POLÍTICA & POLÍTICOS - POR CELSO MACHADO

Não vai- “Sou o único representante da nossa microrregião na Assembleia Legislativa, uma responsabilidade enorme”, disse o deputado Vicente Caropreso (PSDB) pondo fim às especulações de que seria uma dos pré-candidatos a prefeito agora em 2020. O parlamentar lembrou que a região precisa ter voz ativa na Assembleia Legislativa, nas secretarias estaduais do governo, junto aos hospitais. “Minha prioridade é exercer bem o meu mandato”, enfatizou o tucano.

Trajetória- Candidato a vereador em 1992, Caropreso foi o mais votado da chapa tucana mas não se elegeu. Na segunda tentativa, em 1996, foi o terceiro mais votado (1.778 mil votos) entre os 11 eleitos, assumindo a liderança do governo (prefeito Geraldo Werninghaus) na Câmara (coligação PFL/PSDB). Dois anos depois, em 1998, elegeu-se deputado federal com cerca de 48 mil votos. Candidato a prefeito em 2004, foi o terceiro colocado. Em 2014 conquistou uma das cadeiras da Assembleia Legislativa, reelegendo-se em 2018. É filiado ao PSDB desde 1991.

Quer mais?- A Câmara e o Senado pagam pensões mensais de até R$ 35 mil para filhas solteiras de ex-parlamentares e ex-servidores. Previsto em lei sancionada pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek, em março de 1958. São 194 mulheres, ou R$ 30 milhões/ano. A norma foi derrubada em 1990, mas mantido o privilégio para quem já estava na folha. A mesma aberração para filhas de militares. Podem ter maridos e filhos sem perder o benefício da pensão por morte do pai. Só não podem casar oficialmente no civil.

 

Permitido- Se o eleitor observar por aí outdoors com a foto de políticos sorridentes ilustrando qualquer coisa que possa vir em benefício dele nas urnas, em outubro, saiba que a legislação eleitoral não proíbe. São, pode-se dizer que todos, virtuais candidatos a prefeito ou vereador. Só não podem, agora, sob pena de indeferimento da candidatura, se declararem candidatos.

Foto ilustrativa

Sumiu- Protegida por Lula da Silva e Dilma Rousseff (ocupou três ministérios e, depois, foi “aspone” do governo junto a ONU, em Washington), a ex-senadora Ideli Salvatti foi relegada pelas mulheres que comandam o diretório nacional do PT. E pelos eleitores de SC. Em 2018 fez míseros 336,4 mil votos, à frente apenas de outros oito figurantes candidatos ao Senado.

Pois é- Vez por outra se vê eleições municipais extemporâneas em SC. E em pleno ano eleitoral. Laurentino, na região de Rio do Sul, com seus seis mil habitantes, é o exemplo mais recente. Vai eleger prefeito e vice em março. Isso porque Gilberto Marchi (prefeito) e Vitor Nardelli (vice), ambos do PSDB, foram cassados pelo TRE por compra de votos em 2016.

Os eleitos ficam no cargo até dezembro. Depois, os eleitos em outubro assumem em janeiro.

 

Estação Cidadania- Deputado Carlos Chiodini (MDB) faz a ponte com o ministro da Cidadania, o gaúcho Osmar Terra, tentando trazer para Jaraguá do Sul o projeto Estação Cidadania. Um complexo para prática desportiva, com quadras, campo de futebol, serviços de assistência social, lazer de idosos, creche, sala de cinema e anfiteatro para apresentações artísticas, entre outras coisas. Não é um investimento imediato. Mas Jaraguá do Sul, que nesse governo tirou, de fato e do papel, áreas públicas de lazer, já se candidatou como uma das cidades catarinenses que vão receber essa estrutura ainda no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Bolsa Família- Governo do Estado terá R$ 19,6 milhões da União nesse mês de janeiro. Para cobrir custos do Bolsa Família pago a 111.671 famílias extremamente pobres ou consideradas pobres, em valor médio de R$ 176,35. Em 2012, no governo de Raimundo Colombo, SC aderiu ao programa Brasil sem Miséria, com investimentos de R$ 328 milhões em projetos sociais. À época, eram 102,6 mil pessoas nessa condição.

Salários- Entidades que representam os bombeiros e policiais militares pressionam o governador Carlos Moisés, coronel (bombeiro) aposentado, a conceder reposição de 40% de perdas salariais nos últimos seis anos. Criticam Moisés que, na campanha, disse ser essa uma prioridade do governo. No ano passado só os policiais civis ganharam reposição salarial. Mas, em ano eleitoral dificilmente a Assembleia apreciará a proposta.

 

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.