidente do Legislativo e que esteve em Brasília na semana passada com outros colegas do Legislativo, quando conheceu acervo na gráfica do Senado que qualificou como “de primeiro mundo”.

Reação- Sobre críticas em redes sociais de gastos com a viagem, Grunner reagiu dizendo que se trata de trabalho para a comunidade e que, se ficasse em casa dormindo, da mesma forma receberia salário de R$ 8.500,00 (R$ 11 mil sem descontos). Quem preside a Câmara ganha mais 50% a título de representação da Casa. “Quem trabalha, gasta”, reagiu Grunner, afirmando que, como vereador, também é um servidor público. A despesa total ficou em torno de R$ 22 mil, com quatro vereadores e uma assessora (do vereador Jackson Ávila/MDB). Em média, R$ 4.500 por pessoa.

Diferente- As eleições municipais de 2020 terão uma condicionante inédita: partidos coligados na disputa majoritária para prefeito, porém correndo sozinhos na luta por vagas nas câmaras de vereadores, já que estão proibidas as coligações proporcionais. Finalmente e para todo o sempre (espera-se) acabou aquela excrescência de um candidato menos votado se eleger no lugar de outro mais votado que ele. Jaraguá do Sul coleciona exemplos ao longo dos anos.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.