POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Urgente! - Prefeito Antídio Lunelli (MDB), o deputado federal Carlos Chiodini (MDB) e o secretário de Administração, Argos Burgardt, foram ao gabinete do diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, André Kuhn, em Brasília. Para reivindicar a recuperação da malha viária da BR-280 no acesso a Jaraguá do Sul. Uma obra estruturante, de ao redor de R$ 2 milhões, e de extrema importância para revitalizar o principal acesso ao município. Em outra reunião, com o presidente da Comissão de Orçamento do Congresso, senador Marcelo Castro (MDB/Piauí) e com o relator do Orçamento da União, deputado Domingos Neto (PSD/Ceará), houve a sinalização de liberação de R$ 80 milhões para a duplicação da rodovia em 2019. Ainda em Brasília, um encontro com o presidente do diretório nacional do partido, deputado Baleia Rossi (SP), para conversas sobre as perspectivas do MDB e projeções do partido nas eleições municipais de 2020 para um dos principais polos econômicos de Santa Catarina.

Absurdo- Dados do governo de SC até 30 de outubro mostram a queda progressiva do número de cargos comissionados. Em 2017 eram 1.234. Em 2018, 997 e em 2019, 557. Desinchando a máquina pública e reduzindo custos. Mas, lá no Distrito Federal, com estrutura de estado, o caminho é inverso: até primeiro de novembro deste ano, nada menos que 15.947 comissionados. Como se vê, o (péssimo) exemplo vem mesmo “de cima”. Pior que isso, nós pagamos os “daqui” e os “de lá”.

Lei própria 1- Projeto de lei da Câmara dos Deputados, que extingue a prisão administrativa de policiais militares e bombeiros como punição por transgressões disciplinares foi aprovado pelo Senado. O dispositivo propõe que essas corporações sejam regidas por um código de ética e disciplina, aprovado por lei estadual específica. Se o presidente Jair Bolsonaro (PSL) sancionar, a Assembleia Legislativa de SC deve propor projeto de lei neste sentido e que, por certo, será de imediato acatada pelo governador Carlos Moisés (PSL). Ele próprio um bombeiro militar.

Lei própria 2- Quando ainda deputado federal, o hoje senador Jorginho Mello (PL) foi um dos parlamentares a assinar o projeto de lei. Mello entende que prisão administrativa por questões mínimas disciplinares, como uma continência mal feita a um superior (como ainda ocorre no exército) é algo de absurdo. E que, por isso, não há mais lugar para tal coisa nos dias de hoje, seja nos quarteis ou fora deles. Aliás, a prepotência de alguns superiores é fator gerador de casos de indisciplina mais aí não há punição.

Podemos- No próximo dia 21 de dezembro o partido “Podemos”, de Santa Catarina, reúne em Florianópolis um grupo de possíveis candidatos às eleições municipais de 2020. Já está estabelecido que os eleitos para cargos de vereador se submetam a um sistema de rodízio com suplentes para que estes também tenham experiência no exercício do mandato.

Funcionou- A pressão popular- e só por isso- deu resultados: com 223 votos a favor e 193 contra, a Câmara dos Deputados manteve veto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a pontos do projeto de lei que alterava o Código Eleitoral. Entre eles a permissão de uso de dinheiro público do Fundo Partidário para pagar juros, multas, débitos eleitorais, relacionados à lei eleitoral ou partidária.

Verba recuperada - Um destaque com 65 assinaturas apresentado em sessão do Congresso Nacional nesta semana pelo senador Esperidião Amin (PP) vai destinar para Santa Catarina mais R$ 100 milhões inseridos na proposta orçamentária para o ano que vem. Isso se deve a um acordo com parlamentares e líderes do governo. Esses recursos serão investidos prioritariamente em obras das rodovias BR's 280, 470, 285 - que está quase pronta - a 282 e a 163. E vai compensar cerca de R$ 76 milhões que haviam sido retirados em verbas para obras de rodovias catarinenses, transferido para a saúde para atendimento em todo o país.

Deficientes- “A substituição (do emprego) das pessoas que hoje têm alguma deficiência por uma multa de dois salários mínimos por três meses, um dinheiro que vai para a União, significa que vão trocar os postos (de trabalho) de dignidade dos deficientes para arrecadar dinheiro”. O discurso é do deputado Vicente Caropreso (PSDB) que enalteceu a “bravura” de deputados federais e senadores que se levantaram contra a decisão da União.

Notas

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Agenda

Ver todos