Dos 295 municípios de SC, 11 não têm nenhum caso de coronavirus

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

No Brasil, 97,4% dos 5.570 municípios registram ao menos um caso de pessoas infectadas com o Covid-19. Em Santa Catarina, com 295 municípios, 11 ainda não têm nenhum caso: Barra Bonita, Bom Jesus do Oeste, Cerro Negro, Chapadão do Lageado, Doutor Pedrinho, Leoberto Leal, Major Vieira, Matos Costa, Novo Horizonte, Painel e Urupema, todos com menos de cinco mil habitantes. E em sua maioria localizados em regiões de temperaturas médias baixas.

Desde maio um projeto de lei do deputado Rodrigo Coelho (PSB/Joinville) arrastava-se pelos labirintos da Câmara dos Deputados e já sem perspectivas de ser votado antes de dezembro. Permitindo a recontratação de trabalhadores demitidos por conta da pandemia do novo coronavirus em prazo menor que 90 dias. E o que fez Coelho? Mandou a proposta direto para o ministro da Economia, Paulo Guedes, que a transformou em portaria. E já está valendo.

Fiquem tranquilos que o prefeito aqui tem o couro grosso e aguenta o tranco”. O discurso é do prefeito Antídio Lunelli (MDB) sobre medidas mais restritivas contra o novo coronavirus anunciadas na sexta-feira (17). Dizendo que já esperava comentários com todo tipo de absurdos, acusando a ele e sua equipe de “coisas surreais”. Porém, acrescentou, “jamais poderão nos acusar de omissos.”

A população, lembrou Antidio, pediu a liberação de alguns setores (o ônibus, por exemplo) e assim foi feito. “Como muitos não colaboraram, apertamos o cerco. Não temos compromissos com o erro e podemos restringir mais, se for preciso. Mas, acredito que os jaraguaenses vão nos ajudar no combate à essa doença”, disse o prefeito. Aliás, é bom dizer, pessoas responsáveis assim o fazem desde o início da pandemia. Dos outros, nada a esperar.

No Facebook o deputado Fábio Schiochet (PSL) escreveu: “Santa Catarina, governada pelo 17, segue no topo do Ranking Covid-19 dos Estados. A taxa de letalidade é de 1,18% contra a média nacional de 3,8%. O trabalho do governador Carlos Moisés, que se antecipou com medidas de isolamento social expandindo em 70% os leitos de UTI, está salvando vidas”. Uma cutucada nos setores produtivo, comercial e político, que atribuem a Moisés medidas restritivas precipitadas já em março, o que teria causado quebradeiras e desemprego.

 

 

   

Senador Jorginho Mello (PL), virtual candidato a governador em 2022, voltou a criticar o governador Carlos Moisés (PSL) pela falta de diálogo com a bancada federal na Câmara dos Deputados e no Senado. Uma constante, também, com a Assembleia Legislativa. “Acho que ele não precisa de nós”, ironizou Mello. Acrescentando que, politicamente, o governador está na marca do pênalti para sofrer um processo de impeachment, restando saber se, juridicamente (improbidade administrativa) também caberá enquadrá-lo.

Nas eleições de 2018, Mello faturou 1.179.757 e ficou com a segunda vaga ao Senado. Um pouco atrás de Esperidião Amin, com 1.226.064, seu possível adversário à sucessão de Moisés. Ou alguém da família, no caso a deputada Ângela Amin. Esperidião já governou SC por duas vezes: 1983 a 1987 e 1999 a 2003. Mas foi derrotado na disputa majoritária em 2002 e 2006 por Luiz Henrique da Silveira (MDB). A deputada tentou em 1994, derrotada por Paulo Afonso Vieira (MDB) e em 2010, por Raimundo Colombo (DEM).

Até hoje a Universidade Federal de Santa Catarina está com as aulas presenciais suspensas desde março por conta do Covid-19. Assim, milhares estão sem o conteúdo dos cursos de graduação visto a não capacitação dos professores, indispensável para lecionarem online. É de se imaginar, então, o estresse dos professores estaduais e municipais lidando com uma ferramenta até então desconhecida. Em Blumenau o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) reconheceu o cansaço e dará férias aos professores, entre 27 de julho e 7 de agosto. Massaranduba fez isso na rede municipal.

 

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.