POLITICA&POLÍTICOS 

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Fraldas geriátricas- Boas ideias podem e devem ser copiadas. O vereador Eugênio Jurazesk (PP) está decido a materializar uma proposta que já defende há algum tempo na Câmara de Vereadores: implantar no Presídio Regional de Jaraguá do Sul uma mini fábrica de fraldas geriátricas. Nos moldes do que já existe em Joinville. As duas máquinas necessárias custam, juntas, R$ 30 mil e podem produzir até seis mil fraldas/dia, com economia de R$ 50 mil/mês para a Prefeitura. As fraldas são para pessoas acamadas, ou com graves problemas de saúde. Mas a economia também se estende aos familiares por se tratar de um produto caro. Jurazeski vai ao presídio de Joinville dia 28. Melhor ainda, vão junto servidores da secretaria da Saúde onde a ideia tem boa receptividade.

Assumindo- Suplente de vereador, Francisco Alves (PSD) assumiu o mandato por quinze dias, no lugar de Arlindo Rincos (PSD) que sai em tratamento de saúde. Em 2008, filiado ao PT, Alves se elegeu com 1.727 votos. Ainda pelo PT disputou vaga na Câmara em 2012, fazendo 865 votos. Na terceira tentativa, em 2016, agora pelo PSD, fez 889 votos.

Verbas- Emendas coletivas da bancada federal catarinense somam R$ 130 milhões para 2020. Há, ainda, alguns milhões em emendas individuais de deputados e senadores. Reflexo dos 75% de eleitores que votaram em Bolsonaro. Dos 16 deputados federais de SC, 15 são aliados do presidente. Assim sendo, é hora de pressionar. Afinal, quem não chora, não mama.

Pois é- Ademar Winter (PSDB), explicando o voto contra projeto que criava o Código de Ética para os vereadores de Jaraguá do Sul: “Todo vereador tem ética, não precisamos de código”. Do presidente do Legislativo, Marcelindo Grunner (PTB), sobre a rejeição do projeto: “Muitos estão mais preocupados em se preservar do que preservar a Câmara de Vereadores”.

Perfil- Prefeituras, escolas de ensino médio, públicas e privadas, faculdades e entidades ligadas à juventude nos 295 municípios do Estado vão responder pesquisa com mais de 50 perguntas. Para se conhecer o perfil econômico do jovem catarinense, entre 15 e 29 anos. Iniciativa da Assembleia Legislativa, visando traçar futuras políticas públicas para estes catarinenses.

Fake news- Depois de um longo tempo afastado da mídia jornalística, o deputado estadual Kennedy Nunes (PSD/Joinville) reaparece como autor de projeto de lei propondo multa para quem postar ou compartilhar notícias falsas pelas redes sociais. De R$ 5 mil, além de outras penalidades. Exceto quando caracterizado como opinião pessoal.

O NOVO ENSINO- As Escolas Estaduais de Ensino Básico Prof. José Duarte Magalhaes e Holando Marcellino Goncalves, além da Escola de Ensino Médio Lino Floriani, todas da Jaraguá do Sul, além da EEB Prefeito Lauro Zimmermann, de Guaramirim, estão entre as 120 escolas estaduais onde o Novo Ensino Médio será implantado até 2022. Com carga horária maior (mil horas/ano), currículo mais flexível organizado por áreas do conhecimento no lugar de disciplinas e voltado para as necessidades, competências e habilidades essenciais a serem desenvolvidas pelo aluno. Cerca de 200 profissionais das 120 escolas que aderiram ao chamado do Ministério da Educação já passaram por curso de formação. 

Prevenção- Câmara de Vereadores de Joinville retoma a discussão sobre projeto de lei determinando a obrigatoriedade de laudo técnico para prédios da cidade. Com periodicidade determinada. Como regra geral, a cada cinco anos. Perguntar, não ofende: e as pontes da área urbana de Jaraguá do Sul, são vistoriadas tecnicamente? Quem faz isso e qual a periodicidade? O que dizem laudos anteriores, se é que existem? É de se imaginar o caos se apenas uma delas for interditada para reparos.

Notas

Amanhã é dia de cuca na Comunidade Evangélica Luterana da Vila Lenzi, das 6h às 11h. Mais informações e encomendas pelo telefone: (47) 3275-3063.

 

Na tarde desta quarta-feira (11), o deputado federal Carlos Chiodini, junto com o prefeito de Jaraguá do Sul, Antidio Lunelli, e o secretário de Administração do município, Argos Burgardt, se reuniram com o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), André Kuhn, para solicitar a recuperação da malha viária da entrada de Jaraguá do Sul. Para o deputado, a obra estruturante de aproximadamente R$ 2 milhões é de extrema importância e vai melhorar o principal acesso à cidade.

 

Alunas destaques do concurso CDL na Escola são premiadas - A CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul entregou kits escolares para alunas e professoras vencedoras da etapa municipal do concurso CDL na Escola 2019. A iniciativa é uma parceria com a FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina), com apoio do Sicoob Cejascred. A aluna vencedora na categoria Redação foi Monize Eger D' Oliveira, do 9º ano da Escola Alberto Bauer, com apoio da professora Salete Miriam Coelho. Já na categoria Desenho, quem ganhou o prêmio foi Júlia Vicentin Pereira, do 4º ano da Escola Anna Töwe Nagel, com apoio da professora Andréia J. Renta. Além da premiação com os kits enviados pela FCDL, as alunas e professoras ganharam tablets doados pelo Sicoob Cejascred.

Centro de Especialidades Odontológicas terá um novo local - Está assegurado o valor de R$ 710 mil para reforço do orçamento do Fundo Municipal de Saúde para atender despesas com a implantação do Centro de Especialidades Odontológicas, no bairro Vila Lenzi. A iniciativa objetiva ampliar e manter a oferta física da rede de atendimento individual em especialidades odontológicas disponibilizando à comunidade maior acesso aos serviços de saúde. O crédito especial decorre da necessidade de se promover a desapropriação de imóvel para a implantação do Centro de Especialidades Odontológicas. O CEO sairá do Centro Vida, onde está instalado em local acanhado para o tamanho da demanda, para um espaço próprio próximo a unidade básica de saúde da Vila Lenzi.

Jogos Abertos provocam mudanças no calendário escolar 2020 - O vereador e professor Arlindo Rincos manifestou a sua preocupação em relação ao calendário escolar de 2020, em conversa com a secretária da Educação, Ivana Atanásio Dias. Devido à realização dos 60ºs Jogos Abertos de Santa Catarina, as férias do meio do ano foram alteradas para novembro, mês de realização do evento poliesportivo em Jaraguá do Sul. A preocupação, segundo disse, se deve ao cansaço e o desgaste que as crianças vão ter com um período tão longo de aulas. Ele também afirmou que os pais contam com as férias no meio do ano para programar viagens e folgas nas empresas onde trabalham. Segundo o parlamentar, as férias do final do ano também serão prejudicadas, já que o período letivo vai se estender até o dia 23 de dezembro. Devido aos Jasc, as escolas vão servir de alojamento aos atletas que virão de todo o Estado. O vereador sugeriu a antecipação da abertura do ano letivo em uma semana, mas em face da escala de férias dos professores, a sugestão não pode ser acatada.