Democracia e anarquismo!

A J Marchi

Questionamentos evidentes, obviedades improváveis e banalidades incomodas. 

Ver artigos
A Democracia, muitas das vezes, foi o longo caminho utilizado por anarquistas para implantar o totalitarismo. Certamente, por que foi confiado ao próprio homem, a infeliz ideia de garantir a Democracia! Não se imaginou a possibilidade dele próprio destrui-la para chegar mais rápido ao poder, sem passar pela submissão do voto! E não, não é ficção! Continuam tentando!
  •  
Tornam-se cômicas, senão trágicas, as tentativas para desestabilizar um governo eleito pela vontade popular - como se os anteriores não o fossem - com a intenção clara de mudar o rumo de um país contaminado pelo pensamento anárquico e vazio de uma minoria totalitária que, não aceita a alternância no poder, a pluralidade política e os parâmetros e barreiras que delimitam os direitos e deveres do cidadão. Vai entender!
  •  
Anarquistas não são inofensivos! Eles, dependendo do movimento que fazem - como o vento - podem fazer do cidadão comum uma biruta. Não importa qual cargos ocupem no poder ou fora dele, certamente, não aprenderam o significado de “Democracia”! Felizmente, o próprio “ecossistema político” - como pústulas - se regenera!
  •  
O ódio que alimenta corações e mentes apodrecidas com desejos de morte a qualquer ser humano, só pode ser explicado pela falta de ética, de decência e de humanidade. São existências canalhas protagonizando uma pobreza de espirito sem precedentes. Provavelmente, são os mesmos que abandonam seus próprios animais de estimação!
  •  
A ideia de que a guerra deve ser travada de forma "justa", ou seja, da maneira em que os dois lados se exponham aos mesmos riscos, está sendo testada. Guerra é guerra, já dizia a vovozinha. Se um dos lados puder vencer o outro da segurança de uma base militar ou de um bunker do outro lado do mundo, esta opção, sempre será exercida. A guerra já não é um duelo de honra de outrora, com suas regras e rituais. Tornou-se uma luta sem dignidade e sem quartel, cujo objetivo, é derrotar o inimigo, nem que para isso, se use um vírus letal vindo do lado oriental!
  •  
Temos de decidir de que lado estamos! Pois, enquanto a perversa e fútil minoria de anarquistas continua pregando a desumanização, a desunião e a discórdia a qualquer custo, somos lentamente arrastados para um futuro incerto por forças sombrias! E quando lá chegarmos, daremos conta de que será tarde demais para uma reação! Os representantes do caos, porta-vozes da tragédia e do fracasso, utilizam-se da ignorância para prevalecerem-se através da intolerância. Portanto, não duvide da Psicologia Reversa, ou Pensamento de Gado! (Google explica)
  •  
Para pensar: Povo não faz guerra, nem causa discórdia. Povo quer paz! Jovens são de paz! Com tanto mar e tanta terra, porque a guerra? Há somente velhos e interesses, ou interesses velhos? Pense nisso, antes de efusivamente, empregar alguém com seu voto!