POLÍTICA & POLÍTICOS 19.07.2019

Há pelo menos 20 anos os “caramujos africanos”, como são conhecidos popularmente (na verdade, uma espécie de molusco) infestam a região do Vale do Itapocu. Não por nada, são considerados como uma praga, capazes de cinco fecundações anuais com posturas que vão de 50 a 500 ovos por vez. Com raros predadores naturais, transmitem doenças para pessoas, animais e pássaros. Foi introduzido no Brasil em 1983, como alternativa econômica ao consumo do escargot (caracol comestível muito apreciado na França) em uma feira agropecuária no Paraná. Sem informações seguras sobre riscos à saúde humana, criadores abandonaram os cultivos, soltando os moluscos nas matas e que se espalharam pelo país inteiro. Esta semana o vereador Eugênio Jurazesk (PP) fez novo alerta sobre a ocorrência extraordinária destes moluscos, agora no Bairro Jaraguá 84. Como as autoridades sanitárias locais e regionais nunca demonstraram interesse em combater a praga coletivamente, com um projeto global eficiente de exterminação, é cada um por si, do jeito que der.

Lá e cá 1 - Ao contrário do que se está propondo na Câmara de Jaraguá do Sul- vereador, para assumir uma secretaria municipal, terá de renunciar ao mandato - na Câmara de Joinville já há parecer favorável à licença, sem renúncia, para vereador que assumir mandato eletivo na Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados ou Senado na condição de suplente. A Lei Orgânica do Município em vigor exige a renúncia. Mas permite licença para que vereadores ocupem funções de secretário municipal e estadual ou ministro.

Lá e cá 2 - Pelo menos 30% das vagas de estacionamento em repartições públicas municipais devem ser destinadas para uso de pessoas que buscam serviços e informações. É o que diz projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores de Blumenau. Além, é claro, de a reserva de vagas para pessoas portadoras de deficiência e idosas nos percentuais já definidos em lei. Na Prefeitura de Jaraguá, o desafio para os mortais comuns é achar uma vaga depois das 8 da manhã.

Acesso livre - Motivo até de bate-bocas em plenário, tramita na Assembleia Legislativa projeto do deputado Ivan Naatz (PV) proibindo cobrança de taxas no acesso a locais públicos, como praias, por exemplo. Vai de encontro à lei municipal vigente em Bombinhas, aprovada pela Câmara de Vereadores quando a atual deputada Ana Paula da Silva (PDT)era prefeita. O mesmo projeto, porém, permite cobrança de pedágio em rodovias estaduais.

Quando? 1 - Prefeito Antídio Lunelli (MDB) esteve quarta-feira (17) à noite em Joinville, a convite do prefeito Udo Döehler (MDB), que é membro do Conselho Político da Prefeitura de Jaraguá do Sul. Foi ver a abertura do 37º Festival de Dança, onde também esteve o governador Carlos Moisés (PSL). Que, acuado pela falta de propostas de obras e serviços para o Vale do Itapocu, ainda não agendou data para visitar a única região economicamente importante do Estado onde ainda não esteve depois de eleito.

Quando? 2 - A inconcebível demora na recuperação da SC-108,no Morro Guaramirim (Vila Freitas) é a marca, por enquanto, do governo Moisés por aqui. Embora o secretário da Casa Civil, o jaraguaense Douglas Borba, já tenha estado na região umas três vezes, só o fez para pôr panos quentes sobre o problema da rodovia, interditada desde 18 de fevereiro. E, com certeza, não o veremos mais por aqui – e muito menos o governador- antes que se comece o conserto. Em tempo: há uma promessa de se abrir licitação na segunda-feira, dia 22.

Asfalto - De uma coisa os eleitores que votaram nos 11 que compõem a Câmara de Jaraguá do Sul não podem reclamar: todos, sem exceção, demonstram inusitado interesse se comparado a outras legislaturas, em cobrar da Prefeitura obras de pavimentação. Coincidência ou não, sempre depois de assinaturas de ordem de serviço assinadas pelo prefeito Antídio Lunelli (MDB). Na sessão de terça-feira (16), pelo menos quatro discursaram sobre o assunto.

Constitucional - “É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”, diz o inciso nono do artigo 5º da Constituição brasileira vigente. E, claro, que cada um responda pelo que disser ou escrever. Mas o senador Dario Berger (MDB) pretende reforçar esse direito no ambiente escolar, em projeto de lei que tramita no Senado. Incluindo professores, alunos e funcionários.

Apoio - Assembleia Legislativa engrossa a lista de apoio às eleições gerais já em 2022- de Presidente da República a vereador, com mandatos de cinco anos para todos. Oficialmente, a postura da AL catarinense será comunicada à Câmara dos Deputados, que analisa Proposta de Emenda Constitucional neste sentido apresentada pelo também deputado federal por Santa Catarina, Rogério Peninha Mendonça (MDB).

Conversas - Deputado Fábio Schiochet (PSL) e o vereador Anderson Kassner (PP) tem sido vistos juntos amiúde. E já há quem diga que não se trata apenas de preocupação com problemas da comunidade escolar, como mostra a foto feita na escola Albino Tribess, no Bairro Vieiras, que o deputado prometeu ajudar. Na alta cúpula do PP já é tida como certa a desfiliação do prefeito de Tubarão e presidente da Federação Catarinense dos Municípios, Joares Ponticelli. Com indícios de que o próximo destino será o PSL. Em 2016, o PP esteve alinhado na coligação do prefeito Antídio Lunelli (MDB) junto com PTB, DEM, PRB e PCdoB. No governo de Antídio, destaques para o PP na presidência do Samae (Ademir Izidoro) e o vice-prefeito (Udo Wagner).

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.