No Mundo da Lua 13.06.2019

Sônia Pillon

Sônia Pillon é Presidente de Honra da ALBSC Jaraguá do Sul. Nasceu em Porto Alegre (RS), com formação em Jornalismo pela PUC-RS e pós-graduação em Produção de Texto e Gramática pela Univille (SC). Radicada em Santa Catarina, desde 1996 vive em Jaraguá do Sul. Iniciou a carreira jornalística na produção do SBT, em Porto Alegre, em 1990. Por uma década atuou como repórter na sucursal Jaraguá do Sul do jornal A Notícia. Paralelamente se dedica à literatura e às atividades culturais.

Ver artigos

A colecionadora de sapos

É comum as pessoas se tornarem colecionadores em algum momento da vida. Geralmente essa mania surge ainda na infância. Quem não lembra as coleções de figurinhas da copa do mundo, quando acontece um frenesi em busca deste ou daquele ídolo de futebol? Os pais se desdobram em atender aos pedidos dos filhos e até voltam a serem crianças nessa hora.

Existem as coleções de carrinhos, de chaveiros, de super-heróis, de Lego, dinossauros de plástico, bonecas, bichos de pelúcia... A imaginação não tem limites para os colecionadores mirins e infanto-juvenis.

O tempo vai passando, os aniversários se sucedendo e é comum deixar de lado antigas coleções. Doam, vendem, trocam, ou simplesmente jogam fora o que lá no passado teve grande importância. Os interesses de ontem já não são os mesmos de hoje, e possivelmente também não serão os mesmos, amanhã. Nem todos são nostálgicos.

Quando adultos, existem colecionadores que ganham status de excêntricos: acumulam por compulsão, ou mera ostentação. Roupas, sapatos, joias, moedas, selos, suvenires, obras de arte, artigos de celebridades, automóveis, bicicletas... Quanto mais raros os itens conquistados, melhor é a satisfação de quem coleciona. Há também os que colecionam animais, como cavalos, pássaros, cães, gatos, coelhos, hamsters, e as mais exóticas espécies. Sem esquecer aqueles “colecionadores” de casamentos, namorados, paixões...

Pois tenho uma amiga que coleciona sapos. Isso mesmo, sapos! Aqueles anfíbios de pele rugosa, que coaxam, costumam dar pulos curtos que assustam alguns e causam pânico em outros? Foi exatamente isso que fiquei imaginando. Visualizei uma lagoa, no fundo de uma propriedade, lotada de sapos coaxando. E me perguntei como seria para dormir à noite, com uma coleção tão inusitada...

Mas, pasmem! Quando questionei a minha amiga se conseguia dormir com os coaxos noturnos, ela soltou uma sonora gargalhada.

- Ah, não! Não é desse tipo de sapo de que estou falando, mas dos “príncipes” que encontrei até hoje e se transformaram em sapos!, disse ela, com senso de humor.

Tive de concordar. Os príncipes encantados das fábulas, eternizados nos livros infantis e nas telas do cinema por Walt Disney, não são reais, mesmo pertencendo “à realeza”.

Notas

Samae implanta ramal de esgoto na Rua José Narloch - O Samae iniciou ontem (18), mais uma obra para de implantação de rede de coleta com o objetivo de cumprir a meta de atingir os 90% de tratamento de esgoto sanitário no município em 2020. A implantação da rede e os ramais que ligam às residências na Rua José Narloch vai acontecer por um período de aproximadamente duas semanas – dependendo das condições climáticas –, num trecho de 800 metros entre as Ruas Afonso Benjamin Barbi e Dorval Marcatto. As intervenções devem ser no horário das 7h30 às 17h, período em que o trânsito fluirá em meia pista. Motoristas poderão utilizar desvios pelas Ruas Francisco Hruschka e Adelina Klein Ehlert. Após a conclusão das obras, a rua será repavimentada pela Prefeitura.

Prefeitura vai adquirir novo lote de estufas à agricultura familiar - A Secretaria de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, por meio do Fundo Municipal de Incentivo ao Desenvolvimento Rural e Agricultura, lançou edital para registro de preços para seleção de propostas à aquisição de conjuntos de abrigos para produção agrícola (estufas) ao longo de 12 meses, destinados para incentivo à agricultura familiar de Jaraguá do Sul. Os envelopes com a documentação e as propostas devem ser entregues até o dia 27 de novembro. O valor máximo do orçamento é R$ 401.950,00. O Município vai adquirir várias unidades de abrigo para produção agrícola, com tamanhos diferentes e sistema de gotejamento para os canteiros, inclusive a cobertura. É o chamado cultivo protegido. Lançado em 2017, o Projeto Cinturão Verde é dividido em etapas. Já foram entregues estufas em 2018 e 2019 de tamanhos variados. Os participantes recebem capacitação, orientação e assistência técnica quanto a questão do plantio, do cultivo e a colheita. E também a organização do grupo de produtores.

Eleitos, Machado e Demarchi vão dirigir o IFSC Centro e Rau - O professor José Roberto Machado foi eleito diretor-geral do Campus Jaraguá do Sul-Centro. O novo diretor teve 419 votos de alunos, 17 votos de técnicos-administrativos e 37 de docentes, conquistando 52,82% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou o candidato Élson Quil Cardozo, que somou 121 votos discentes, 24 votos de técnicos e 11 professores, alcançando 29,58% dos votos válidos. Servidores e estudantes participaram da votação realizada na quarta-feira, dia 13 de novembro. No IFSC Campus Rau, o candidato Delcio Luís Demarchi foi eleito o diretor-geral obtendo 57 votos de alunos, 23 votos de técnico-administrativos e 28 de docentes, conquistando 37,01% dos votos válidos. Por uma margem bastante pequena ele ficou à frente do candidato Gerson Ulbricht, que somou 39 votos discentes, 12 votos de técnicos e 26 professores, alcançando 36,90% dos votos. O resultado oficial foi divulgado na página oficial das eleições. A homologação do resultado deverá ocorrer no dia 16 de dezembro. A homologação é dada pelo Conselho Superior do IFSC. O mandato deverá iniciar em abril de 2020

Vereador defende grupo de brigadistas para escolas e creches - A necessidade de mais atenção quanto à segurança nas Escolas e Centros de Educação Infantil, no que se refere à prevenção de incêndios e outras possíveis ocorrências semelhantes, foi levantada na Câmara. Gruner mencionou a possibilidade de organização de um trabalho com medidas preventivas nas unidades educacionais. “Em caso de incêndio em uma escola, que atitudes devem ser tomadas pelos professores? Temos que criar mecanismos para que as pessoas possam ficar seguras”, ponderou, acrescentando que vai encaminhar ao Executivo uma indicação, com minuta de projeto, para criação de grupo de brigadistas para atender escolas com trabalhos de orientação e simulados de ocorrências. “A prevenção é a melhor arma”, alertou. Segundo Gruner o assunto foi debatido durante uma reunião com munícipes, em seu gabinete.

Município vai reformar escola e adquirir brinquedos às crianças - O Governo Municipal lançou edital para contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de engenharia com fornecimento de materiais e mão de obra, para reforma em uma área de 2.057,30 m² para troca de cobertura, de instalações elétricas e de cabeamento estruturado, na Escola Rodolfo Dornbusch, localizada na Rua Professor Irmão Geraldino, Bairro Vila Lalau.

As propostas devem ser entregues até o dia 29 de novembro, com abertura na mesma data. O valor máximo da contratação é de R$ 1.831.905,06. Outra licitação é para a compra de brinquedos diversos às escolas de educação básica e centros de educação infantil. As propostas serão abertas no dia 3 de dezembro. O valor de referência (orçamento) é de R$ 1.022.955,20.

Agenda

Ver todos