Geral

Com aumento de casos de coronavírus, Guaramirim endurece regras para estabelecimentos

Foto: Divulgação

Leonardo Koch

Jornalista formado com experiência em jornal impresso, digital e audiovisual

A Prefeitura de Guaramirim divulgou na tarde desta quinta-feira (25) um novo decreto que estabelece novas medidas para o combate ao coronavírus no município.

O decreto, assinado pelo prefeito Luis Antônio Chiodini traz todas as medidas já adotadas pelo município e novas restrições sobre o uso de espaços públicos e horário especial de funcionamento restaurantes, bares e lanchonetes, por exemplo.

Leia mais:

Conforme o decreto 1254/2020, a partir desta sexta-feira (25) está proibida a permanência e uso das praças e academias ao ar livre. Será permitida apenas a prática esportiva de corridas e caminhadas, desde que a pessoa esteja utilizando máscara e obedecendo ao distanciamento entre pessoas.

O decreto também traz o horário especial das 6 horas até as 23h30 para o atendimento e permanência de público em bares, lanchonetes e restaurantes. 

De acordo com o prefeito Luis Antonio Chiodini, as duas principais medidas tem o objetivo de evitar a propagação e o contágio da Covid-19 que vem registrando aumento no município. “Peço a todos que estejam a frente dessa luta, que sejam fiscalizadores. Precisamos do apoio de todo mundo, de toda a região, e que cada um faça a sua parte para que a gente não precise tomar medidas ainda mais drásticas”, afirma. Até a tarde desta quinta-feira, Guaramirim registrava 115 casos sendo 62 recuperados, 51 pessoas em isolamento domiciliar e duas pessoas internadas. 

A Prefeitura de Guaramirim reforça que o uso da máscara já é obrigatório em todo o município, seja para circular pelas ruas, entrar em estabelecimentos e/ou dentro de condomínios. O decreto reúne todas as medidas já adotadas pelo município desde o início da pandemia. Para conferir, basta acessar o site da prefeitura clicando aqui

O município confirmou nesta quinta (25), 15 novos casos da doença. Tratam-se de cinco crianças com idade entre 1 a 11 anos, quatro homens com idade entre 20 e 40 anos e seis mulheres com idade entre 25 e 45 anos.

 Segundo a Secretaria de Saúde, há 14 pacientes em isolamento domiciliar com sintomas leves e uma pessoa internada em estado estável.