Lições financeiras que você não aprende na escola - Parte I

Cristiano Mahfud Watzko

Graduado em Direito pelo Centro Universitário Católica de Santa Catarina, Pós-graduado (MBA em Direito Empresarial) pela SUSTENTARE - Escola de Negócios, com atuação na área de treinamento da Cassuli Negócios Corporativos.

Ver artigos

           Caro (a) leitor (a), nos últimos dias recebi um e-mail com o seguinte título: “17 lições que você nunca aprenderá na escola”, de autoria do Robert Kiyosaki. Nesta primeira parte, o (a) leitor (a) terá acesso a algumas das lições.
          Antes de tratarmos sobre as lições, desejo que o (a) leitor (a) leia com carinho as palavras que seguem: “Albert Einstein não impressionou seus professores. Do ensino fundamental à faculdade, seus professores pensavam que ele era preguiçoso, desleixado e insubordinado. A maioria deles dizia: "Ele não será ninguém na vida". No entanto, Einstein se tornou um dos cientistas mais influentes da história. Gênio é um acrônimo para "Geni-in-us" — o gênio ou o mágico que existe em cada um de nós”.
             Você sabia que o “negócio” da educação é uma das maiores indústrias do mundo, e que impacta a vida de quase todas as pessoas no planeta, de diversas maneiras? Para se ter ideia, nos Estados Unidos, apenas escolas públicas de ensino fundamental e médio empregam 3,2 milhões de professores em tempo integral e gastaram US$ 670,9 bilhões em 2016, de acordo com o US Census Bureau, o instituto de estatística americano. E, além disso, militares gastam “uma montanha” de dinheiro para treinar rapazes e moças para servirem seu país. Nas empresas, também são investidos milhares de reais para treinar os colaboradores e não podemos esquecer as escolas técnicas.
            Antes de iniciarmos nosso passeio pelas lições, cito outro trecho do e-mail que recebi: “Mas a educação financeira, pelo menos nas arenas formais e estabelecidas dos sistemas e currículos escolares, é amplamente ignorada. Aconselhamos as crianças a irem à escola para conseguir um emprego e trabalhar por dinheiro, mas ensinamos pouco ou nada sobre dinheiro. As estatísticas contam uma história triste e preocupante: enquanto 90% dos estudantes querem aprender mais sobre dinheiro, 80% dos professores não se sentem à vontade para ensinar a matéria. Um dia, a educação financeira fará parte do currículo de todas as escolas, mas não no futuro próximo”.
             Lição 1: A História do Dinheiro – É importante entender como o dinheiro funciona, e para isso deves estudar como ele funcionava no passado. Ao longo dos séculos, o dinheiro passou de algo bastante simples, como moeda de troca, e evoluiu, um dos exemplos da sua complexidade são os derivativos. O dinheiro hoje não é mais um objeto, e sim, uma ideia, pois, não é tangível e intuitivo.
            Lição 2: Entendendo seu extrato financeiro pessoal – “Meu pai rico com frequência dizia: “O seu gerente de banco nunca pede pra ver seu boletim. O gerente do banco quer ver seu extrato financeiro — o seu verdadeiro boletim quando deixa a escola.” Por isso, deves saber e entender sobre seu extrato financeiro pessoal. Já pensou em fazer um balanço contendo todos os seus bens (carro, casa, etc, investimentos) e todas suas dívidas (empréstimos, financiamentos, parcelamentos em cartões, etc)? Se sim, e já tens parabéns ao leitor. Se não, que tal fazer? Se precisares de ajuda, podes entrar em contato.
            Lição 3: Saber a diferença entre um ativo e um passivo – Usando como analogia, num balanço de uma empresa, os ativos são os bens, como o dinheiro em caixa (dinheiro no banco), móveis e imóveis, maquinários, estoque de mercadorias, e os direitos. Tudo o que empresa possui e tem direito a receber. Já os passivos são as obrigações, isto é, as despesas feitas pela empresa que se constituem por contas a pagar, para fornecedores ou ao governo, por exemplo. E você leitor (a), sabe quais são todos os ativos que possui e todos seus passivos? Deixo como desafio para cada um.
       No próximo artigo, iremos ver as próximas lições. Sinta-se à vontade para entrar em contato através do e-mail: [email protected] Até a próxima.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.