POLÍTICA & POLÍTICOS

Celso Machado

Nascido em Blumenau, 68 anos, 53 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul).

Ver artigos

SC-418 - A famosa Serra Dona Francisca, na SC-418, já registrou 125 acidentes só no primeiro semestre deste ano e apenas no trecho entre Joinville e São Bento do Sul. Por ali passam cerca de oito mil veículos/dia. Curvas sinuosas, placas de sinalização cobertas pelo mato, asfalto depredado por caminhões pesados, sem iluminação e sem sinal para celular são alguns dos problemas da rodovia. E, pasmem, segundo o secretário estadual de Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler, mesmo assim não se trata de uma prioridade do governo.

Na 108- A SC-108, de Guaramirim a Massaranduba e com 15 mil veículos/dia, pelo que se vê também não é prioridade, pois já se passaram dez meses do atual governo sem que uma pá de asfalto tenha sido colocada ao menos no maior dos buracos do trecho. O diagnóstico é semelhante ao da serra na região de Pirabeiraba (Joinville) até São Bento do Sul. Politicamente, foi esta inércia inaceitável na manutenção de rodovias que ajudou, também, na derrota eleitoral de Raimundo Colombo (PSD) em 2018, depois de uma consagrada reeleição para governador. E, a continuar assim, já dizem por aqui que o que é de Carlos Moisés (PSL) está guardado.

Na marra- Mesmo que governadores e prefeitos não o queiram, por motivos obviamente políticos já que mexe com a categoria de servidores públicos sempre privilegiados se comparados aos trabalhadores da iniciativa privada, o Palácio do Planalto vai forçar a adesão à Reforma da Previdência. Usando a Lei de Responsabilidade Previdenciária para cobrar o equacionamento do déficit. Em 2018, o rombo de SC na Previdência estadual bateu na casa dos R$ 3,8 bilhões.

Mobilizados- O crescimento da receita do Estado em 17,99% nos seis primeiros meses do ano, segundo o Conselho Fazendário, atiçou de imediato sindicatos de várias categorias de servidores públicos que já se mobilizam em torno de aumentos salariais. A receita, nem de longe, tira o governo do buraco em que está metido há muito tempo. Mas isso é o que menos interessa. Neste aspecto, a tranquilidade do governo Moisés pode estar com os dias contados.

Podemos- Senador Álvaro Dias (Podemos/PR), ex-candidato a presidente da República, esteve circulando pela Oktoberfest, em Blumenau. Acompanhado do ex-deputado federal Paulo Bornhausen (ex-PSB) e do deputado Laércio Schuster, eleito pelo PSB em 2018. Todos recebidos pelo prefeito Mário Hildebrand, que também já foi filiado ao ex-partido de Bornhausen, mas que apoiou Jair Bolsonaro (PSL). Trocam de partidos como quem troca as cuecas.

Literatura em braile - Não há um prazo determinado, mas a Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul terá uma rica biblioteca aberta ao público, com parte dela formada por livros em braile, quase tudo desconhecido do público porque não há interesse comercial de editoras para publicação. A expectativa é do vereador Marcelindo Grunner (PTB), presidente do Legislativo e que esteve em Brasília na semana passada com outros colegas do Legislativo, quando conheceu acervo na gráfica do Senado que qualificou como “de primeiro mundo”.

Reação- Sobre críticas em redes sociais de gastos com a viagem, Grunner reagiu dizendo que se trata de trabalho para a comunidade e que, se ficasse em casa dormindo, da mesma forma receberia salário de R$ 8.500,00 (R$ 11 mil sem descontos). Quem preside a Câmara ganha mais 50% a título de representação da Casa. “Quem trabalha, gasta”, reagiu Grunner, afirmando que, como vereador, também é um servidor público. A despesa total ficou em torno de R$ 22 mil, com quatro vereadores e uma assessora (do vereador Jackson Ávila/MDB). Em média, R$ 4.500 por pessoa.

Diferente- As eleições municipais de 2020 terão uma condicionante inédita: partidos coligados na disputa majoritária para prefeito, porém correndo sozinhos na luta por vagas nas câmaras de vereadores, já que estão proibidas as coligações proporcionais. Finalmente e para todo o sempre (espera-se) acabou aquela excrescência de um candidato menos votado se eleger no lugar de outro mais votado que ele. Jaraguá do Sul coleciona exemplos ao longo dos anos.

Notas

Samae implanta ramal de esgoto na Rua José Narloch - O Samae iniciou ontem (18), mais uma obra para de implantação de rede de coleta com o objetivo de cumprir a meta de atingir os 90% de tratamento de esgoto sanitário no município em 2020. A implantação da rede e os ramais que ligam às residências na Rua José Narloch vai acontecer por um período de aproximadamente duas semanas – dependendo das condições climáticas –, num trecho de 800 metros entre as Ruas Afonso Benjamin Barbi e Dorval Marcatto. As intervenções devem ser no horário das 7h30 às 17h, período em que o trânsito fluirá em meia pista. Motoristas poderão utilizar desvios pelas Ruas Francisco Hruschka e Adelina Klein Ehlert. Após a conclusão das obras, a rua será repavimentada pela Prefeitura.

Prefeitura vai adquirir novo lote de estufas à agricultura familiar - A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, por meio do Fundo Municipal de Incentivo ao Desenvolvimento Rural e Agricultura, lançou edital para registro de preços para seleção de propostas à aquisição de conjuntos de abrigos para produção agrícola (estufas) ao longo de 12 meses, destinados para incentivo à agricultura familiar de Jaraguá do Sul. Os envelopes com a documentação e as propostas devem ser entregues até o dia 27 de novembro. O valor máximo do orçamento é R$ 401.950,00. O Município vai adquirir várias unidades de abrigo para produção agrícola, com tamanhos diferentes e sistema de gotejamento para os canteiros, inclusive a cobertura. É o chamado cultivo protegido. Lançado em 2017, o Projeto Cinturão Verde é dividido em etapas. Já foram entregues estufas em 2018 e 2019 de tamanhos variados. Os participantes recebem capacitação, orientação e assistência técnica quanto a questão do plantio, do cultivo e a colheita. E também a organização do grupo de produtores.

Eleitos, Machado e Demarchi vão dirigir o IFSC Centro e Rau - O professor José Roberto Machado foi eleito diretor-geral do Campus Jaraguá do Sul-Centro. O novo diretor teve 419 votos de alunos, 17 votos de técnicos-administrativos e 37 de docentes, conquistando 52,82% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou o candidato Élson Quil Cardozo, que somou 121 votos discentes, 24 votos de técnicos e 11 professores, alcançando 29,58% dos votos válidos. Servidores e estudantes participaram da votação realizada na quarta-feira, dia 13 de novembro. No IFSC Campus Rau, o candidato Delcio Luís Demarchi foi eleito o diretor-geral obtendo 57 votos de alunos, 23 votos de técnico-administrativos e 28 de docentes, conquistando 37,01% dos votos válidos. Por uma margem bastante pequena ele ficou à frente do candidato Gerson Ulbricht, que somou 39 votos discentes, 12 votos de técnicos e 26 professores, alcançando 36,90% dos votos. O resultado oficial foi divulgado na página oficial das eleições. A homologação do resultado deverá ocorrer no dia 16 de dezembro. A homologação é dada pelo Conselho Superior do IFSC. O mandato deverá iniciar em abril de 2020

Vereador defende grupo de brigadistas para escolas e creches - A necessidade de mais atenção quanto à segurança nas Escolas e Centros de Educação Infantil, no que se refere à prevenção de incêndios e outras possíveis ocorrências semelhantes, foi levantada na Câmara. Gruner mencionou a possibilidade de organização de um trabalho com medidas preventivas nas unidades educacionais. “Em caso de incêndio em uma escola, que atitudes devem ser tomadas pelos professores? Temos que criar mecanismos para que as pessoas possam ficar seguras”, ponderou, acrescentando que vai encaminhar ao Executivo uma indicação, com minuta de projeto, para criação de grupo de brigadistas para atender escolas com trabalhos de orientação e simulados de ocorrências. “A prevenção é a melhor arma”, alertou. Segundo Gruner o assunto foi debatido durante uma reunião com munícipes, em seu gabinete.

Município vai reformar escola e adquirir brinquedos às crianças - O Governo Municipal lançou edital para contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de engenharia com fornecimento de materiais e mão de obra, para reforma em uma área de 2.057,30 m² para troca de cobertura, de instalações elétricas e de cabeamento estruturado, na Escola Rodolfo Dornbusch, localizada na Rua Professor Irmão Geraldino, Bairro Vila Lalau.

As propostas devem ser entregues até o dia 29 de novembro, com abertura na mesma data. O valor máximo da contratação é de R$ 1.831.905,06. Outra licitação é para a compra de brinquedos diversos às escolas de educação básica e centros de educação infantil. As propostas serão abertas no dia 3 de dezembro. O valor de referência (orçamento) é de R$ 1.022.955,20.

Agenda

Ver todos