Estudantes de Design de Moda desenvolvem coleção junto ao Cafofo Amei

Lais Hornburg

Mestra em Design, Professora de Moda, Empreendedora e Modelo.

Ver artigos

Olá queridas leitoras

Na matéria de hoje quero mostrar para vocês o resultado de um projeto lindo desenvolvidos pelos menos alunos nas nossas aulas de projeto de coleção da faculdade de Design de Moda, que foi desenvolvido com a marca de roupas Cafofo Amei de Jaraguá do Sul.

No ano passado desafiei meus alunos a desenvolverem uma coleção de roupas nas nossas aulas virtuais, expliquei a metodologia de Treptow e contei a colaboração do Cafofo Amei para explicar como funciona todo o processo de criação da empresa.

Durante as aulas vários desafios foram encontrados, como trabalhar a distância em equipes de estudantes, fazer pesquisas em sites especializados que necessitavam entendimento da plataforma, entre outras coisas.

Mas fico feliz em dizer que apesar de todas as dificuldades todas as equipes de estudantes atingiram um resultado impressionante, no dia das apresentações fiquei com muito orgulho do que meus alunos conseguiram desenvolver e é por isso que estou aqui para compartilhar esse sentimento com vocês.

As empreendedoras Alexandra e Greice escolheram duas peças de diferentes equipes para fabricar os produtos, então abaixo apresento para vocês, nesse primeiro painel o vestido escolhido, que foi desenvolvido pelas alunas Bruna Fantini, Franciele Comin e Mônica Braga. A inspiração da equipe foi na Finlândia o foco da coleção foi a sustentabilidade.

A outra peça escolhida pelo Cafofo Amei para fabricação foi da equipe das alunas Caroline Milbratz, Heloisa Cardoso e Rebeca Oliveira. Que desenvolveram uma estampa com a palavra "desacelera" considerando as tendências de comportamento durante a pandemia, onde o cuidado com o corpo e a mente se tornou pauta comum entre as pessoas.

O Cafofo Amei além de fabricar dois produtos das coleções desenvolvidas pelos estudantes, teve extrema importância durante o projeto, pois abriram as portas para mostrar seus processos de fabricação, a organização da marca e sua identidade.

Por fim quero lembrar que é possível aprender em aulas virtuais, basta força de vontade e união entre os estudantes, professores, coordenadores, etc.

Se você acredita nisso e gostou dessa matéria, compartilha com mais alguém para também verem o projeto desses alunos que tanto se dedicaram para atingir esses resultados.