Calculadora mental

Cristiano Mahfud Watzko

Graduado em Direito pelo Centro Universitário Católica de Santa Catarina, Pós-graduado (MBA em Direito Empresarial) pela SUSTENTARE - Escola de Negócios, com atuação na área de treinamento da Cassuli Negócios Corporativos.

Ver artigos

Caro (a) leitor (a), recentemente li um texto no site da “Par Mais” e abaixo compartilho algumas informações. O texto tratava sobre o título deste artigo.

O conceito “calculadora mental” foi criado pelo ganhador do Nobel de Economia de 2017, Richard Thaler. Ela busca explicar uma tendência das pessoas em separar o seu dinheiro em diferentes categorias, ou “contas mentais”, baseado em critérios completamente subjetivos como a fonte de recebimento do dinheiro ou a sua intenção de uso.

Exemplo do “porquinho” – Uma pessoa tem um porquinho no qual ela guarda os seus trocados. Ela vai colocando moedinhas e quando tiver R$ 250,00, vai usar o dinheiro guardado para comprar um calçado novo. Essa pessoa atualmente tem R$ 150,00 no seu porquinho. Ocorre que no mês corrente, a conta do cartão de crédito veio mais alta que o normal, e não irá conseguir pagar a fatura total, gerando um saldo a pagar de R$ 150,00. Para as finanças comportamentais, dificilmente essa pessoa usará o dinheiro do porquinho para quitar o seu cartão, ainda que isso seja o mais sensato a se fazer. O dinheiro no porquinho não sofre nenhuma remuneração, enquanto a dívida de R$ 150,00 no cartão de crédito tem a incidência de juros altos, e logo custará bem mais que R$ 150,00 para ser paga. Porém, na cabeça da maioria das pessoas, essas duas contas estão separadas. O que quer se deixar a mensagem aqui, é que caso a pessoa optasse por pagar a fatura total do cartão, ela não pagará juros e será mais fácil guardar para comprar o mesmo calçado, contudo, poucos tomam essa atitude.

Exemplo do “cinema” – A origem deste é dos pesquisadores da Universidade de Princeton em 1984. No primeiro cenário, a pessoa vai a bilheteria de um cinema e compra por R$ 15,00 o ingresso para ver um filme, porém, quando está para entrar na sala do cinema percebe que perdeu o seu ingresso. Já no segundo cenário, a mesma que pessoa vai para a bilheteria do cinema, contudo, quando abre a sua carteira, percebe que perdeu os R$ 15,00 que havia separado para ver o filme. O resultado do estudo é o seguinte: apenas 46% dos participantes gastariam outros R$ 15,00 para comprar outro ingresso para o filme no cenário 1. Em contrapartida, 88% dos participantes compraria o ingresso no cenário 2. A questão nos dois casos é idêntica. E você leitor (a) estaria disposto a gastar R$ 15,00 a mais do que planejava pelo ingresso? Apesar da perda nos dois cenários ser de R$ 15,00, o fato de você já ter comprado ou não o ingresso influencia fortemente a decisão.

Liquidações - As liquidações também possuem o intuito de enganar a sua calculadora mental. Suponha que pensas em comprar uma camiseta de R$ 40,00 e, quando vai ao shopping, percebe que está ocorrendo uma liquidação e que ao comprar uma segunda camiseta você ganhará 40% de desconto nas duas. Caso opte por comprar duas camisetas, você terá um desconto em cada uma delas, no entanto gastará R$ 8,00 a mais do que esperava inicialmente, ou seja, o seu gasto total será 8% maior. Pense bem, se realmente precisas de duas camisetas, ou se a compra está sendo por impulso. Novamente, é a sua ‘calculadora mental’ que afeta a sua decisão.

E para o (a) leitor (a) como está a influência de sua ‘calculadora mental’ nas suas decisões financeiras? A resposta é sua. Desejo sucesso financeiro ao (a) leitor (a). Sinta-se à vontade para entrar em contato através do e-mail: [email protected] Até a próxima.

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.