Quando um amor vai embora

Carla Nunes

Carla Nunes é jornalista, cronista e editora do JDV Digital. 

Ver artigos

Cada pessoa sente a perda de um amor, o término de um relacionamento de maneiras diferentes. Para uns, é como se a casa fosse roubada. É um golpe. Quem já teve a casa invadida sabe bem como é a sensação. É desconcertante. A gente fica meio desconfiado de tudo, vai dormir mais cedo, não quer sair de casa pra não correr o risco de outra invasão e não quer, de maneira nenhuma, que se fale sobre o assunto.

Outros ficam enlutados. O período de luto é doloroso, amargo e só há tristeza, lembrança e saudade. Quando as pessoas estão de luto, não se engane, elas querem sim falar sobre o falecido, querem que você pergunte como tudo aconteceu, porque talvez falando sobre o ente querido a distância diminua um pouco. Assim é para os enlutados de amor que não morreu, mas foi embora, o que é bem pior. Essas pessoas querem falar muito sobre o assunto ainda, querem contar porque terminaram, e lutam para não deixar que as pessoas mais próximas se esqueçam do defunto.  Não querem que ninguém esqueça que os dois tiveram um laço.

Em outros casos, a sensação pode ser igual ao desaparecimento de uma pessoa. É um tormento, porque você espera por noticias todos os dias. Em todo fim de tarde alimenta uma esperança de que ele (a) volte pra casa. É muito ruim reconhecer que acabou quando se tem esperanças de que alguém possa voltar.  E é bem isso, quando alguém some, as famílias nunca deixam de esperar até que o corpo apareça. Enquanto não constatarem com os próprios olhos que não há mais nada a fazer, vão esperar. E tem mais.  Há os que sofrem em ritmo de carnaval. Saem pra beber todas as noites, não perdem uma festa e não querem passar nem um dia sozinhos. Acho que esse tipo de reação é a mais covarde, mas enfim, também é um modo de externizar a dor. Mas isso, pra mim, é engolir o sofrimento em dose, demora mais pra passar. Autoflagelo. Não acredito que alguém se cure de um amor dessa forma. Engana a si mesmo.

Não dá pra esquecer dos bebês emocionais. Os bebês emocionais choram, esperneiam, tem ataques de raiva, perseguem o ser amado, fazem ameaças e não aceitam o fim. Ficam se debatendo, como um peixe fora da água. Quando nada resolve, começam a fazer chantagens emocionais. E principalmente, colocam a sua felicidade na responsabilidade do outro. A frase mais típica do bebê emocional é -você nunca me amou, -só vou ser feliz com você? e você só me usou.  Independente das razões do término não há nada mais infantil que isso. A palavra de ordem nesses casos em que o parceiro (a) aprontou, traiu, mentiu, foi embora é: ame-se a si mesmo.

Mas não posso deixar de fora deste texto, os que sofrem porque o amor foi embora deles, eles deixaram de amar, mas ainda não sabem como lidar com isso. Dedico este parágrafo aos que não tem reação nenhuma. Para aqueles que tanto faz, tanto fez. Para aqueles que fizeram tanto que agora tanto faz. Para os que se perguntam pra onde foi aquele amor todo? Aquela loucura? Foi embora, caro leitor, foi embora. Porque o amor também se despede.

Notas

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Agenda

Ver todos