Geral,Política

Convenções definem como será a corrida eleitoral no município de Massaranduba

Foto: Divulgação

Dias decisivos na política massarandubense. Os partidos estão realizando as convenções municipais e têm até o dia 16, quarta-feira, para tratar sobre coligações e indicação e homologação de nomes para vereador, vice-prefeito e prefeito.

Na segunda-feira (14) o PSDB realizou convenção na Casa da Juventude. O ex-prefeito Mário Fernando Reinke buscava a indicação para candidatura a prefeito. O Partido LIberal (PL), do ex-vereador Pier Gustavo Berri também é pré-candidato e o partido realizou também ontem a convenção.

Nesta terça-feira, o MDB referenda o nome do prefeito Armindo Sésar Tassi à reeleição, com convenção marcada para a Casa da Juventude.

O PSD realiza na mesma data na residência de Almir Trevisani e o Patriota, do pré-candidato Marcelino Mannes realiza na Rua Padre Sílvio Micheluzzi, no Guarani-Mirim.

Leia Mais:

O PP fará a convenção no Clube Fanfarra na quarta-feira (16) e o PSL, na Rua 11 de Novembro 2.250. São pré-candidatos dos partidos José Osnir Ronchi e Moacir Kasmirski, respectivamente. Depois das convenções os partidos têm 24 horas para encaminhar as atas para a Justiça Eleitoral.

Massaranduba tem seis pré-candidatos a prefeito, mas as negociações estão ocorrendo e o número poderá ser reduzido pela metade.

O PSD colocou Valdir Zapellini como pré-candidato a vice-prefeito, no entanto, em nome de acertos partidários, aceita ficar fora da disputa, segundo fontes acreditadas.