O castelo

Sônia Pillon

Sônia Pillon é Presidente de Honra da ALBSC Jaraguá do Sul. Nasceu em Porto Alegre (RS), com formação em Jornalismo pela PUC-RS e pós-graduação em Produção de Texto e Gramática pela Univille (SC). 

Ver artigos

Por Sônia Pillon 

O calabouço era escuro e úmido. Uma pequena réstia de luz atravessava as grades da minúscula janela, lá no alto. Durante a madrugada, a janela também dava acesso aos morcegos, que faziam voos rasantes e ruídos de arrepiar o mais corajoso dos cavaleiros. Sujo e empoierado, o local também estava tomado por ratos e baratas. Um completo cenário de horror.

E era nesse ambiente fétido e aterrador que lorde Thompson estava encarcerado, longe de tudo e de todos, principalmente de sua amada, desde que o soberbo Henry, o rei da Bretanha, descobriu que ele cortejava sua única filha, Mary Hellen.           Ambicioso, o frio soberano tinha outros planos para sua herdeira. Pretendia casá-la com um outro rei, unir os dois reinos e crescer ainda mais em seus domínios.  

Enquanto se refugiava em um canto da cela, na tentativa de ficar a salvo dos roedores e insetos, ficava lembrando da primeira vez que viu a tímida princesa Mary Hellen, passeando pelo jardim do castelo.

O vestido azul-turquesa da filha do rei se movia graciosamente enquanto ela caminhava por entre as flores, e ressaltava ainda mais seus olhos azuis cor-do-céu, a pele clara e a cativante expressão de pureza de seu rosto. E foi naquele momento que Thompson chegava em seu cavalo branco, altivo e garboso em sua armadura de ferro. Ao ver a nobre donzela, foi tomado por forte emoção e imediatamente colheu a rosa mais bonita e ofereceu à moça, que enrubesceu.

- Alteza, aceite essa rosa como prova da minha lealdade e profunda admiração. Uma linda rosa para uma linda princesa!, falou o lorde, com um sorriso sedutor Era o começo de um namoro, com encontros furtivos e troca de cartinhas apaixonadas, intermediadas pela fiel ama. Foram três meses de juras eternas, até o dia em que o rei flagrou os dois se beijando em um dos corredores do grande castelo.

- Mas, o que é isso?! Como ousa beijar a princesa, que está prometida ao rei da Escócia?

- Eu não vou me casar com o rei da Escócia! Prefiro morrer!, retruca a princesa Mary Hellen, caindo em prantos.

- Pois você vai casar com ele, sim! E esse atrevido vai ter a lição que merece! Guardas, levem lorde Thompson para o calabouço, agora!!!

De nada adiantaram os protestos da princesa, nem a promessa do lorde de que queria desposar Mary Hellen para fazê-la muito feliz. Ao lembrar como tudo aconteceu, lord Thompson solta um longo suspiro.

- Tom! Tom! Ele abre os olhos e se espanta ao ver a mulher o chamando. Era como se tivesse voltado do túnel do tempo.

- Estava preocupada com você, amor. Suava frio e se debatia durante o sono... Teve um pesadelo com aqueles alunos bagunceiros de sempre?

- Ah, sim, mas já passou, disse à mulher, com um sorriso enigmático. - Lembrei agora que preciso terminar a minha aula sobre a Idade Média... Acho que vou marcar a prova para semana que vem...

 

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.