POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

É bem isso!

O comerciante Antônio Carlos da Silva, dono da Casa de Carnes Aline, que funciona no Bairro São João, em Itajaí, resolveu esclarecer aos clientes que a culpa pela alta da carne bovina, em alguns casos de até 100%, não é dele. E, sim do fornecedor, que aproveitando a exportação extraordinária para países como a China, também sobe o preço por conta da baixa oferta no mercado interno regional. Deu, como exemplo o acém. De uma semana para outra, o frigorífico majorou o quilo, de R$ 10,00 para R$ 19,00. De fato, em um país de aproveitadores sem escrúpulos, como é o nosso Brasil, batata em excesso derruba o preço. Mas com procura maior que a oferta, sai de baixo! Quem pode, paga. Quem não pode, não come.

Novidade? Em construção há cerca de oito anos, o Centro de Educação Profissional de Guaramirim não fica pronto em 2019 como tinha dito o secretário estadual da Educação. Agora, o novo prazo é “o ano que vem”. A parte elétrica, depois que toda a fiação foi roubada, começa a ser reposta “nos próximos dias” a um custo de R$ 128 mil. Mas, pior que isso, é não se saber, ainda, quem vai gerenciar o CEDUP, os cursos oferecidos e quando abrirá as portas.

Rodovias- "Projeto Recuperar", parceria entre Estado e municípios para revitalizar rodovias estaduais na maioria em frangalhos, pode entrar em prática na região do Itapocu ainda em dezembro. Com investimentos ao redor de R$ 805 mil, incluído o custo de empresa que traçará um diagnóstico da malha viária. A prioridade será a SC-108, entre Guaramirim e Massaranduba, e a 415, em São Francisco do Sul. Mas será só uma operação “tapa-buracos”. Como sempre.

Rir ou chorar? Deputados estaduais cobram do governador Carlos Moisés (PSL) o pagamento das tais emendas parlamentares, obrigatórias diga-se, porque eles mesmos assim o decidiram na legislatura passada. Para fazer política de varejo em suas bases eleitorais, como o fazem os federais e senadores. Em 2020, R$ 15 milhões para cada um dos 40 deputados da AL. Em Brasília, R$ 9,5 bilhões para deputados federais e senadores. Tudo na nossa conta, é claro.

Mentiras- Quando um deputado ou senador disser a você, leitor e eleitor, que abriu mão de alguma vantagem em favor de instituições beneficentes ou de cunho comunitário, tenha a certeza de que ele mente. Porque, na verdade, resgata tudo e muitos, o tempo todo, em notas de despesas que são automaticamente pagas pelo caixa do Congresso. O controle de gastos dos parlamentares é zero. Dentro do limite mensal dos valores repassados, embolsam o que podem.

Nome forte- Pelo andar da carruagem, se Carlos Moisés (PSL) resolver disputar uma reeleição em 2022, terá pela frente ao menos um adversário de respeito: é o senador Jorginho Mello (PL), hoje nome 100% estadualizado. E dono de respeitável votação (1.179.757) nas eleições de 2018, atrás apenas de Esperidião Amin (PP), o mais votado, com 1.226.064 milhão de votos.

O palhaço- Em 2017, o humorista, palhaço e deputado federal, Francisco Everardo Oliveira, Silva, o Tiririca (PL), fez seu primeiro discurso na Câmara onde já estava desde 2010. Dizendo-se “envergonhado” com tudo o que tinha visto lá e jurando que nunca mais seria candidato. Mas no ano passado foi eleito pela terceira vez por São Paulo, com cerca de 500 mil votos. Agora ele é investigado pelo Ministério Público que apura o uso indevido da verba de gabinete em viagens com destinos outros que não SP, seu domicílio eleitoral, como manda o regimento interno da Câmara. Para o Ceará, por exemplo, seu estado natal, onde faz shows com frequência. Este ano ele já gastou R$ 70 mil de dinheiro público (e admitiu) em voos de Brasília para Fortaleza. Ao contrário do que dizia na campanha, pior do que está pode, sim, ficar. Ele próprio é um exemplo disso.

Previdência 1- A reforma Previdenciária encaminhada aos deputados pelo governador Carlos Moisés (PSL) aumenta a idade mínima exigida para a aposentadoria voluntária dos servidores. Das mulheres, passa de 55 para 62 anos, enquanto entre os homens, a idade passa de 60 para 65 anos. Além disso, a exigência de 25 anos de contribuição, 10 anos de efetivo exercício no serviço público e cinco anos no cargo de provimento efetivo em que for concedida a aposentadoria.

Previdência 2- O déficit de R$ 784 milhões anuais, em 2008, saltou para R$ 3,8 bilhões em 2018, com a expectativa, de R$ 4 bilhões em 2019. Maior que os recursos da Saúde e Educação. Em 2018, enquanto a Previdência levou R$ 6,43 bilhões, a Educação recebeu R$ 3,73 bilhões e a Saúde, R$ 3,74 bilhões. As pessoas estão vivendo mais, alega o governador, hoje com 52 anos. Que se aposentou aos 48 anos como coronel dos bombeiros militares. Com salário de R$ 26 mil.

Notas

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Colaboradores da Lunelli aderem ao aplicativo Waze-A sustentabilidade é recorrente em todos os setores que envolvem a cadeia produtiva, e também a gestão do Grupo Lunelli, empresa que acaba de se tornar uma parceira do Waze Carpool, o aplicativo de caronas do Waze. A partir de agora, os colaboradores das duas unidades de Guaramirim podem utilizar o aplicativo Waze Carpool, solicitando ou oferecendo carona para os colegas de trabalho, por meio de grupos formados exclusivamente por usuários que sejam trabalhadores da empresa. A iniciativa é uma forma de transformar o trânsito de forma inteligente e sustentável, aproximando colegas de trabalho e gerando economia para motorista e passageiro. Com a novidade, a empresa já acumulou mais de 3,5 mil quilômetros em viagens até o trabalho, deixando de emitir 13,132Kg de CO2 (dióxido de carbono), substância que gera poluição no ar.

Marja Rebelatto assumirá Colegiado de Educação em 2020 - O Colegiado de Educação da Amvali, coordenador pelo secretário Cristiano Rodolfo Tironi realizou no dia 10 de dezembro o último encontro do ano, na Escola Ministro Pedro Aleixo, em Massaranduba. O grupo avaliou as principais ações realizadas no ano e os planos para 2020. Também foi realizado a escolha da nova gestão do Colegiado, onde a secretária de Educação de Guaramirim, Marja Prüsse Rebelato, assumirá como coordenadora, a secretária de Educação e Cultura de Corupá Rosane Martini Berti como vice coordenadora. O secretário de Educação de Schroeder, Eberton Vargas Trentin, será o secretário do Colegiado.

Agenda

Ver todos