Geral

Propostas para pavimentar 5,5 km serão abertas no dia 8 de julho

Foto: Divulgação

O Ministério do Turismo instituiu em abril de 2018 o Programa Nacional de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo, com objetivo de disponibilizar recursos para a estruturação dos destinos turísticos brasileiros, oferecendo oportunidade de fomento ao desenvolvimento local e regional por meio de parcerias. Em junho, Massaranduba recebeu o selo +Turismo, um dos primeiros municípios do Estado, habilitando-se a acessar recursos próprios do Ministério do Turismo, além das linhas de crédito do Prodetur+Turismo.

No mesmo mês, a Câmara de Vereadores aprovou projeto de lei autorizado o Poder Executivo a contratar operação de crédito com o BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul até o valor de R$ 12 milhões no âmbito do Prodetur+Turismo – Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo, destinados a projetos de Infraestrutura Turística, com taxa de juros TLP + 6,42% ao ano.

O recurso será empregado na pavimentação de 5.496,63 metros da Estrada Alto Guarani-Açu e Estrada 1º Braço do Norte. A licitação já foi lançada e no dia 8 de julho serão abertos os envelopes com a documentação e a proposta financeira das empresas concorrentes para a execução da obra.

O valor máximo da execução do projeto é de R$ 8.578.030,94, o que deve ser reduzido pela ampla concorrência prevista, considerando ser uma obra de envergadura. Do total do valor referenciado no edital, R$ 6 milhões 61 mil serão financiados e R$ 2 milhões 516 mil serão da contrapartida da Prefeitura, em material.

A pavimentação vem da região do São Paulinho, passando pela Tifa Rohweder até a SC-415, no Guarani-Açu.