POLÍTICA & POLÍTICOS 09.07.2019

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Moisés em alta - Pesquisa do Instituto Mapa aponta que o governo de Carlos Moisés da Silva (PSL) tem 66% de aprovação dos catarinenses. São 18% que desaprovam e 16% que não responderam. Na comparação com pesquisa anterior, realizada em abril, a aprovação de Moisés subiu 11 pontos percentuais. Sobre a expectativa, os dados mostram que 68% dos catarinenses esperam uma melhora do governo nos próximos meses. Também há aqueles que apostam que a gestão vai continuar igual (20%), que vai piorar (7%), e os que não responderam (5%). Quase metade dos entrevistados (47%) avalia o governo como ótimo ou bom. São 37% que avaliam como regular, e 8% que analisam como ruim ou péssimo. Além de 8% que não responderam.

Sem problemas - Moradores dos bairros João Pessoa, Vieira e vizinhança não têm o que temer sobra a estrutura das barragens que compõem a Usina Bracinho, em Schroeder. A garantia é da Defesa Civil estadual e da Celesc, repetindo aos vereadores o que já tinham afirmado há pouco tempo quando falsos rumores sobre as condições da usina causaram apreensão. Particularmente depois da tragédia de Brumadinho. Todo ano ocorrem inspeções de segurança. A próxima será em agosto.

Maruim - Passados 15 anos das primeiras iniciativas para se chegar a um produto que pudesse amenizar a praga do maruim, finalmente se chegou a uma fórmula que pode se mostrar eficaz. Os primeiros testes no Garibaldi (Ribeirão Cacilda) dirão se as pesquisas, em parceria com a Fundação 25 de Julho (Joinville), órgãos ambientais, Associação dos Municípios do Vale do Itapocu e prefeituras da região, que bancaram os custos, estão corretas.

Fechado - Por R$ 5,8 milhões o Samae vai comprar imóvel de 38,8 mil metros quadrados localizado na Rua Erwino Menegotti, para ampliar as instalações físicas da autarquia. O mesmo imóvel, avaliado pela Justiça em R$ 11,6 milhões, foi objeto de leilão, porém, não houve interessados. Em segunda avaliação o preço estipulado judicialmente abriu a possibilidade de compra.

Sem cortes - Se o projeto de lei vingar, cortes de energia elétrica, água e gás nos feriados, finais de semana e ponto facultativo em residências por motivo de inadimplência do consumidor serão proibidos em SC. É o que proposição do deputado Jerry Comper (MDB). Sustenta que medicamentos e alimentação podem ser perdidos sem energia elétrica, por exemplo. E que crianças e idosos são os mais prejudicados na falta de um destes serviços.

Na SC-108 - Marcado para 17 de julho, empresários instalados ás margens da SC-108, vão ouvir de técnicos da Defesa Civil Estadual explicações sobre os procedimentos que serão tomados com as obras de recuperação do trecho que deslizou na madrugada de 18 de fevereiro. A licitação, do tipo emergencial, será lançada dia 22 e, já no dia 30, a empresa vencedora será conhecida. E é provável que só depois o governador virá a Jaraguá do Sul como já foi anunciado, mas sem data definida.

Conselheiros - Cerca de 1.500 conselheiros tutelares serão eleitos no próximo dia 6 de outubro nos 295 municípios de SC. Em média, cinco por município. A votação ocorre com apoio operacional do Tribunal Regional Eleitoral. Que fornecerá cadernos de votação para impressão, suporte operacional e logístico e treinamento de técnicos. Além disso, 120 cidades irão usar a urna eletrônica na eleição. Qualquer eleitor em dia com a Justiça Eleitoral pode votar.

Diretores - Deputado Sargento Lima (PSL) é autor de projeto de lei polêmico, mas, segundo ele, com viés de moralização. O parlamentar propõe que atuais diretores de escolas da rede estadual de ensino cujas contas não foram aprovadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, o que provocaram prejuízos para a unidade escolar que comandam, sejam impedidos de participar do processo de escolha dos novos dirigentes. De fato e não raro, por trás de certos candidatos há interesses políticos claros em detrimento da competência, que muitas vezes a comunidade escolar não enxerga. Ou, até, sabe e apoia.

Previdência - Governadores do Nordeste são radicalmente contra a inclusão de estados e municípios na Reforma da Previdência. E a razão é clara qual água transparente: servidores estaduais e municipais terão de contribuir com um pouco mais para sustentar os que já estão aposentados e garantir suas próprias aposentadorias. Politicamente, isso não interessa. Assim, preferem deixar a bomba explodir que perder votos.

Herói - Por força de projeto da deputada Maria Helena (PSB-RR), o ex-senador baiano Nelson de Souza Carneiro (1910-1986) é, a partir desta sexta-feira (5), passa a ser considerado um herói da Pátria. Foi publicada no Diário Oficial da União a Lei 13.852, que determinou a inscrição, e terá seu nome inscritos no Livro dos Heróis e Heroínas da Pátria. O motivo? Carneiro é autor da Lei do Divórcio, em 1977.