Adeus ao Pe. Otto Seidel

Foto: Divulgação

Otto nasceu no dia 12 de março de 1934, em Feliz, RS, filho de Aloysio Victus Seidel e Mathilde Kaspary. Entrou no seminário de Crissiumal em 1946, passando a Corupá no ano seguinte, de 1947 até 1953. Fez o noviciado em Brusque no ano de 1954 e professou os primeiros votos da vida religiosa, também em Brusque, a 2 de fevereiro de 1955. Estudou a Filosofia em Brusque, em 1955 e 1956. Iniciou a Teologia em Taubaté em 1957 e ali permaneceu até meados de 1958 quando foi completar a Teologia em Malpas, Inglaterra, e lá mesmo foi ordenado sacerdote aos 3 de julho de 1960. Passou o segundo semestre de 1960 em Lyon, França. Durante o ano de 1961 exerceu o ministério sacerdotal na Paróquia Nossa Senhora da Candelária, Vila Maria, SP. Em 1962 foi nomeado professor e formador do Seminário SCJ, de Corupá. Em 1967 foi secretário provincial. No ano seguinte, 1968, foi vigário paroquial em Joinville. Em 1969 passou a lecionar no Seminário São José, de Rio Negrinho, no então, 2º grau. Acompanhou a transferência desta instituição para Curitiba, em 1972, e ali permaneceu como professor e formador até fins de 1975, quando passou a ser Pároco de Nova Candelária, RS. Em 1979, partiu para as missões do Maranhão, sendo vigário paroquial da Paróquia Santa Luzia. Em 1981 voltou ao Sul, passando a trabalhar como vigário paroquial em Boa Vista do Buricá, RS. Após dois meses, voltou ao Maranhão, indo para Pindaré-Mirim, como vigário paroquial. Em abril, passou para a Paróquia de Monte Castelo, em São Luís, MA. Em 1983 foi vigário paroquial de Alto Alegre do Pindaré, MA.


Em 1986 dirigiu-se à diocese da Ituiutaba, MG, onde foi vigário paroquial da Paróquia da Catedral. No ano seguinte, 1987, foi Pároco em Centralina, MG. No ano seguinte, 1988, foi Pároco em Gurinhatã, MG. No ano de 1991 assumiu como pároco da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Lavras. Em agosto do mesmo ano foi a Roma, nomeado Arquivista Geral da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus. Permaneceu no cargo até setembro de 1997, quando regressou ao Brasil e passou a ser vigário paroquial da Paróquia Bom Jesus, na Penha, RJ. Desde 2002 foi Pároco de Nova Candelária, RS. Em 2006 foi vigário paroquial da Paróquia Três Santos Mártires, de Crissiumal, RS. Em 2011 passou a ser vigário paroquial da Paróquia Puríssimo Coração de Maria, em São Bento do Sul. Em 2012 passou a residir na Sede Provincial, em Curitiba, para tratamento de saúde, até 2015 quando, então, veio para o Seminário SCJ, de Corupá. Aqui permaneceu até o dia 7 de abril de 2019, data em que sofreu um AVC, seguido de uma queda, e foi internado no Hospital de São José, de Jaraguá do Sul, até a madrugada de 17 de maio de 2019, quando partiu para a Casa do Pai. Foi sepultado no dia 18 no cemitério do Seminário SCJ. Deixou familiares, entre eles duas irmãs religiosas e dois sobrinhos padres, um deles, o Padre Elói Schons, que recentemente chegou na Paróquia São Sebastião, de Jaraguá do Sul. (Com a colaboração de Giuliano Savio Berti)

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.