É A DOR OU O AMOR QUE TE CONSTRÓI?

Krismaira Rau Marcon

Psicóloga CRP 12/04595 , Psicopedagoga e Psicogenealogista

Ver artigos

Nós, viventes dessa terra precisamos nos conectar com a forma que a vida nos ensina. Os aprendizados que temos, vêm de certa forma, somente através da dor e/ou do amor. Para alguns a dor tem um significado tão marcante, que nas suas memórias é ela que direciona os pensamentos e ações da pessoa no seu dia a dia. Para outras o amor, ah o amor, é que deixa memórias tão incríveis que repercute em todo o seu ser.

E como isso acontece? Desde que somos preparados para vir ao mundo, nossos pais vivem experiências que são a soma das experiências que viveram com seus pais. E assim, quando surge a oportunidade (do céu, podemos dizer assim), nós viemos a pertencer a esse casal, que pode se tornar uma família ou não. Somos gerados no meio de tantas misturas de emoções que nossos pais estão vivendo, que podemos inicialmente ter um significado amoroso ou até mesmo de grande desafio. Nascemos e lá estamos nós, recebendo dos nossos pais, aquilo que eles conseguem dar. Não importa aqui se é bom ou ruim, o que importa é que estamos no meio desse sentimento todo.

Crescemos e passamos pelas vivências da infância, adolescência e vida adulta. E aí, cá estamos, nos dando a chance, porque parar para ler um texto é no mínimo nos dando a grande chance, de refletir sobre quem nos tornamos.

E aí, sua vida está marcada por grandes aprendizados vindo da dor ou do amor? Melhor dizendo, vindo mais da dor ou mais do amor? Cada um tem sua forma de entender essa minha chamada para olhar para dentro, no que remete a sentir o que mais pesa na sua caminhada.

A dor, mesmo doída é uma experiência fantástica, pois nos leva a percepções de nós mesmos que não esperávamos. É na dor, que paramos a caminhada e buscamos causas, tratamentos, olhar para aquilo que tanto doe. É na dor que olhamos os nossos calos e verificamos que a forma que andávamos não pode continuar acontecendo. E cada um tem o sentir do seu calo, seja ele no início, ou seja, onde não possa mais caminhar.

O amor, o amor, o amor, a palavra por si, já traz uma força, que nos permite ir muito mais além. Além das nossas forças, da nossa coragem, da nossa essência e da nossa vontade de sentir o quanto ela é Luz. 

Quando falamos de Ser Luz, falamos de buscar o amor que está dentro de nós e ao encontra-la de mãos dadas com a dor, juntos, ressignificamos a dor em lições do amor. E aí, Ser Luz é uma questão de tempo e entrega naquilo que te faz tão bem, o chamado amor próprio.

Busquem compreender qual a função da dor na sua vida e deixe que ela lhe mostre o quanto de amor tem guardado, mas que não pode ser vivido. Vá atrás do seu auto conhecimento e compreenda que a dor e o amor vieram transformar o mundo, começando do seu mundo.

Até mais! Se cuidem!

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.