O menino que pregava pregos

A J Marchi

Questionamentos evidentes, obviedades improváveis e banalidades incomodas. 

Ver artigos

Diz a lenda, que um menino tinha um mau temperamento. Seu pai lhe deu um saco de pregos e ordenou que os pregasse em uma tábua todas as vezes em que perdesse a calma ou se comportasse de maneira desagradável. No primeiro dia, o menino pregou alguns pregos. Nas semanas seguintes, como havia de alguma forma aprendido a controlar seus ímpetos, o número de pregos pregados diminuía gradativamente. Ele descobriu que era mais fácil controlar-se do que pregar aqueles pregos na tábua.

Certo dia, o menino havia percebido que não perdera a calma por um instante sequer. Diante deste fato, foi conversar com seu pai. Foi sugerido ao menino, que retirasse um a um os pregos da tábua a cada dia em que não perdesse a calma. Os dias passaram e o menino estava pronto para dizer a seu pai que havia retirado todos os pregos. O pai o pegou pela mão, e foram os dois, verificar a tábua.

O pai disse: “Você fez muito bem meu filho, mas, veja os buracos que restaram na tábua. Ela nunca mais será a mesma! Quando você fala algumas coisas com raiva, elas deixam cicatrizes como esta. Você pode enfiar uma faca em alguém e retirá-la, porém, não importa quantas vezes você peça desculpas, pois, a marca, o ferimento ou a cicatriz, continuará em seu lugar. Desta forma, uma agressão verbal é tão violenta quanto um ferimento físico. ”

“Então é isso papai! Todas as vezes em que o senhor chegou bravo em casa e me bateu, eu pensei que o problema era eu! Eu também tenho muitas marcas! Se para cada vez que o senhor me batesse, pregasse um prego para depois retira-lo, cada marca de prego jamais desapareceria. ” Os olhos daquele pai se encheram de lagrimas.  

Muitas vezes, certas fábulas ou parábolas são criadas sob alguns pretextos, mas, sob apenas um ponto de vista, são repassadas de geração em geração. Entretanto, quando as questionamos, obviamente sem desmerecer a intenção, a verdade nua e crua aparece, e às vezes, de forma subliminar. Alvo de contundentes discórdias, o relacionamento entre pais e filhos parece ser um “Calcanhar de Aquiles” para a maioria das famílias. A rudeza torna-nos rudes, frios. Carinho e atenção, torna-nos amorosos, complacentes e atenciosos. Além disso, convivemos e nos relacionamos com pessoas todos os dias de nossa vida. Como as tratamos? O que esperamos delas? O que elas esperam de nós? Quantas vezes deixamos de cumprimentar, agradecer, desculpar-nos, pedir licença ou demonstrar com um gesto de carinho, a satisfação desta convivência?

Ofensas exageradas e injustas, podem ser as marcas das quais nos arrependeremos no momento seguinte. Há quatro coisas que não voltam jamais: A pedra atirada; o tempo perdido; a oportunidade perdida, e a ofensa desferida. Família e amigos são joias raras, cada vez mais raras. Comecemos a mudança por nós, com atitudes, e tudo ao nosso redor mudará. Peçamos desculpas pelas cicatrizes que por desventura tenhamos deixado! Pense nisso!

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.