Últimas colunas

POLÍTICA & POLÍTICOS 18.07.2019

E não é? - A Câmara dos Deputados analisa projeto de lei que pune com multa e apreensão do veículo o condutor de ônibus do transporte coletivo urbano que exercer, ao mesmo tempo, a função de cobrador. É o caso de Jaraguá do Sul e Joinville, mas na Câmara de Vereadores, sabe-se lá o porquê, nunca se ouviu um pio sobre isso. Com a conivência do poder concedente. O dono da empresa que permitir que a prática aconteça será punido com o dobro da pena, devendo o veículo ser apreendido por um mês, diz o projeto. Autor da proposta, o deputado Frei Anastácio Ribeiro (PT-PB) argumenta que, ao exercer também a função de cobrador, o condutor de veículo de transporte coletivo atenta contra a segurança de passageiros e de pedestres, colocando em risco a garantia fundamental de inviolabilidade do direito à vida. "É inegável que cobrar enquanto dirige o veículo tira a concentração do condutor, configurando "privilegio ao lucro em detrimento da segurança e da vida de pessoas", disse.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 17.07.2019

Mobilidade urbana - Com 415 mil veículos automotores rodando pelas ruas da cidade e população estimada em 583 mil habitantes (IBGE/2018), Joinville tem a 25ª maior frota do país, segundo o Departamento Nacional de Trânsito. Tal desproporcionalidade na relação veículos/pessoas, também é vista em Jaraguá do Sul que, segundo o Departamento Estadual de Trânsito, tinha em junho deste ano uma frota de 120.344 mil veículos para população estimada de 174 mil habitantes (IBGE). Aliás, em novembro de 2014 a Prefeitura contratou a Urbtec TM - Engenharia, Planejamento e Consultoria Ltda., de Curitiba, para elaborar os planos municipais de Transporte Público Coletivo e de Mobilidade.

Por Celso Machado

A PROPÓSITO 16.07.2019

A foto, de 1983, mostra a equipe de ciclismo de Jaraguá do Sul. Da esquerda para a direita, Henry Pasold , Márcio Mann, Silvio Ewald , Cláudio Kelbert e Sílvio Roberto Ewald. Representando Jaraguá do Sul em centenas de competições, Ewald tornou-se um ícone do ciclismo catarinense, conquistando 478 medalhas e 84 troféus. Foi por três vezes campeão catarinense e quatro do Norte-catarinense, além de uma medalha de ouro, quatro de prata e quatro de bronze em competições nacionais. Também foi medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos neste mesmo ano (1983) na Venezuela. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Marcio Milcke).

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 16.07.2019

Lixo reciclável - O incremento à cadeia de reciclagem, com ênfase no processo de coleta seletiva em municípios catarinenses é a proposta que o deputado Volnei Weber (MDB) levou ao Ministério do Meio Ambiente, em Brasília. O projeto "Onda da Reciclagem" envolve a difusão de pontos de coleta com projeto desenvolvido e patenteado no Estado. A ideia é criar experiência pioneira instalando torres de coletas com mecanismo de esteiras para facilitar a elevação do material depositado, viabilizando o transporte até os pontos de triagem.

Por Celso Machado

TURISTANDO 12.07.2019

"Pra dançar, dançar, dançar e ser feliz Festival de emoções do meu país..." Esse é o refrão que contagia pés e corações na maior cidade do Estado esse mês. Um espetáculo ímpar, o maior do Festival de Dança do Mundo, segundo o Guinness 2005, entra pra sua 37° Edição num mundo de coreografias, figurinos, sons, formas e sincronia que são de tirar o fôlego, literalmente. Joinville respira dança em julho e a gente mostra ainda mais pra você na coluna mais lida dessa página, nesse jornal, nesse dia de semana.

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 12.07.2019

Não "enche" 1 - A partir da semana que vem os serviços de telemarketing de TV por assinatura, Internet, Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo ficam proibidos de incomodarem as pessoas com ligações diárias oferecendo planos "vantajosos" e outros serviços. Para isso, todas terão de criar, neste prazo, uma plataforma única na Internet onde o consumidor poderá registrar dados pessoais e o número do telefone para não ser mais perturbado. É o que diz a lei 13.853/2019, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Para as empresas que insistirem a multa pode chegar a R$ 50 milhões.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 11.07.2019

Impostos x benefícios - O Brasil, com uma carga tributária de 34,25% (a 15ª maior do mundo) sobre tudo o que se produz, é o último colocado, numa lista de 30 países, em retorno de serviços à sociedade por conta dos impostos pagos, aponta estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação. A Irlanda (22.8%), pela segunda vez, figura em primeiro lugar. Em 2º lugar ficou a Austrália e em 3º a Suíça. Desde que esse estudo começou a ser feito, há oito anos, o Brasil está na 30ª colocação, atrás de países como Uruguai (18º) e Argentina (19º). Mas, ao contrário do que se possa pensar, não é por falta de receita. Ontem (10), às 10h22 da manhã, o governo federal já havia arrecadado R$ 1,301 trilhão desde janeiro, antecipando em dez dias a mesma arrecadação no mesmo período do ano passado.

Por Celso Machado

Calculadora mental

O conceito "calculadora mental" foi criado pelo ganhador do Nobel de Economia de 2017, Richard Thaler. Ela busca explicar uma tendência das pessoas em separar o seu dinheiro em diferentes categorias, ou "contas mentais", baseado em critérios completamente subjetivos como a fonte de recebimento do dinheiro ou a sua intenção de uso.

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 10.07.2019

Censo obrigatório - A partir de agora os censos demográficos vão incluir dados e informações específicos sobre pessoas com autismo. Projeto de lei da deputada federal Carmem Zanoto (Cidadania) foi aprovado pelo Senado e agora segue para a mesa do presidente Jair Bolsonaro(PSL) para ser sancionado. E gerar políticas sociais específicas. Atualmente não existem dados oficiais sobre as pessoas com transtorno do espectro autista. Estima-se que 70 milhões de pessoas no mundo tenham autismo, sendo 2 milhões delas brasileiros. Mas, nunca se fez um levantamento para identificar esse contingente da população, embora a Lei 12.764, de 2012, que colocou o autismo como deficiência. Hoje, no Brasil, se demora em média sete anos para que se tenha o diagnóstico de autismo, enquanto nos Estados Unidos isso ocorre em até três anos.

Por Celso Machado

A PROPÓSITO 09.07.2019

A foto é dos anos 1940 e mostra a Rua Marechal Deodoro da Fonseca, o "calçadão" que conhecemos hoje já em sua terceira versão- a primeira foi inaugurada pelo ex-prefeito Durval Vasel nos anos 1990. O nome da rua é uma homenagem ao militar e político alagoano nascido em 5 de agosto de 1827. Foi o primeiro presidente do Brasil eleito pelo Congresso e uma das figuras centrais da Proclamação da República. Governou entre 15 de novembro de 1889 e 23 de novembro de 1891, ano em que foi promulgada a primeira Constituição do País. Neste mesmo ano, pressionado por militares e parte da população adeptos do federalismo, renunciou ao mandato. Morreu no ano seguinte, em 23 de agosto, vítima de uma crise de dispneia (falta de ar). (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/foto postada por Valdecir Gracias)

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 09.07.2019

Moisés em alta - Pesquisa do Instituto Mapa aponta que o governo de Carlos Moisés da Silva (PSL) tem 66% de aprovação dos catarinenses. São 18% que desaprovam e 16% que não responderam. Na comparação com pesquisa anterior, realizada em abril, a aprovação de Moisés subiu 11 pontos percentuais. Sobre a expectativa, os dados mostram que 68% dos catarinenses esperam uma melhora do governo nos próximos meses. Também há aqueles que apostam que a gestão vai continuar igual (20%), que vai piorar (7%), e os que não responderam (5%). Quase metade dos entrevistados (47%) avalia o governo como ótimo ou bom. São 37% que avaliam como regular, e 8% que analisam como ruim ou péssimo. Além de 8% que não responderam.

Por Celso Machado

TURISTANDO 05.07.2019

Se à véspera de natal os perus não dormem de tanta aflição, agora é a época dos suínos ficarem de pelos em pé. Sim senhoras e senhores, chegamos à época das deliciosas feijoadas. Não tem um só boteco de esquina que sirva comida boa que não se aventure, ora ou outra, num tacho dessa iguaria. Mas não é só de caldinho que se vive a vida. Por isso vamos mostrar as opções mais badaladas para se turistar por esse sul do mundo.

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 05.07.2019

Reação 1 - O voto contrário de dois vereadores da base parlamentar do prefeito Antidio Lunelli (MDB) ao projeto do Executivo pondo fim ao ponto facultativo entre os dias 24 de dezembro e 1º de janeiro, já teve resposta. Até ontem (4), pelo menos oito servidores indicados por eles para cargos comissionados já haviam sido demitidos sumariamente.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 04.07.2019

Permanece a folga - Depois de aprovar em primeira votação o fim do ponto facultativo (remunerado) entre 24 de dezembro e 1º de janeiro na Prefeitura de Jaraguá do Sul, em segunda votação, na terça-feira (2) o projeto do prefeito Antidio Lunelli (MDB) foi rejeitado. Em manobra estratégica, Arlindo Rincos (PSD), que antes havia votado contra, se absteve. Com isso, não foi preciso o "voto de minerva" do presidente Marcelindo Gruner (PTB), que havia desempatado a primeira votação "a favor". E nem se alcançou o placar exigido de seis votos para aprovar em definitivo. E mudar um "direito" dos servidores (artigo 262 do regime jurídico único da categoria), sancionado pelo ex-prefeito Dieter Janssen (PP) em 2014 por lei aprovada na Câmara.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 03.07.2019

O general reage - "O ministro Sérgio Moro teve a coragem de abandonar 22 anos de magistratura para se entregar à Pátria, mesmo perdendo salário. E este homem está sendo colocado na parede para tirar da cadeia um bando de canalhas que afundaram o nosso país". O discurso, com endereço certo, é do general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional durante manifestação domingo (30) em Brasília a favor do governo e do ministro. Há cerca de duas semanas, o general chamou o ex-presidente Lula de "canalha", sugerindo pena de prisão perpétua do líder do PT. Para o general- e, diga-se, para expressivo contingente da população- Moro é um herói "que querem colocar na condição de acusado e julgado, ao invés de juiz, invertendo os papéis".

Por Celso Machado

A PROPÓSITO 02.07.2019

A estrada de ferro construída a partir de São Francisco do Sul (1906) até Porto União foi fundamental para o desenvolvimento de Jaraguá do Sul e, paralelamente, do setor hoteleiro, entre outros serviços. Entre os anos de 1920 e 1930 o município já tinha vários hotéis. As pessoas desembarcavam dos trens na estação central (hohe Centro Histórico) para fazer compras de produtos que levavam para outras cidades. Mas precisavam de tempo e, para isso, se hospedavam por aqui. Na foto, um grupo de hóspedes do Hotel Brasil, todos de terno e gravata, o traje normal do dia a dia da época, onde também entrava o chapéu. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Marcelo Schmidt Roberti?).

Por Celso Machado

POLÍTICAS & POLÍTICOS 02.07.2019

Valorizando o professor - A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, presidida pelo senador Dario Berger (MDB) aprovou projeto de lei da Câmara dos Deputados criando novas regras gerais para valorização dos profissionais da educação básica pública. O texto prevê medidas como planos de carreira, formação continuada e melhores condições de trabalho para professores, diretores, inspetores e técnicos escolares.

Por Celso Machado

Turistando 28.06.2019

Mais lidos que frases de para-choque continuamos aqui na épica saga de informar sobre o que há de bom para fazer nessas terras tupiniquins aos findis. Após o famoso #tbt de ontem partimos pros rolês do final de semana. Parafraseando Dorival Caymmi "quem não gosta de uma sexta feira bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça ou doente do pé".

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 28.06.2019

O Congresso promulgou na quarta-feira (26) a Emenda Constitucional nº 100, que obriga a União a pagar as emendas oçamentárias de bancadas estaduais (deputados e senadores). Um reforço extra para obras dos estados e municípios. O senador Esperidião Amin (PP) negociou a versão final da emenda constitucional, "uma evolução na vida política do Brasil", avaliou. Exceto se o orçamento para o exercício não for consolidado, ficando acumulado para o ano seguinte. A nova regra vigora em 2020 (0,8% da Receita Líquida Corrente). Para obras, os recurso serão repassados até a conclusão. Em 2021 (1% da RCL), cerca de R$ 300 milhões por bancada. Em três anos, cada estado terá mais R$ 1 bilhão na conta. A discussão em SC é a mesma. A Assembleia Legislativa aprovou o regime de emendas impositivas, equivalente a R$ 200 milhões (R$ 15 milhões por deputado) no ano passado. Mas o governo não pagou e está devendo 2019, também.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 27.06.2019

Acredite, se quiser - Lá pelos idos anos 70, o ator norte-americano Jack Palance apresentava um programa de TV mostrando bizarrices e fatos reais inacreditáveis. No Brasil era exibido pela TV Bandeirantes (hoje Band). Palance encerrava os programas com o bordão "acredite, se quiser". A duplicação da BR-280 é um fato real, uma bizarrice (bravata) até, quando se ouve o supervisor do DNIT, Antônio Carlos Bessa, dizer que "há possibilidades" de grandes avanços até dezembro de 2020 (o prazo contratual é 2022) se houver dinheiro. Mas isso até João Bidu, o astrólogo mais amado do Brasil, sabe.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 26.06.2019

Vai esperando - A duplicação da BR-280, licenciamentos ambientais que impedem a expansão e instalação de novas empresas, obras do campus da Universidade Federal às margens da BR-110, em Joinville, anunciadas em 2009 e abandonadas há seis anos (foto); o contorno ferroviário a partir de São Francisco do Sul, passando por Araquari, Joinville, Guaramirim e Jaraguá do Sul; a concessão do aeroporto de Joinville à iniciativa privada e a (péssima) cobertura de telefonia celular em áreas rurais e trechos de rodovias são alguns dos grandes problemas das regiões Norte e Nordeste há décadas. E sem soluções à vista nos próximos anos. 

Por Celso Machado

A PROPÓSITO 25.06.2019

A foto é dos anos 1970. A Rua Adélia Fischer (subida da KG motos) ainda não existia e a entrada principal da cidade se dava pela Rua Max Wilhelm (Pizaria Casarão). À época, o Brasil vivia uma fase de grande crescimento industrial com reflexos diretos em cidades cujo desenvolvimento estava alicerçado na indústria como, por exemplo, Jaraguá do Sul. A demanda por mão de obra era tão grande que as maiores empresas da cidade passaram a anunciar vagas em municípios vizinhos. Aliás, até hoje, boa parte dos trabalhadores do diversificado parque industrial jaraguaense vem de cidades próximas. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Paulo Sporrer HD)

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 25.06.2019

Armas 1 - O senador Esperidião Amin foi um dos 47 votos contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) flexibilizando a posse e o porte de armas. Outros 28 votaram a favor, entre eles os senadores Jorginho Mello (PL) e Dario Berger (MDB). "Não sou e não posso ser contra a Constituição", disse Amin ao JDV e a correligionários do partido em Jaraguá do Sul, ao explicar seu voto. Por conta disso, nas redes sociais não foi poupado de duras críticas, chamado até de "traidor". O decreto, ainda em vigor, vai agora para a Câmara dos Deputados. Se os deputados confirmarem o "não" , é possível que a questão volte a ser discutida no Senado na forma de projeto de lei

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 21.06.2019

Incentivos 1 - Esta semana, 20 entidades empresariais, entre elas a Fecomércio presidida por Bruno Breithaupt, anunciaram que vão trabalhar com os deputados estaduais na regulamentação dos incentivos, em parte ou no todo, via Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços concedidos pelo Estado a vários segmentos econômicos. Hoje, há uma grande insegurança jurídica por conta de possível mudança na política econômica já anunciada pelo governo do Estado. Estudo da Federação das Indústrias de Santa Catarina mostra que os incentivos fiscais não causam prejuízo, mas promovem o desenvolvimento.

Por Celso Machado

Turistando 21.06.2019

Caraca, muleke! Que dia! Que isso? Põe um pagodinho só pra relaxar... Sol, praia, biquíni, gandaia Abro uma gelada só pra refrescar? Calma, ainda não Thiaguinho.... por enquanto só quentão, pinhão e chocolate quente pra amenizar o friozinho.... Mas, passear, viajar e turistar também é permitido. Bora?

Por

POLÍTICA & POLÍTICOS 20.06.2019

Só pra saber - O transporte público de passageiros está em pauta na Câmara e na Prefeitura e interessa diretamente ao usuários. Só como exemplo, na vizinha Blumenau o sistema é integrado, são seis terminais e mais dois em construção. Passagem única de R$ 4,20, sem subsídios da Prefeitura. O usuário sabe sobre cada centavo que paga em cartazes afixados no interior dos ônibus. Impostos (2,93%) é o que menos pesa na tarifa. Motorista (21,38%) e cobrador (13,87%) é o custo maior da empresa Piracicabana. A frota de 225 ônibus com cerca de dois anos de uso, tem internet. Combustível (12,57%), manutenção e seguro (12,10%, investimentos (10,98%), subsídios (estudantes) e gratuidades (idosos/10,94%), taxa interna de retorno (lucro bruto/9,60%) e gastos administrativos (5,62%) completam os custos integrais da passagem.

Por Celso Machado

POLÍTICAS & POLÍTICOS 19.06.2019

Pois é - Ninguém com os miolos no lugar, exceto fanáticos guiados por ideologias burras, ou bocas alugadas bem pagas, torce para que os governos deem errado. Até porque, se o barco afundar, vamos todos juntos. Mas há coisas que não dá para engolir a seco. Por exemplo, pesquisa do Instituto Mapa sobre o governo de Carlos Moisés (PSL). No quesito aprovação, 68% dos entrevistados disseram "sim". No quesito confiança o "ok" de 66%, com 26% desconfiando. Na pergunta sobre "expectativas" futuras, só 7% acham que vai piorar. Perguntar não ofende: cadê os desconfiados?

Por Celso Machado

Atos para o próximo e o dinheiro

Alguns dias atrás, num final de semana, fui com minha esposa na Feira da Mulher realizada na Arena Jaraguá. Ela me conhece bem, e quando passamos na frente do pequeno estande com alguns livros para venda, escutei dela: "Eu sei que você vai ir querer dar uma olhada". E claro que fui. Eu sempre acho que posso encontrar alguma bela oportunidade e por um bom preço.

Por
1 ... 22 23 24 25 26