Geral,Jaraguá ,Saúde

EXCLUSIVO - [VÍDEO] Após 50 dias internada, colaboradora do hospital São José de Jaraguá do Sul recebe alta

Foto: Camila Silveira Rosa

Camila Silveira Rosa

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Era para ser uma tarde de quarta-feira normal. O céu estava azul e a temperatura agradável. Para muitos, este será apenas mais um dia no calendário, mas para a colaboradora do hospital São José, de Jaraguá do Sul, Geneci da Aparecida Rechimbok dos Santos, de 48 anos, será um dia inesquecível. 

Geneci sabia que iria receber alta ontem (7). Ela e o marido, que o acompanhou de perto nesse processo, estavam com as malas prontas, aguardando a enfermeira passar no quarto para liberar. Enquanto isso, um dos três filhos do casal estava na recepção contando os minutos para levar a mãe para casa. 

Leia mais

A cada aplauso que se ouvia, sabia que era alguém que estava deixando a unidade por ter vencido alguma doença e o coração do rapaz acelerava na expectativa de ser a mãe. Antes da cozinheira sair, outros três pacientes deixaram o hospital.

Às 17h06, Geneci apareceu sendo aplaudida pela equipe médica. A emoção tomou conta do saguão. Após 50 dias internada, finalmente ela pôde ir para casa.

“Passei um momento bem difícil, mas graças a Deus hoje eu estou bem. Foram 50 dias hospitalizada, sendo 34 na UTI. Agora é só a recuperação, voltar a comer de novo, aprender a andar, voltar a ser criança de novo”, lembra ela emocionada. 

O apoio da família e dos amigos que trabalham com ela foram fundamentais na recuperação. “Não tenho palavras para descrever o carinho. Fui bem tratada por todos aqui”, diz. 

Geneci entrou no hospital como paciente no dia 17 de fevereiro deste ano e, um dia depois, foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) onde ficou até o dia 23 de março. Depois, ela foi levada para um quarto na unidade e ontem recebeu alta. 

“A gente pede para as pessoas terem consciência e se cuidar, pois é uma doença séria. Não é brincadeira”, diz ela. 

O técnico de enfermagem Rogério Ferreira de Souza, que levou a colaboradora até a porta do carro, se emociona ao falar da saída dos pacientes. 

"Para nós, que estamos na linha de frente do hospital, é muito gratificante ver os nossos pacientes saindo, porque a gente acompanha o processo desde a internação até agora”, comenta. 

Souza até brincou com Geneci que está com saudade da comida boa da cozinheira que em breve retornará ao posto para alegrar a vida de quem trabalha na linha de frente da Covid-19.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!