SALTO DO YUCUMÃ: Uma visão inusitada

A J Marchi

Questionamentos evidentes, obviedades improváveis e banalidades incomodas. 

Ver artigos

Num certo feriado, tive oportunidade de conhecer o que há depois daqueles montes à beira daquele rio! Destino, roteiro e pontos de interesse programados. Horários nem tanto! Decididos pela Serra do Mar, seguimos os contrafortes até os Campos de Cima do além Mafra sentindo agradáveis aromas das araucárias com suas pinhas que ao longo do extenso planalto deixam o belo mais verde e o verde mais singelo! Tão perto, embora tão distante do cotidiano de quem vive no litoral, o Planalto Serrano nos eleva aos puros ares de um horizonte límpido e ensolarado. Subindo mais, chegamos ao extremo norte colado às bordas paranaenses. Quase girando, descemos ao sul cruzando o coração das “Terras Santas de Catarina”.

A noite chega e estamos nas margens do majestoso Rio Uruguai que segue manso pelas incontáveis curvas grandes por onde desliza até a Bacia do Prata entre o sul do Uruguai e o nordeste Argentino. Enfim, um hotel em São Carlos. Aguas prá lá de termais com propriedades medicinais! Arrisco um trocadilho homenageando duas limítrofes cidades oestenses. É uma Maravilha que deixa Saudades. Mas, deixamos para trás São Carlos e seguimos pelo caminho das pedras! Pedras únicas de Ametista do Sul do noroeste gaúcho. Lá, vemos algo incomum e singular. Uma mina desativada e dentro dela um restaurante! Além da boa comida, um notável vinho! Digno de nota, também é o local onde mesas revestidas de uma miríade de multicoloridas pedras encantam os olhos e a alma. Um brinde! Mais vinho por favor! Cabernet, Agatha de Fogo! É um espetáculo vê-los inseridos nas inúmeras caves perfuradas nas paredes da mina! A Belvedere Mina tem o único restaurante temático em pedras ametista do mundo.

De pedras a pedrinhas, deixamos para trás Ametista até onde o Sol é poente para visitarmos o que é de todo desconhecido da imensa maioria que nessas terras vive. Salto do Yucumã! Dentro do Parque Estadual do Turvo nas gaúchas terras de Derrubadas, outra visão é particularmente inusitada! Escondido entre pedras e mata cerrada, ele reina absoluto por quase dois quilômetros longitudinais numa única queda. Enquanto os olhos procuram adaptar-se ao esplêndido panorama, bandos de exóticas borboletas vem carinhosamente aspirar do sódio que exala de nossos poros. Incrível e inesquecível sensação!

Yucumã que no lado de lá em terras castelhanas chamam de Moconá, é na língua Guarani “o que tudo engole”, tamanha a turbulência causada pela pressão da água que entra na garganta com cento e dez metros de profundidade. Escondidos pela água estão os degraus que formam as quedas que, originalmente, despencavam de vinte metros. Assim como desapareceu Sete Quedas em Guaíra no Paraná devido a Itaipu, Yucumã respira fundo para vez ou outra submergir e emergir em queda livre com quatro a oito metros de quinta-feira a domingo graças aos esforços de pessoas abnegadas que atuam em  defesa do turismo riograndense.

Talvez um olhar furtivo a sobrevoar o complexo não seja suficiente para dar resposta a uma, até então, improvável obviedade. Como seria possível o rio dividir-se em duas torrentes, uma delas calma, bela e singela, e outra furiosa, perigosa e mortal? Geólogos interpretam que foi obra da natureza em fúria a depressão pós-erupção profunda seguida da acomodação do magma que mal preencheu a fenda de forma irregular. Esta fenda-cânion suga o rio à montante, dando à jusante uma vazão extremamente veloz e caudalosa canal adentro, enquanto segue suavemente a boreste o maior volume para despencar em efeito dominó formando a maior cachoeira horizontal do planeta.

Embora estivéssemos de posse da solução do enigma ao caminhar sobre as pedras que pouco antes acomodaram o leito do rio, e ouvirmos o som rouco que faz água e pedra, tivemos a impressão de uma vez mais saber que pouco ou nada sabemos. E foi sorte grande observá-la com apenas quatro metros em queda ante os caprichos da natureza e da Usina Hidroelétrica de Foz do Chapecó. "Jajôêchá pevê, porã Yucumã", que significa: Até um dia, linda Yucumã!

 

 

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.