POLÍTICA & POLÍTICOS 05.07.2019

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Reação 1 - O voto contrário de dois vereadores da base parlamentar do prefeito Antidio Lunelli (MDB) ao projeto do Executivo pondo fim ao ponto facultativo entre os dias 24 de dezembro e 1º de janeiro, já teve resposta. Até ontem (4), pelo menos oito servidores indicados por eles para cargos comissionados já haviam sido demitidos sumariamente.

Reação 2 - E, pelo andar da carruagem, segundo observadores do Paço, a lista é grande. A folga foi incluída no Regime Jurídico Único dos servidores municipais efetivos em novembro de 2014. Gestão do ex-prefeito Dieter Janssen (PP). Na época, presidia a Câmara a vereadora Natália Lúcia Petry (MDB), atual secretária de Cultura, Esporte e Lazer. E que votou a favor.

Piorando - Disse o general Antônio dos Santos Leite Filho, diretor geral do DNIT, aos deputados federais catarinenses: em 2020, daqui a seis meses, só 11% das 14 rodovias federais que cortam o Estado (entre elas a BR-280) estarão em boas condições de uso. O resto, uma buraqueira só, com sinalização precária, trânsito intenso e, consequência disso, acidentes e mortes. Vão consertar? Não. Mas ao menos o ministro foi sincero.

No pedal - Está em processo de ressureição a proposta de se construir uma malha cicloviária de 500 quilômetros, ligando Jaraguá do Sul a municípios vizinhos e que, obrigatoriamente, terão de ser parceiros do projeto incluído no Plano Municipal de Turismo de JS. Desejo antigo de centenas de pessoas que usam a bicicleta como meio comum de locomoção, ou lazer. Algo parecido foi suscitado há cerca de seis anos. Mas ficou no papel.

Caótico - Vereador Jaime Negherbon (MDB) pede mudanças no entroncamento das Ruas Manoel Francisco da Costa e Olga Rohweder da Costa, com construção de uma rotatória e onde o trânsito é infernal quase que o dia inteiro. Aliás, a readequação do projeto do viaduto da Avenida Waldemar Grubba se deu exatamente pela necessidade futura de alargamento do principal acesso a Schroeder. Mas, nessa direção ainda não se deu um passo sequer.

 

Linguado 2 - Em 1935 foi concluído o aterro que interrompeu a ligação do Canal do Linguado com o mar, retirando de São Francisco do Sul a denominação de ilha. Na região, grandes áreas de mangues que “secaram” foram loteadas e ocupadas com construções. Não poucos governadores eleitos em passado recente prometeram reabrir o canal, o que nunca aconteceu. O aterro interrompeu o fluxo da maré de um dos lados do canal, interferindo diretamente na reprodução de 70 espécies marinhas. Além de contínuo assoreamento.

Linguado 3 - Por isso, um grande público de toda a região é esperado no auditório da Associação Empresarial de Joinville na segunda-feira (8) para ouvir explanações do Ministério Público Federal sobre ações envolvendo o Canal do Linguado, cortado pela BR-280 que liga Joinville, Araquari, Barra do Sul e São Francisco do Sul. Por conta dos impactos ambientais em 80 anos, o MPF moveu ação na Justiça pedindo a reabertura do canal. O impasse sobre o que fazer ali fez com que a duplicação da 280 no trecho não incluísse a construção de uma ponte.

 

Notas

Abrigo Institucional Gillian Hermann passa por ampliação e reforma - A ampliação e reforma do Abrigo Institucional Gillian Edith Mary Hermann, no Baependi, iniciaram na semana passada e devem ser concluídas em um prazo de até 150 dias. De acordo com a secretária de Assistência Social e Habitação, Maria Santin Camello, a ampliação de 72,88 m² envolve a construção de mais duas salas, que serão destinadas a atendimentos da equipe técnica. Já a reforma contemplará pintura externa do prédio e reparos em geral. O investimento total é de R$ 184.864,60, com recursos próprios. Contando com uma área total de 476 m², da qual 330,23 m² de área construída em dois pisos, o abrigo dispõe de cinco quartos, seis banheiros, cozinha, salas de TV e de jantar, mais ambiente para estudo, além de três salas para a equipe técnica. Com a ampliação, a área construída aumentará para 403,11 m². A capacidade é para atendimento a 15 adolescentes e atualmente 12 vivem no local.

Construção de um novo abrigo infantil está nos planos para 2020 - A Secretaria de Assistência Social e Habitação prevê para 2020, além da reforma do Abrigo Institucional Gillian Hermann, as obras de melhorias no CRAS Jaraguá 84 entre março e abril. O valor máximo previsto é de R$ 240 mil, sendo este recurso obtido junto ao Governo do Estado. A construção de um novo abrigo infantil é outra melhoria esperada para este ano pela secretária Nina Camello. Para isso, um convênio com o Ministério da Cidadania no valor de R$ 1 milhão já está assinado por meio da Caixa Econômica Federal. O recurso foi intermediado pelo deputado Carlos Chiodini junto ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, quando visitou Jaraguá do Sul no ano passado. A nova estrutura substituirá o atual imóvel alugado no centro da cidade, que tem capacidade para atender 20 crianças.

RFCC inicia as atividades do ano - A Rede Feminina de Combate ao Câncer retomou ontem (27) as atividades, já com agendamento dos preventivos de colo do útero e de toque de mama para mulheres residentes em Jaraguá do Sul. Os exames podem ser agendados pelo telefone 3275-0268, ou diretamente na sede da entidade, na Procópio Gomes de Oliveira 801. É necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência. A RFCC atende de segunda a sexta-feira,d as 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Agenda

Ver todos