POLÍTICA & POLÍTICOS 04.07.2019

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

Permanece a folga - Depois de aprovar em primeira votação o fim do ponto facultativo (remunerado) entre 24 de dezembro e 1º de janeiro na Prefeitura de Jaraguá do Sul, em segunda votação, na terça-feira (2) o projeto do prefeito Antidio Lunelli (MDB) foi rejeitado. Em manobra estratégica, Arlindo Rincos (PSD), que antes havia votado contra, se absteve. Com isso, não foi preciso o “voto de minerva” do presidente Marcelindo Gruner (PTB), que havia desempatado a primeira votação “a favor”. E nem se alcançou o placar exigido de seis votos para aprovar em definitivo. E mudar um “direito” dos servidores (artigo 262 do regime jurídico único da categoria), sancionado pelo ex-prefeito Dieter Janssen (PP) em 2014 por lei aprovada na Câmara.

Coligações 1 - Com o fim das coligações partidárias nas eleições para cargos legislativos, o que inclui vereadores, cada uma das 11 cadeiras da Câmara de Jaraguá do Sul exigirá entre sete e oito mil votos de legenda. Causando palpitações cardíacas em não poucos que, até 2016, foram reeleitos a sucessivos mandatos com votações ridículas quando comparado aos 96,6 mil eleitores que foram às urnas naquele ano. Com 17,6 mil abstenções.

Coligações 2 - Só quatro dos 11 que chegaram lá, com dois reeleitos, ultrapassaram a barreira dos dois mil votos. E, bom dizer, todos (os quatro) atrelados à coligação do prefeito Antidio Lunelli (MDB). A nova modalidade deve marcar a morte inexorável de legendas criadas apenas como moeda de troca. Por exemplo, o tempo concedido pela Justiça Eleitoral em programas eleitorais do rádio e da TV depois negociado com cargos no governo.

Coligações 3 - Mas é, também, uma ameaça palpável para legendas tradicionais como o PSDB. Os dois eleitos pelo partido em 2016 somaram, juntos, 3.071 mil votos. O terceiro mais votado foi o ex-prefeito Irineu Pasold, suplente, com 1.031.Todos os demais 14 candidatos tucanos não chegaram a 900 votos cada um. Porém, o fim das coligações proporcionais ainda não representa a depuração que se pretende nos legislativos.

Agora é oficial - Lei aprovada em 2015 no Senado e em maio deste ano na Câmara dos Deputados, denomina de Luiz Henrique da Silveira o trecho da rodovia BR-280 entre São Francisco do Sul e Jaraguá do Sul. A proposta apresentada há quatro anos é do senador Dario Berger (MDB). Segundo o senador, a homenagem é justa porque LHS “deixou uma trajetória política de enorme relevância para o país e para Santa Catarina”. A BR-101, em toda a sua extensão de 4.537 quilômetros, atravessando 13 estados, foi batizada de Governador Mário Covas, em 2011, em lei sancionada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Porque FHC e Covas foram as duas grandes estrelas na fundação do PSDB nacional. E só por isso. No caso de SC, Dario Berger ingressou no MDB em 2007 pelas mãos de LHS, a contragosto de muitos emedebistas. Até então já havia passado por quatro outros partidos: PDS, PL, PFL e PSDB. Em 2014 foi candidato único do MDB ao Senado e onde LHS já estava desde 2010.

No PSD - Com uma comissão provisória presidida pelo deputado estadual Milton Hobus até 2020 e com 59 prefeitos eleitos em 2016, o PSD parte para uma jornada estadual de revitalização do partido, tal e qual o anunciado pelo MDB. Agora em julho o PSD abre uma primeira romaria de visitas a prefeitos e lideranças de vários dos principais colégios eleitorais e em regiões onde a densidade do partido ainda é latente.

Vai esperando - O general Antônio Leite dos Santos Filho, diretor geral do DNIT, recebeu em Brasília na terça-feira (2) a bancada de parlamentares catarinenses coordenada pelo deputado Rogério Peninha Mendonça. Foram cobrar agilidade em obras rodoviárias no Estado. Santos Filho garantiu que os R$ 98 milhões previstos para a BR-470 neste ano foram empenhados. A rodovia está entre as prioridades do DNIT. E a BR-280? Nem um pio. Aqui do Vale temos dois deputados federais e outros três em Joinville.

Mudando - O PSB nacional, antigo aliado dos governos do PT, incluindo aí o ex-prefeito de São José, Djalma Berger, irmão do senador Dario Berger (MDB), é contra a Reforma da Previdência, orientando seus deputados neste sentido. Rodrigo Coelho, eleito por Joinville e em rota de colisão com dirigentes do partido, que faz oposição ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), votará a favor. Será expulso, o que permite filiação em outra sigla sem risco de perder o mandato.

Notas

Abrigo Institucional Gillian Hermann passa por ampliação e reforma - A ampliação e reforma do Abrigo Institucional Gillian Edith Mary Hermann, no Baependi, iniciaram na semana passada e devem ser concluídas em um prazo de até 150 dias. De acordo com a secretária de Assistência Social e Habitação, Maria Santin Camello, a ampliação de 72,88 m² envolve a construção de mais duas salas, que serão destinadas a atendimentos da equipe técnica. Já a reforma contemplará pintura externa do prédio e reparos em geral. O investimento total é de R$ 184.864,60, com recursos próprios. Contando com uma área total de 476 m², da qual 330,23 m² de área construída em dois pisos, o abrigo dispõe de cinco quartos, seis banheiros, cozinha, salas de TV e de jantar, mais ambiente para estudo, além de três salas para a equipe técnica. Com a ampliação, a área construída aumentará para 403,11 m². A capacidade é para atendimento a 15 adolescentes e atualmente 12 vivem no local.

Construção de um novo abrigo infantil está nos planos para 2020 - A Secretaria de Assistência Social e Habitação prevê para 2020, além da reforma do Abrigo Institucional Gillian Hermann, as obras de melhorias no CRAS Jaraguá 84 entre março e abril. O valor máximo previsto é de R$ 240 mil, sendo este recurso obtido junto ao Governo do Estado. A construção de um novo abrigo infantil é outra melhoria esperada para este ano pela secretária Nina Camello. Para isso, um convênio com o Ministério da Cidadania no valor de R$ 1 milhão já está assinado por meio da Caixa Econômica Federal. O recurso foi intermediado pelo deputado Carlos Chiodini junto ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, quando visitou Jaraguá do Sul no ano passado. A nova estrutura substituirá o atual imóvel alugado no centro da cidade, que tem capacidade para atender 20 crianças.

RFCC inicia as atividades do ano - A Rede Feminina de Combate ao Câncer retomou ontem (27) as atividades, já com agendamento dos preventivos de colo do útero e de toque de mama para mulheres residentes em Jaraguá do Sul. Os exames podem ser agendados pelo telefone 3275-0268, ou diretamente na sede da entidade, na Procópio Gomes de Oliveira 801. É necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência. A RFCC atende de segunda a sexta-feira,d as 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Agenda

Ver todos