POLÍTICA & POLÍTICOS 24.07.2019

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Transporte 1 - Do deputado Bruno Souza (sem partido) está na Assembleia Legislativa projeto de lei que abre espaços para novas empresas no transporte intermunicipal de passageiros. Um verdadeiro monopólio (como ocorre com o transporte urbano) formado por empresas privadas que, há décadas, com a conivência do extinto Deter, lotearam o Estado conforme os interesses de cada uma. Reflexo disso é que o usuário paga mais caro para viajar por Santa Catarina do que ir para Curitiba. Pelo mesmo percurso em SC, tarifas diferenciadas conforme a empresa porque nem todas, propositadamente, disponibilizam horários coincidentes para trajetos iguais com a mesma (ou quase) quilometragem.

Transporte 2 - Ou seja, não há concorrência entre as empresas. O governo do Estado já demonstrou total interesse pelo projeto através dos secretários da Casa Civil, Douglas Borba, e de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler. O projeto, por si só, é polêmico porque mexe com empresas tradicionalmente financiadoras de campanhas políticas de não poucos deputados, senadores, governadores, como o fazem, também, as empresas de transporte de passageiros no âmbito dos municípios. Espera-se que a nova safra de deputados ainda não esteja contaminada.

Segurança - São 19 projetos voltados à segurança pública tramitando na Assembleia Legislativa. E isso explica o porquê de algumas propostas “rolarem” durante anos na Casa sem se dar uma solução. É que, politicamente falando, todo mundo quer ser o “pai da criança” pra faturar na eleição seguinte, provocando triplicidade (até) de propostas com poucas diferenças em sua formulação. E, aí, mesmo que sejam boas ideias e dependendo de quem seja o autor, a coisa não anda. Infelizmente tem sido assim, sempre.

Tecnologia 5G - Em projeto de lei que será analisado pela Assembleia Legislativa o deputado Marcius Machado (PL) quer proibir testes (já em curso na Universidade Federal de Santa Catarina) e a implantação da tecnologia 5G no Estado. Com multa de até R$ 200 mil para quem instalar redes móveis de quinta geração. Na justificativa, menciona uma notícia falsa, dizendo que “morreram cerca de 500 pássaros em 2 minutos” após um teste do 5G em um parque público da cidade holandesa de Haia. Com a repercussão da proposta, o deputado vai repassá-la a um órgão (não disse qual) que possa realizar estudos e coletar provas.

Salários 1 - Somados, os gastos do governo com servidores federais, estaduais e municipais ativos bateu na casa dos R$ 927,8 bilhões no ano passado. Isso representa 13,6% de todo o Produto Interno Bruto do país e é o maior patamar da história. Entre os países do G20, o único a superar o Brasil é a África do Sul, que destina 14,2% do seu PIB aos funcionários públicos. França e Canadá se aproximam, com 12,3% e 12,2%, respectivamente.

Salários 2 - O Banco Mundial mostra que a remuneração entre os setores público e privado chega aos 67% no Brasil. Ou seja, um trabalhador na mesma função recebe um salário muito maior ao tornar-se empregado do governo, civil ou militar. O IBGE diz que isso provoca grande discrepância de salários comparado aos celetistas e assalariados: enquanto os primeiros têm um ganho em torno dos R$ 4.235, os outros recebem em média R$ 2.175 e R$ 1.390.

Saque do FGTS - O presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, devem oficializar hoje (24) a proposta do governo de liberar saques do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Até ontem não havia um limite estabelecido, mas a ideia original era autorizar saques de 35% do saldo para quem tem até R$ 5 mil. Com até R$ 10 mil no FGTS, 30%. Ainda não está definida a parcela para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 50 mil no Fundo. Acima disso o dono da conta só poderia sacar 10% do saldo total. O governo prevê liberar R$ 42 bilhões, que devem aliviar a economia do país, estados e municípios. Além disso, poderão ser sacados outros R$ 21 bilhões dos recursos do Pis/Pasep. Pelo site Caixa.gov.br é possível saber o saldo do FGTS.

Escolas - Livros para as bibliotecas, equipamentos para laboratórios e repasse de recursos de forma direta para as escolas, formação de professores, educação inovadora, transporte escolar estão entre as melhorias que o governo do Estado pretende implantar na rede estadual de ensino que hoje comporta 1.071 escolas. Com investimentos de R$ 1,2 bilhão no programa Minha Nova Escola a partir deste segundo semestre.

BR-280 - Depois de o ministro da Infraestrurura, Tarcísio Freitas, dizer durante visita a SC no mês passado que a BR-470 é prioridade do governo, políticos da bancada federal tem se abalado para regiões do Vale do Itajaí discursando sobre apoio incondicional à obra. O senador Esperidião Amin (PP) e a mulher e deputada federal Ângela Amin (PP) fizeram isso na semana passada em Rio do Sul. E a BR-280? Parece que ignoram. E não só eles.

Abandono - Veículos parados há mais de uma mês em uma mesma rua e em mau estado de conservação, por exemplo, passam a ser considerados como abandonados. É o que diz lei sancionada pelo prefeito Antídio Lunelli (MDB), determinando sua remoção para o pátio da Prefeitura, em Nereu Ramos. Há, hoje, pelo menos 20 casos assim nas ruas da cidade. Após 60 dias sem ser reclamado, vai para leilão público.

Notas

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Colaboradores da Lunelli aderem ao aplicativo Waze-A sustentabilidade é recorrente em todos os setores que envolvem a cadeia produtiva, e também a gestão do Grupo Lunelli, empresa que acaba de se tornar uma parceira do Waze Carpool, o aplicativo de caronas do Waze. A partir de agora, os colaboradores das duas unidades de Guaramirim podem utilizar o aplicativo Waze Carpool, solicitando ou oferecendo carona para os colegas de trabalho, por meio de grupos formados exclusivamente por usuários que sejam trabalhadores da empresa. A iniciativa é uma forma de transformar o trânsito de forma inteligente e sustentável, aproximando colegas de trabalho e gerando economia para motorista e passageiro. Com a novidade, a empresa já acumulou mais de 3,5 mil quilômetros em viagens até o trabalho, deixando de emitir 13,132Kg de CO2 (dióxido de carbono), substância que gera poluição no ar.

Marja Rebelatto assumirá Colegiado de Educação em 2020 - O Colegiado de Educação da Amvali, coordenador pelo secretário Cristiano Rodolfo Tironi realizou no dia 10 de dezembro o último encontro do ano, na Escola Ministro Pedro Aleixo, em Massaranduba. O grupo avaliou as principais ações realizadas no ano e os planos para 2020. Também foi realizado a escolha da nova gestão do Colegiado, onde a secretária de Educação de Guaramirim, Marja Prüsse Rebelato, assumirá como coordenadora, a secretária de Educação e Cultura de Corupá Rosane Martini Berti como vice coordenadora. O secretário de Educação de Schroeder, Eberton Vargas Trentin, será o secretário do Colegiado.

Agenda

Ver todos