Geral

Saiba como reservar seu livro na Biblioteca Pública em Jaraguá do Sul

Foto: Divulgação

Em tempos de coronavírus todo cuidado é pouco para preservar a saúde de funcionários e clientes. Assim como outros setores que já voltaram a funcionar, a Biblioteca Pública Municipal Rui Barbosa está atendo o público da forma mais segura possível.

Segundo a chefe da unidade, Jeniffer Stephani, o setor está evitando ao máximo a permanência de pessoas no ambiente físico da biblioteca, por isso, as reservas de livros são feitas on-line e o usuário só passa no local para retirá-lo.

Ela destaca ainda que é somente autorizado a entrada de apenas uma pessoa por vez, portando máscara de proteção, e permanece ali o tempo necessário apenas para retirar o livro, conforme orienta o Ministério da Saúde e determina o decreto municipal. 

Passo 1: o usuário que tem cadastro na Biblioteca Rui Barbosa (o cadastro deve ser atual e estar em dia com a anuidade de 2019/2020) entra no endereço, clicando aqui

Passo 2: No campo “expressão” digita uma palavra-chave ou o título da obra que procura.

Passo 3: Aperta no botão “reservar” ao lado do título que escolheu. Preenche com o número e senha de leitor. (Há formas de recuperar número e senha de leitor). Agora é só apertar o botão “clique aqui para reservar”.

Se estiver disponível, o título é higienizado pela equipe da biblioteca e, assim que separado, o leitor é avisado por e-mail que pode retirar o livro na biblioteca. Normalmente a reserva é feita em um dia e o livro pode ser retirado no dia seguinte, informa a chefe da biblioteca, Jeniffer Stephani.

A Biblioteca Pública Municipal Rui Barbosa está localizada no centro histórico de Jaraguá do Sul, nas antigas instalações da estação ferroviária, em frente ao Jaraguá Park Shopping, na Avenida Getúlio Vargas. Conta com 40 mil títulos, entre livros, revistas, almanaques e outros.

Tem em seu cadastro aproximadamente 29 mil leitores, sendo somente cinco mil leitores ativos (que utilizam a biblioteca com frequência). Nesse período mais restrito devido à pandemia do coronavírus, a média de atendimentos está em torno de dez a 15 pessoas por dia. Enquanto que a média normal era de 50 a 60 pessoas por dia.