Economia,Geral,Schroeder

Metas fiscais do quadrimestre são cumpridas em Schroeder

Foto: Divulgação

O município de Schroeder realizou na sexta-feira (28), de modo virtual, a audiência pública de avaliação do cumprimento das metas fiscais do primeiro quadrimestre de 2021, atendendo a Lei de Responsabilidade Fiscal. A receita orçamentária arrecadada de janeiro a abril ficou em R$ 25,3 milhões, com média mensal de R$ 6,3 milhões, contra receita de R$ 18,4 milhões no primeiro quadrimestre de 2020 e praticamente idêntica nos dois anos anteriores, conforme os números apresentados.

Leia mais

A despesa orçamentária em 2021 foi R$ 27,9 milhões - sendo R$ 19,4 milhões liquidados -, com despesas média mensal de R$ 6,9 milhões e R$ 4,8 milhões efetivamente liquidados. O maior volume de despesas de janeiro a abril deste ano foi na educação (R$ 5,6 milhões), saúde (R$ 4,9 milhões), urbanismo (R$ 3 milhões) e administração (R$ 2,5 milhões).

Nas receitas, segundo os dados apresentados na audiência pública, a previsão era de R$ 26,8 milhões no período, mas chegou a R$ 25,3 milhões e nas despesas, o valor fixado era R$ 26,8 milhões para o quadrimestre passado, mas o efetivamente realizado alcançou R$ 19,4 milhões.

Na saúde, foram investidos R$ 3,8 milhões (25,96%), ou seja, R$ 1,6 milhão a mais do que manda a legislação e, na educação, R$ 2,8 milhões (18,82%), representando R$ 921 mil a menos, mas o cumprimento da meta fiscal será alcançado nos meses subsequentes, até atingir os 25% ou mais, de acordo com o secretário de Finanças, Denilson Weiss.

Nas despesas com pessoal - que considera sempre o período de um ano - até abril (considerando 12 meses), o valor era R$ 28,7 milhões, ou 41,60%, um índice ainda confortável de comprometimento das receitas. O limite prudencial é 51,30% e o limite máximo 54%.

Na avaliação geral, Schroeder cumpriu as metas fiscais no quadrimestre.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!