ENSINO INDEPENDENTE E LIVRE?

A J Marchi

Questionamentos evidentes, obviedades improváveis e banalidades incomodas. 

Ver artigos

O Ensino brasileiro está na lona, vítima de uma luta sem prioridades. Leis discricionárias e desmedidos cortes de verbas nas últimas três décadas, aproximam o conhecimento da decadência decretada sem precedentes em nosso país. Algo estranho acontece, não por culpa exclusiva das Escolas que experimentam calotes e de professores que sofrem nas mãos de alunos que não podem reprovar por conta de brandas leis ideológico-protetivas, mas certamente, pelo desinteresse coletivo no aprendizado que de novo, nada oferece. O Ensino Elementar, ao que tudo indica, é o que tem o quadro mais crítico, justificado pela falta de senso criativo e inventivo desta faixa etária. Por sua vez, o ensino médio deveria desenvolver o aspecto técnico e profissionalizante para beneficiar jovens que, sem emprego e renda, não tem como frequentar universidades.

Na visão dos pais, educar é mera transferência de sua base de dados, ou seja, sua filosofia de vida. Para a escola, educar significa impor, tão apenas, conteúdo programático. Nenhuma ideologia deveria se sobrepor aos valores e culturas dos núcleos familiares, embora mais parecidos sejam os filhos com sua época, do que propriamente com seus pais. A mesma permissão dada as instituições religiosas pelos pais, para que seus filhos ainda rebentos sejam doutrinados, é vista por muitos, como um direito adquirido para a orientação pedagógica, muitas vezes repletas de questionáveis ideologias. É de se perguntar: - Temos o direito de inseri-las em mentes tão precoces? Deveria o conhecimento ser imposto ao indivíduo, ou deveria ele, ter a obrigação de conquistá-lo? E afinal, porque terceirizamos a educação primária de nossas crianças? A Educação, tem como única finalidade, preparar indivíduos que pensem e ajam com independência e liberdade - disse o cientista e físico Albert Einstein, embora sobre isso, se façam ouvidos moucos. É impossível que haja evolução coletiva em uma nação onde a leitura é tão banalizada. A imaginação é mais importante que o conhecimento - dizia o mesmo Einstein. Se você não lê e exercita sua mente, não conseguirá imaginar e criar soluções. Toda informação recebida sem que se tenha de lê-la ou estudá-la, cairá no esquecimento! É como colher a fruta já apodrecida. A incapacidade de um indivíduo pensar ou agir por si próprio, preocupando-se apenas com o que lhe interessa, é um dos grandes males da atualidade. Nossa exclusão do processo inventivo eternizará uma legião de alienados e despreparados para os desafios que virão, e colocará à prova nossa limitada capacidade técnica.

Apenas para citar como exemplo de novas demandas que estão a infernizar a vida de muitos agentes públicos acomodados, em nações adiantadas tal qual a velha e endinheirada Alemanha, a maioria dos jovens tem preferência por cursos técnicos/tecnológicos. Com toda razão, as pessoas têm pressa para viver o hoje, estando pouco interessadas em esperar pelos inócuos investimentos a futuro, e por isso mesmo, não planejam mais à longo prazo, pois projetos governamentais de longa projeção, fazem também com que as pessoas tenham, ao final de cada mês, menos dinheiro no bolso, e, por conseguinte, a sociedade. É óbvio que ao engessar o Orçamento Público para um período mais longo com o intuito de concretizar plataformas de governo, compromete-se todas as políticas públicas, deixando o cidadão com menor potencial para gerir ou investir em sua própria vida. Tudo é uma questão de tempo, necessidade e prioridade. Educação é para hoje, Saúde, Segurança e Transporte também.

Não por acaso, tornou-se fácil votar, e induzidos por tal comodidade terceirizada, menosprezam-se conhecidos interesses políticos em prejuízo dos coletivos! E, movidos por tal desinteresse, continuaremos a conviver com a imensa parcela da população que aguarda dos eleitos a realização de seus desejos sem compreenderem que todos pagarão pela mesma conta! A amiga da esperança é a paciência, e a inimiga não é a falta dela, mas o excesso!

Notas

Partidos buscam mulheres para se lançarem em campanha - Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. Se a cota feminina não for alcançada, a lista de homens terá de ser reduzida na mesma medida e a chapa será então proporcional. Em eleições anteriores, quando a cota do gênero já estava valendo, mas o veto às coligações ainda não, os partidos se coligavam e valia a média de candidaturas femininas do bloco. Na prática, uma legenda podia salvar a outra. Agora é cada uma por si. E além de estabelecer uma percentagem mínima de candidaturas de mulheres, as regras eleitorais determinam que os partidos destinem ao menos 30% de sua verba do Fundo Eleitoral para as campanhas femininas. A corrida por mulheres candidatas está acontecendo em todos os partidos.

Escola de gastronomia organiza duas oficinas - O Chef Gourmet, escola de gastronomia sediada em Jaraguá do Sul, está organizando duas oficinas para capacitação de interessados no universo gastronômico. No dia 22, o chef e professor Gabriel Leoni fala sobre melhores cortes de legumes e verduras para várias preparações e também como congelá-los. Já nos dias 28 e 29, é a vez de a chef Dominique Conceição ensinar aos participantes os segredos da preparação de ovos de Páscoa. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (47) 9 9115-8506 e 3055-0679. Para saber mais, basta acessar www.escolachefgourmet.com.br ou seguir as redes sociais da marca.

Secretaria de Saúde promove audiência pública - Os resultados do último quadrimestre serão apresentados à população pela Secretaria de Saúde de Massaranduba na segunda-feira (24), a partir das 9h30min, na Câmara de Vereadores. O relatório dará também os números consolidados do ano. A audiência é o meio pela qual a comunidade pode acompanhar a execução da programação anual da saúde relativos a 2019 e os principais detalhes sobre recebimentos e aplicação dos recursos financeiros e prestação de serviços.

CARNAVAL – O Clube Atlético Baependi promove no dia 25, terça-feira, o carnaval infantil a partir das 14h, com animação do Dj Xalinho e tendo como atração o Robô Led. No local haverá food truck. Evento gratuito para sócios e não sócios a R$ 5,00. Até cinco anos é livre.

Centenário realiza a festa de rei e rainha - A Sociedade Desportiva Recreativa Rio da Luz II – Salão Centenário, realiza no dia 22, sábado, a festa de rei e rainha com baile, a partir das 18h com a concentração dos sócios e uma hora depois a busca das majestades, Muriel Cristo e Jehnefen Tonello (rei e rainha), Natalício Shimanski, David Horongozo, Cecília Schimanski e Tânia Fischer (cavalheiros e princesas). Aldoir Oldenburg será o comandante. O baile começa às 20h30min com a Banda GBD, posteriormente o Grupo Chama e para finalizar a noitada, o Grupo Talagaço. O valor por participante é R$ 35,00 com direito ao buffet, duas horas de bebidas livre (cerveja, refrigerante e água) e impresso para o baile. Quem for apenas para o baile pagará R$ 15,00.