POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Daniela sai do PSL - A vice-governador Daniela Reinehr foi protagonista e signatária da criação do partido Aliança Pelo Brasil lançado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada e está deixando o PSL. Enquanto no âmbito da Assembleia Legislativa uma possível debandada de deputados bolsonaristas ainda é uma icógnita, dos quatro federais eleitos pelo menos dois devem acompanhar o presidente: Daniel Freitas e Coronel Armando. Carolini de Toni ainda não confirmou, mas já escreveu em redes sociais que acompanha o presidente para onde ele for. Fábio Schiochet, presidente estadual do PSL, fica com o governador que também permanece no PSL.

Lei eleitoral - Ao contrário de cargos executivos, os deputados precisam cumprir regras da lei eleitoral para mudança de partido, sob risco de perderem o mandato. Por exemplo: se o partido tiver sido incorporado ou fundido a outro; se for verificado desvio no programa partidário; se o deputado tiver sofrido grave discriminação pessoal no partido; se a mudança ocorrer no período da janela partidária, o período de 30 dias no ano eleitoral. Ou se o deputado estiver migrando para um partido recém-criado, como é o caso.

Figura decorativa - "Eu sigo o presidente e vou seguir batalhando por tudo o que lutei até agora", discursou a vice-governadora. Mera figura decorativa e sem qualquer influência em sua própria região de origem (Oeste), na prática Daniela não fará falta alguma no governo de Moisés. Sua relação com o governador, aliás, desde a posse em janeiro, tem sido meramente protocolar. E, agora, será ainda mais distante, Sua indicação se deu muito mais para marcar presença do partido na região de Chapecó que outra coisa.

Rodovias- Deputados que representam o Sul e Oeste de Santa Catarina são frequentes em condenar as péssimas condições de rodovias que cortam essas regiões. Ao contrário, aqui no Vale do Itapocu espanta a passividade sobre problemas graves que afetam a infraestrutura rodoviária regionalo. Nossa especialidade é, mesmo, resmungar atrás da porta. Ou agir individualmente, típico de quem só pensa em tirar proveito político para si mesmo.

Idosos- Estima-se que Jaraguá do Sul tenha cerca de 17 mil pessoas acima de 60 anos. Ou 10% de sua população de 176 mil habitantes (segundo o IBGE). Uma pesquisa inédita da Secretaria de Assistência Social e Habitação, que deveria ter sido feita já em 2017, vai envolver 1,7 mil desse segmento de idosos cujo perfil econômico e social ainda não se conhece em detalhes. O edital para contratação de empresa já foi lançado e o prazo para execução integral da pesquisa é de 12 meses.

Reação- Há poucos dias o governador Carlos Moisés (PSL) disse que a sonegação de impostos estaduais em SC bate na casa dos R$ 10 bilhões. Mexendo com os brios dos fiscais da Fazenda estadual já que o discurso insinua uma omissão propositada. Em resposta e com apoio do Sindicato dos Auditores Fiscais da Fazenda, eles apresentaram projeto de lei já tramitando pela Assembleia que obriga o Estado a divulgar diariamente as receitas obtidas com impostos.

Bauer no Aliança- Se até março de 2020 o Tribunal Superior Eleitoral oficializar a criação do partido Aliança Pelo Brasil, lançado pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada, o ex-senador Paulo Bauer deve deixar o PSDB para se filiar ao APB. E, com isso, viabilizar uma candidatura a prefeito de Joinville (seu domicílio eleitoral), o que dificilmente ocorreria como candidato tucano. Em janeiro, quando ainda senador, Bauer (nascido em Blumenau) recebeu convite pessoal de Bolsonaro para ocupar função de confiança na Casa Civil como observador de interesses do governo no Senado. Sem a exigência de se filiar ao PSL. Na eleição majoritária de 2018, em Santa Catarina o PSDB foi aliado do MDB, parceria que resultou em retumbante fracasso nas urnas.

Homenagem- O plenário da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul vai se chamar Prefeito Victor Bauer em ato marcado para quinta-feira (28), às 16 horas, Victor, pai do ex-senador Paulo Bauer, foi quem introduziu, durante seu primeiro mandato como prefeito (1966/1970) o transporte coletivo urbano em Jaraguá do Sul. Foi em 1968, com uma concessão municipal feita à extinta empresa Ouro e Prata, de Blumenau. Começou com apenas três ônibus, dois deles alugados, fazendo as linhas Barra do Rio Cerro/Centro e Waldemar Rau/Centro.

Notas

Amanhã é dia de cuca na Comunidade Evangélica Luterana da Vila Lenzi, das 6h às 11h. Mais informações e encomendas pelo telefone: (47) 3275-3063.

 

Na tarde desta quarta-feira (11), o deputado federal Carlos Chiodini, junto com o prefeito de Jaraguá do Sul, Antidio Lunelli, e o secretário de Administração do município, Argos Burgardt, se reuniram com o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), André Kuhn, para solicitar a recuperação da malha viária da entrada de Jaraguá do Sul. Para o deputado, a obra estruturante de aproximadamente R$ 2 milhões é de extrema importância e vai melhorar o principal acesso à cidade.

 

Alunas destaques do concurso CDL na Escola são premiadas - A CDL - Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaraguá do Sul entregou kits escolares para alunas e professoras vencedoras da etapa municipal do concurso CDL na Escola 2019. A iniciativa é uma parceria com a FCDL (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina), com apoio do Sicoob Cejascred. A aluna vencedora na categoria Redação foi Monize Eger D' Oliveira, do 9º ano da Escola Alberto Bauer, com apoio da professora Salete Miriam Coelho. Já na categoria Desenho, quem ganhou o prêmio foi Júlia Vicentin Pereira, do 4º ano da Escola Anna Töwe Nagel, com apoio da professora Andréia J. Renta. Além da premiação com os kits enviados pela FCDL, as alunas e professoras ganharam tablets doados pelo Sicoob Cejascred.

Centro de Especialidades Odontológicas terá um novo local - Está assegurado o valor de R$ 710 mil para reforço do orçamento do Fundo Municipal de Saúde para atender despesas com a implantação do Centro de Especialidades Odontológicas, no bairro Vila Lenzi. A iniciativa objetiva ampliar e manter a oferta física da rede de atendimento individual em especialidades odontológicas disponibilizando à comunidade maior acesso aos serviços de saúde. O crédito especial decorre da necessidade de se promover a desapropriação de imóvel para a implantação do Centro de Especialidades Odontológicas. O CEO sairá do Centro Vida, onde está instalado em local acanhado para o tamanho da demanda, para um espaço próprio próximo a unidade básica de saúde da Vila Lenzi.

Jogos Abertos provocam mudanças no calendário escolar 2020 - O vereador e professor Arlindo Rincos manifestou a sua preocupação em relação ao calendário escolar de 2020, em conversa com a secretária da Educação, Ivana Atanásio Dias. Devido à realização dos 60ºs Jogos Abertos de Santa Catarina, as férias do meio do ano foram alteradas para novembro, mês de realização do evento poliesportivo em Jaraguá do Sul. A preocupação, segundo disse, se deve ao cansaço e o desgaste que as crianças vão ter com um período tão longo de aulas. Ele também afirmou que os pais contam com as férias no meio do ano para programar viagens e folgas nas empresas onde trabalham. Segundo o parlamentar, as férias do final do ano também serão prejudicadas, já que o período letivo vai se estender até o dia 23 de dezembro. Devido aos Jasc, as escolas vão servir de alojamento aos atletas que virão de todo o Estado. O vereador sugeriu a antecipação da abertura do ano letivo em uma semana, mas em face da escala de férias dos professores, a sugestão não pode ser acatada.