Geral

Um abraço faz bem. Ele promove bem-estar, aumenta a autoestima, reduz estresse e pressão arterial, reforça as relações e cria momentos saudáveis, além de ser considerado uma importante forma de comunicação emocional.

Mas, em meio à uma pandemia como a atual, envolver-se em abraços tem sido altamente desaconselhado. Por isso, com criatividade, outras maneiras seguras de demonstração de afeto vêm ganhando espaço.

Leia mais: 

Uma delas é o aBraço, novidade recém-criada pela equipe do Cafofo Amei, de Jaraguá do Sul. Ele é uma almofada customizada, com formato de braços, feita através de tecido de reuso e produzido por artesãs em um projeto colaborativo.

Conforme a empresária Greici Schiochet, a ideia principal é transmitir o sentimento de carinho e amor contido no gesto. “Criamos essa solução de aBraços fofinhos para levar a sensação de aconchego a quem está distante”, afirma.

O item tem feito sucesso e já foi enviado para diversas famílias que não podem estar próximas, mas, assim, conseguem estar conectadas. “O intuito é espalhar abraços pelo planeta e tornar tudo mais afetuoso, mesmo que, nesse momento, não possa ser fisicamente”, ressalta a sócia Alexandra Schiochet.

O acessório carinhoso está disponível no colab do Cafofo Amei. Ele também pode ser adquirido pelas redes sociais da marca, que o envia para todo o Brasil.