POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Cerca de 60% da rede distribuidora de água potável em Schroeder apresenta vazamentos. O registro é da vereadora Marina Fernandes (PSD) com base em informações da empresa contratada pela Prefeitura para verificação e conserto em toda a extensão da tubulação. Que, a exemplo de redes em municípios vizinhos, é antiga e obsoleta. Não é diferente em Jaraguá do Sul, que ainda tem 17 quilômetros de rede construída com tubos de amianto (o mesmo material usado como telhas e caixas d’água) cuja fabricação foi proibida em Santa Catarina por ser considerado produto cancerígeno. Usadas em larga escala durante décadas, se rompem com frequência. O Samae investe atualmente R$ 8 milhões na substituição dos primeiros 8,4 quilômetros. O índice atual de desperdício é de 34%.

Reação 1 - “Um governo sério, honesto e transparente como o nosso nunca houve em Jaraguá do Sul. A oposição de plantão que continue vendo o trem passar”. O discurso é do prefeito Antídio Lunelli (MDB), dizendo que quem critica sua gestão anda na contramão. E que o acordo para a presidência da Câmara, firmado quando assumiu o governo em 2017, não coloca no cargo em 2020 um vereador de oposição (Dico Moser/PSDB). “Aqui não há oposição, o que existe é uma equipe de trabalho”, respondeu Lunelli, em entrevista ao repórter Sérgio Luiz. No segundo semestre assume Celestino Klinkoski (PP). Em 2016 o PSDB apoiou Jair Pedri (PSD).

Reação 2 - Quanto a pretensão do ex-secretário da Educação, Rogério Jung (MDB) de presidir a Câmara de Vereadores em 2020, o prefeito Lunelli afirmou que isso nunca foi cogitado no acordo feito há três anos. E que espera dele o apoio para eleger Moser. O prefeito negou a volta da secretária Natália Petry (MDB) para a Câmara como garantia de voto ao tucano. Jung, pelo que se sabe, não apoiará o tucano, também rejeitado pelo próprio colega de partido, Ademar Winter, que já presidiu o Legislativo. Na teoria, são três votos do PP, dois do PMDB, um do PTB e um do PSDB a favor de Moser. Contra um do MDB, um do PSDB e dois do PSD.

Quem tem... A grande indignação popular- e essa é a arma do eleitor contra políticos desavergonhados que pululam nas casas legislativas do país- fez a maioria dos senadores recuar na proposta de gastar R$ 2,8 bilhões com as eleições municipais já em 2020. A conta vai ficar em R$ 2 bilhões, “por consenso”. O governo propôs R$ 1,8 bilhão.

Economia?- Isso mostra que a unificação das eleições não representa economia (de dinheiro público) nenhuma. Some-se os custos das eleições municipais, estaduais e federais e se verá os bilhões moídos pelos candidatos e partidos. A única “vantagem” das eleições unificadas é que o eleitor não corre o risco de eleger uma penca de malandros a cada dois anos.

É isso- O país político com mandatos no Congresso Nacional, assembleias legislativas e câmaras de vereadores está com um pé nas férias. Até fevereiro e que eles chamam de recesso. Ao pé da letra, é um verdadeiro recesso. Porém, com tudo pago, tostão por tostão. E direito a reembolso, até mesmo de jantares e brindes para amigos. Isso é a “esbórnia Brasil!”.

Mais um- Ex-prefeito e ex-deputado líder na Assembleia Legislativa dos governos de Luiz Henrique da Silveira (MDB) e Pinho Moreira (MDB/com a renúncia de LHS para se candidatar ao Senado) e Raimundo Colombo (PSD), Elizeu Matos (MDB) foi condenado a 31 anos por corrupção e fraude em licitação no sistema de abastecimento de água de Lages. E só não está na cadeia porque o ministro Gilmar Mendes, do STF, concedeu habeas corpus.

Toma lá, dá cá- Massacrado nas urnas em 2018 e com nomes do partido condenados por corrupção, incluindo Romildo Titon, com sete mandatos de deputado (ver coluna de 17/12) o MDB vai colando no governador Carlos Moises (PSL). Que precisa do apoio deles na Assembleia para aprovar projetos de impacto. Em contrapartida, atendimento personalizado a pedidos da bancada. E apoio irrestrito a possível campanha à reeleição de Moisés em 2022.

 

Notas

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Agenda

Ver todos