Últimas colunas de A J Marchi

O SAPO E O ESCORPIÃO (1/3)

Esta parábola bastante conhecida, explica muito bem alguns episódios de nossa pobre história política que, a todo custo, torres e peões que ainda restam no tabuleiro, desejam ardilosamente agravar.

Por A J Marchi

Masoquismo coletivo

Dizia o emedebista Ulisses Guimarães: "não roubar, não deixar roubar, pôr na cadeia quem roube, eis o primeiro mandamento da moral pública".

Por A J Marchi

A ARTE DA GUERRA

Precisamos aprender, na paciência e na dor, o que significa o valor de uma escolha errada. E, para continuar errando, basta distanciar-se da política!

Por A J Marchi

INFAMES QUEIMADORES DE LIVROS

As investidas do STF contra jornalistas, blogueiros, humoristas, chargistas e escritores, se iguala a aqueles seres da idade média que, por falta de argumentação e lógica sobre o que se falava deles na sociedade medieval, queimavam livros.

Por A J Marchi

VELHOS HÁBITOS, NOVAS ATITUDES

Voltaremos algum dia à programação habitual? Ou como se ouviu por aí, ad nauseam, durante a quarentena, nada voltará a ser como antes?

Por A J Marchi

Velhos hábitos, novas atitudes

Me agrada relembrar o tempo em que não éramos pessoas germofóbicas, obcecadas por higienizar tudo e manter a distância de todos.

Por A J Marchi

UTOPIA DE UM POBRE LOUCO

Basta! A sinistra repressão não me representa ... poder sem voto não me isenta ... ... digo o que penso ... caviar, surubim, salmão, camarão e lagostão! Quem pensam que são? Tudo ... menos Constituição!

Por A J Marchi

O menino que pregava pregos

Muitas vezes, certas fábulas ou parábolas são criadas sob alguns pretextos, mas, sob apenas um ponto de vista, são repassadas de geração em geração. Entretanto, quando as questionamos, obviamente sem desmerecer a intenção, encontramos verdades subliminares.

Por A J Marchi

Uma pandemia de opiniões

A única certeza, é que não há nada certo, já dizia o naturalista romano Plínio, o Velho! Estamos todos literalmente segregados intelectualmente em prol de uma causa orquestrada pelos opositores da liberdade de expressão.

Por A J Marchi

LADRÕES OU MALFEITORES!

Diz o ditado: a ocasião faz o ladrão! Embora a maldade seja como uma montanha, moldada pelas ações do ambiente ao seu redor, diz-se também que barro seco não tem conserto, é preciso quebrar, transformar em pó e moldar de novo.

Por A J Marchi

A verdade sobre a pandemia

A 15 anos atrás, especialistas estimavam que um surto relativo de influenza aconteceria a cada 11 anos, e um surto severo, a cada 30. O prazo para o surgimento de uma nova pandemia havia se esgotado em 2014, vindo a acontecer, 6 anos depois, espalhando-se rapidamente com morbidade e mortalidade em todas as idades, interrupção de atividades sociais e econômicas e colapso nos sistemas de saúde, conforme previram.

Por A J Marchi

O "PERIGO É AMARELO? "

A pandêmica realidade nos mostra que o pior dos mundos seria o colapso da economia chinesa alinhavada pela discussão entre sinantropia e sinofobia. A metáfora narrada no livro "Perigo Amarelo", narra a China contemporânea onde desmistificam-se, o trato sanitário, seus protocolos e sua inigualável riqueza cultural. Sem protocolos, seria o "perigo", realmente "amarelo"?

Por A J Marchi
1 2 3 ... 4

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.