POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Segue o baile - O Ministério Público pediu explicações à Prefeitura de Guaramirim sobre o atraso nas obras de reconstrução da pista da SC-108, que desabou na madrugada de 18 de fevereiro. Interditando a rodovia até hoje. A Prefeitura questionou a Defesa Civil Estadual que assumiu a obra e que, por sua vez, questionou a empresa vencedora da licitação. A empresa respondeu à DCE que a culpa é das chuvas. A DCE repassou a informação à Prefeitura, que repassou para o Ministério Público. Da obra, uma certeza: o projeto não é o original orçado em R$ 3,7 milhões e que daria, segundo técnicos, segurança definitiva à proteção da encosta. E tem mais: por causa de atraso de recursos à construtora, o cronograma da obra (também exigido pelo MP) está ameaçado de não ser cumprido. Enquanto isso, que se lasquem os moradores e comerciantes de ruas por onde passa do desvio obrigatório para acessar Jaraguá do Sul, Guaramirim, serra e o litoral.

Sem respostas- Deputado Vicente Caropreso (PSDB) cobrou do governo do Estado as obras de recuperação de rodovias estaduais. Entre elas a SC-108, de Guaramirim a Massaranduba. “Procurei, também, a Defesa Civil do Estado para saber como está a obra de recuperação do trecho em Guaramirim, que desabou na madrugada de18 de fevereiro e que ainda não está pronto. Mas não tenho respostas", disse o parlamentar tucano.

Mais dinheiro- Deputado Fabiano da Luz (PT) propõe que o Estado invista 30% da receita com o IPVA na manutenção de rodovias. Santa Catarina arrecada R$ 1,9 bilhão. Metade fica com o governo, que destina cerca de R$ 270 milhões para as rodovias (menos de 10%). Coincidência ou não, é o total de recursos prometidos pelo governo para investimentos nas rodovias em 2020. A ideia de pedágios, gerada ainda no governo de Raimundo Colombo (PSD), não está descartada.

Sem aumento- Diretor-presidente do Samae, Ademir Izidoro (PP) diz que não haverá reajuste na tarifa de esgoto em 2020, para supostos 100%. Porque a autarquia é lucrativa, afirmou, por conta de gestão eficiente do esgoto sanitário, coleta de lixo e água potável. Não por coincidência (ou é mera coincidência?) no ano de eleições para prefeito e vereador. Hoje, a tarifa de esgoto incide em 80% sobre o consumo de água. Para toda a vida, diga-se.

Reação- “Ao todo, temos o absurdo número de 1.400 cursos de Direito no país, com cerca 340 com o selo de qualidade da OAB Nacional. Assim, o Exame de Ordem representa um instrumento de proteção à sociedade e, sem ele, qualquer um estaria apto a ‘advogar’ ”. O desabafo é do presidente estadual da OAB/SC, Rafael Horn, sobre a proposta de Emenda Constitucional que desregulamenta profissões reguladas por leis federais.

Pois é- Derrotado em seu projeto pessoal de voltar ao Senado, o ex-governador Raimundo Colombo (PSD) está se tornando um “especialista” em críticas aos que foram eleitos. “As pessoas já perceberam que houve alternância de poder, que trocaram as pessoas, partidos e ideologias e as coisas não estão acontecendo como elas gostariam.” E, acrescente-se: incluído o governo dele cujo slogan era “as pessoas em primeiro lugar”. Jaraguá e região que o digam.

Sem rodeios- Em entrevista publicada no portal de Revista Veja, o governador Carlos Moisés (PSL) não poupou críticas contundentes a alguns deputados do seu partido que, segundo ele, defendem causas pessoais que ele (o governador) não aceita e, por isso, fazem oposição na Assembleia Legislativa. Citou projeto de lei do deputado Jessé Lopes (PSL) exigindo exames toxicológicos para professores. Moisés disse que poderia até apoiar se todos os deputados e demais servidores públicos fossem incluídos. A ideia foi copiada de um projeto do deputado estadual do Rio de Janeiro, Alexandre Knoploch, também do PSL.

Reação- A deputada estadual Ana Campagnolo, do PSL da ala postada ao lado do presidente Jair Bolsonaro e crítica feroz do governador, respondeu lembrando episódio ocorrido ao perguntar ao governador Moisés se ele se posicionaria em defesa do projeto de lei do deputado Bruno Souza (ex- PSB e sem partido). Que permite a educação domiciliar em Santa Catarina, onde o sistema já atende cerca de 1.500 estudantes. “Ele deu uma risada na minha cara, disse que era conversa fiada, uma baboseira. Ele desdenhou de toda a militância conservadora que luta pela educação domiciliar”, esbravejou a deputada.

Notas

Samae implanta ramal de esgoto na Rua José Narloch - O Samae iniciou ontem (18), mais uma obra para de implantação de rede de coleta com o objetivo de cumprir a meta de atingir os 90% de tratamento de esgoto sanitário no município em 2020. A implantação da rede e os ramais que ligam às residências na Rua José Narloch vai acontecer por um período de aproximadamente duas semanas – dependendo das condições climáticas –, num trecho de 800 metros entre as Ruas Afonso Benjamin Barbi e Dorval Marcatto. As intervenções devem ser no horário das 7h30 às 17h, período em que o trânsito fluirá em meia pista. Motoristas poderão utilizar desvios pelas Ruas Francisco Hruschka e Adelina Klein Ehlert. Após a conclusão das obras, a rua será repavimentada pela Prefeitura.

Prefeitura vai adquirir novo lote de estufas à agricultura familiar - A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, por meio do Fundo Municipal de Incentivo ao Desenvolvimento Rural e Agricultura, lançou edital para registro de preços para seleção de propostas à aquisição de conjuntos de abrigos para produção agrícola (estufas) ao longo de 12 meses, destinados para incentivo à agricultura familiar de Jaraguá do Sul. Os envelopes com a documentação e as propostas devem ser entregues até o dia 27 de novembro. O valor máximo do orçamento é R$ 401.950,00. O Município vai adquirir várias unidades de abrigo para produção agrícola, com tamanhos diferentes e sistema de gotejamento para os canteiros, inclusive a cobertura. É o chamado cultivo protegido. Lançado em 2017, o Projeto Cinturão Verde é dividido em etapas. Já foram entregues estufas em 2018 e 2019 de tamanhos variados. Os participantes recebem capacitação, orientação e assistência técnica quanto a questão do plantio, do cultivo e a colheita. E também a organização do grupo de produtores.

Eleitos, Machado e Demarchi vão dirigir o IFSC Centro e Rau - O professor José Roberto Machado foi eleito diretor-geral do Campus Jaraguá do Sul-Centro. O novo diretor teve 419 votos de alunos, 17 votos de técnicos-administrativos e 37 de docentes, conquistando 52,82% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou o candidato Élson Quil Cardozo, que somou 121 votos discentes, 24 votos de técnicos e 11 professores, alcançando 29,58% dos votos válidos. Servidores e estudantes participaram da votação realizada na quarta-feira, dia 13 de novembro. No IFSC Campus Rau, o candidato Delcio Luís Demarchi foi eleito o diretor-geral obtendo 57 votos de alunos, 23 votos de técnico-administrativos e 28 de docentes, conquistando 37,01% dos votos válidos. Por uma margem bastante pequena ele ficou à frente do candidato Gerson Ulbricht, que somou 39 votos discentes, 12 votos de técnicos e 26 professores, alcançando 36,90% dos votos. O resultado oficial foi divulgado na página oficial das eleições. A homologação do resultado deverá ocorrer no dia 16 de dezembro. A homologação é dada pelo Conselho Superior do IFSC. O mandato deverá iniciar em abril de 2020

Vereador defende grupo de brigadistas para escolas e creches - A necessidade de mais atenção quanto à segurança nas Escolas e Centros de Educação Infantil, no que se refere à prevenção de incêndios e outras possíveis ocorrências semelhantes, foi levantada na Câmara. Gruner mencionou a possibilidade de organização de um trabalho com medidas preventivas nas unidades educacionais. “Em caso de incêndio em uma escola, que atitudes devem ser tomadas pelos professores? Temos que criar mecanismos para que as pessoas possam ficar seguras”, ponderou, acrescentando que vai encaminhar ao Executivo uma indicação, com minuta de projeto, para criação de grupo de brigadistas para atender escolas com trabalhos de orientação e simulados de ocorrências. “A prevenção é a melhor arma”, alertou. Segundo Gruner o assunto foi debatido durante uma reunião com munícipes, em seu gabinete.

Município vai reformar escola e adquirir brinquedos às crianças - O Governo Municipal lançou edital para contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de engenharia com fornecimento de materiais e mão de obra, para reforma em uma área de 2.057,30 m² para troca de cobertura, de instalações elétricas e de cabeamento estruturado, na Escola Rodolfo Dornbusch, localizada na Rua Professor Irmão Geraldino, Bairro Vila Lalau.

As propostas devem ser entregues até o dia 29 de novembro, com abertura na mesma data. O valor máximo da contratação é de R$ 1.831.905,06. Outra licitação é para a compra de brinquedos diversos às escolas de educação básica e centros de educação infantil. As propostas serão abertas no dia 3 de dezembro. O valor de referência (orçamento) é de R$ 1.022.955,20.

Agenda

Ver todos