Economia,Geral,Massaranduba

Impostos e taxas municipais de Massaranduba podem ser pagas vias Pix

Foto: Uol Economia

Camila Silveira Rosa

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Desde o dia 10 de março, os moradores de Massaranduba podem pagar os tributos municipais via Pix.

Com a nova funcionalidade, ao invés de emitir a guia com código de barras padrão, o contribuinte tem a opção de pagamento em Pix, acessando o aplicativo do seu banco e efetuar o pagamento em casa ou no escritório, por exemplo.  

Leia mais

“A partir de agora, todos os impostos e taxas municipais para qualquer serviço da prefeitura de Massaranduba podem ser pagos via Pix. Isso vale para taxa de alvarás, contribuições de melhorias, serviços agrícolas, IPTU, etc”, explica o auditor fiscal de tributos, Adamir Isidoro Kolacki.

Assim, basta o contribuinte acessar o site da prefeitura e escolher a opção de pagamento na modalidade Pix podendo copiar a chave para o seu APP bancário e/ou ler o QR Code. 

Com mais esta inovação via sistema IPM -  uma das únicas empresas de softwares de gestão pública que permite o pagamento nesta modalidade - a prefeitura de Massaranduba sai na frente sendo a primeira a oferecer a solução em Santa Catarina. 

"É um grande avanço para os municípios, em especial para o aumento da arrecadação. É mais uma forma de o contribuinte manter em dias seus débitos, podendo efetuar o pagamento em qualquer banco e em qualquer hora do dia, sem precisar pagar tarifas bancárias entre bancos", destaca o coordenador de Desenvolvimento Tributação da IPM Sistemas, engenheiro Marcelo Alvin Kiefer.

Funcionalidade será liberada para todos os bancos

Conforme Kiefer, no momento apenas é possível este tipo de pagamento para os municípios que possuem convênio firmado com o BB. “O Banco do Brasil foi um dos primeiros a se pronunciar e mostrar interesse nesta integração. Por isso, o sistema está adequado primeiramente ao Banco do Brasil”, explica Kiefer. No entanto, os demais bancos serão homologados no decorrer dos próximos meses.

Além disso, aos poucos, a funcionalidade será replicada para todos os municípios com tecnologia IPM. Os interessados devem contatar o BB para ter esta funcionalidade. “Até o final do ano, acreditamos que todos os clientes IPM terão esta opção habilitada”, salienta Kiefer.

Pagamento na modalidade PIX iniciou em 2020

O sistema de pagamento instantâneo Pix entrou em funcionamento pleno em 16 de novembro de 2020. Como resultado, a solução tecnológica criada e gerida pelo Banco Central do Brasil (BC) proporciona a realização de transferências e de pagamentos em poucos segundos.

Desde a entrada em vigor, pessoas e empresas que tenham conta corrente, poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das instituições aprovadas pelo BC podem fazer transferências pelo novo sistema, que funciona 24h todos os dias.

Conforme o BC, as informações pessoais trafegadas nas transações Pix estão protegidas pelo sigilo bancário da mesma forma que acontece nas transações de TEDs e DOCs.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!