A arte de ouvir corações

Krismaira Rau Marcon

Psicóloga Infantil, Adultos, Casais e Família. CRP 12/04595 , Psicopedagoga e Psicogenealogista.

Ver artigos

Se eu tivesse um diário, ele começaria assim: “Querido diário, nas tuas linhas escrevo os pequenos e sutis ensinamentos que um dia a dia de escuta me proporciona. Sei que sou privilegiada por auxiliar no autoconhecimento de pessoas tão especiais e que me ensinam a cada dia a compreender as lições que a vida nos dá. Gratidão!”

A vida diária é um grande desafio diante dos papéis que vivenciamos, diante das nossas lutas internas constantes, mediante as escolhas que fazemos de acordo com os nossos pensamentos e sentimentos.

Segredos existem em todas as famílias e nos corações também. Segredos estes que se tornam palavras, emoções e ações diariamente. As experiências da infância, o significado que damos para cada respiro que temos nos dá a esperança de que um dia pode ser melhor que o outro.

Saber ouvir é um dom, saber ouvir sem julgar, sem criticar, saber se colocar no lugar do outro, sentir as experiências do outro reforça a necessidade de estarmos bem conosco e com os nossos para que a entrega em psicoterapia seja potencializada.

Você já parou para pensar como é ouvir alguém sem sentir necessidade de comparar com sua própria história, valores e crenças? Será que é possível o ser humano sair da sua posição de espectador e ser o ator principal nas escolhas da vida?

Saber ouvir é uma arte porque ela vai ficando mais qualificada com o tempo de experiência, não colocamos mais expectativas, não nos baseamos nas experiências da própria vida, mas simplesmente nos entregamos a escuta. Permitimos que venha choro, raiva, mágoa, ressentimento, dor, angústia, ansiedade, medo, orgulho, ego, depressão, sorrisos, críticas, julgamentos, crenças, tudo aquilo que precisa ser colocado pra fora.

Você já ouviu hoje alguém que precise desabafar? Como seria para você fazer um exercício de escutar alguém sem trazer solução, orientação e nem dando exemplos da sua própria história? Experimente.

Com o tempo de experiência clínica sinto o quanto as pessoas precisam se sentir acolhidas, ouvidas, incentivadas a tratar a sua dor, olhar suas feridas com respeito e com os valores que ela tem, literalmente abrir seu coração. Falar de experiências que dói não são fáceis, mexe muito com o ego, mas a partir daí podemos fazer a tomada da consciência da vida que te leva.

Para quê tanta ansiedade? Para quê tanta depressão? Literalmente esses desequilíbrios emocionais nos auxiliam para fazermos o movimento de reconstrução, de empoderamento da nossa essência, da humildade e aceitação de si mesmo.

Temos um dia após o outro para recomeçar, para reconhecer as nossas fragilidades, para deixar de empurrar o lixo embaixo do tapete e olhar para a pessoa que está à sua frente no espelho, aquela quer realmente precisa ser vista. Somos pequenos no mundo tão grande, cheio de gatilhos, cheio de oportunidades de nos tornarmos pessoas melhores.

Eu não tenho um diário, mas posso dizer eu tenho muitos motivos para me tornar uma pessoa melhor.

Talvez alguns não sabem como, mas um dia pode ser você que esteja na frente de um psicólogo, mesmo resistindo no primeiro momento, mas, depois que você começa abrir o seu coração e confia no profissional que está à sua frente, não tem mais volta você não será mais o mesmo.

E sabe o que vai acontecer? Você vai falar, vai se ouvir como nunca fez antes. E vai se questionar, como já ouvi inúmeras vezes, por que não comecei antes? Experimente, se permita, tenho certeza que tem uma pessoa incrível aí com medo de mostrar suas fragilidades, de ser julgado, criticado e não ser compreendido. Psicoterapia é saber viver leve, da forma que sua alma precisa.

Não são palavras bonitas, são experiências clínicas, por ver frequentemente a transformação da expressão facial e corporal de um paciente quando chega a consulta, durante o tratamento e quando recebe alta.

Não sou eu que transformo, mas te apresento todos os ângulos das suas escolhas e assim, um dia de cada vez, você conhece o ser humano incrível que és.

Abra seu coração, cuide de você!