EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Cristiano Mahfud Watzko

Graduado em Direito pelo Centro Universitário Católica de Santa Catarina, Pós-graduado (MBA em Direito Empresarial) pela SUSTENTARE - Escola de Negócios, com atuação no Departamento de Direito Tributário.

Ver artigos

Evite os 7 erros comuns de finanças

Caro (a) leitor (a), na semana passada li um texto com o seguinte título: “Aprenda a evitar 7 erros comuns de finanças”. Abaixo compartilho as informações, com algumas informações adicionais que considerei necessárias.

1.Não criar um fundo de emergência: Um fundo de emergência é uma proteção que deves buscar ter. A orientação é de que deves ter o valor guardado de seis a nove meses de suas despesas mensais previstas em uma conta bancária separada para situações imprevistas, entre elas: como perder o emprego, uma doença inesperada ou gastos emergenciais.

2.Realizar pagamentos com atraso: Tenha como objetivo mensal, efetuar os pagamentos no valor integral e no prazo do vencimento. Caso contrário, você poderá sofrer penalidades (multa e juros) e um impacto negativo na sua pontuação de crédito. Para evitar pagamentos em atraso, coloque suas despesas em débito automático. A tática pode resultar em economia de tempo, dinheiro e frustrações.

3.Ignorar uma pendência: Não pule pagamentos. Quer seja um empréstimo estudantil ou pessoal ou uma parcela do cartão de crédito. Ignorando uma pendência, você vai sofrer cobrança de taxas e multas e poderá ter sua pontuação de crédito afetada.

4.Ficar inadimplente: Ninguém quer ficar com o ‘nome sujo’. Antes de fazer um empréstimo, entenda as taxas de juros, o pagamento mensal necessário e as condições contratuais. Se você acha que não consegue arcar com os valores, não deves assumir o risco, ou caso contrário terá que renegociar no mês seguinte.

5.Adquirir um imóvel que não pode pagar: Uma casa é um lugar para construir memórias. Não pense nela como um ativo que será valorizado automaticamente. Se você encontrar a casa dos seus sonhos, verifique se o financiamento cabe no seu bolso. Separe a beleza e o conforto do custo - são coisas diferentes: seu proveito e a necessidade de pagar para ter.

6.Retirar dinheiro do seu fundo antes da hora: Não faça uma retirada antecipada do seu fundo de pensão ou do seu valor aplicado em previdência privada. Se fizer isso, você poderá enfrentar penalidades, bem como deduções de impostos sobre o valor solicitado.

7.Não consolidar a dívida de cartão de crédito com um empréstimo pessoal: Cartões de crédito podem ser ótimas ferramentas financeiras. Entretanto, em caso de dívidas, os juros podem chegar a valores exorbitantes. Uma opção é consolidar esse débito em um empréstimo pessoal - um crédito não garantido que normalmente é pago em três a sete anos. Se a taxa de juros do empréstimo for inferior à do cartão de crédito, tenha certeza de que essa é a melhor opção para economizar. Neste erro vale a pena citar um exemplo: Se tiveres um valor de R$ 5.000,00 a pagar na fatura do cartão e resolver parcelar em 6 vezes, considerando uma taxa hipotética de +/- 17% ao mês, a parcela ficará em torno de R$ 1.400,00, e ao final terá pago um total de R$ 8.400,00. Caso resolva pegar um empréstimo e quitar a fatura do cartão, também em 6 vezes, contudo, conseguindo uma taxa hipotética de +/- 5%, a parcela ficará em torno de R$ 990,00, e o total pago será de R$ 5.940,00, ou seja, R$ 2.460,00 a menos do que se parcelado no cartão.

Agora é com você. Desejo sucesso financeiro ao (a) leitor (a). Sinta-se à vontade para entrar em contato através do e-mail: [email protected] Até a próxima.

Notas

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Estudantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte

A partir desta quinta-feira (16/1), os estudantes de cursos do ensino superior ou nível médio profissionalizantes de Massaranduba já podem se inscrever no programa Bolsa Transporte para o primeiro semestre de 2020, que prevê o auxílio de até 100% no transporte escolar. O prazo para a inscrição é até 16 de fevereiro para bolsas de 100% ou 75% e até 31 de maio para 50%.

Para ter acesso ao programa é preciso fazer a inscrição através do site http://sistema.portalave.com.br/universitário, através do simulador de cálculos e envio de documentos (conforme edital disponível no site do município

Dico e Celestino dividirão presidência da Câmara este ano

Jaraguá do Sul - Desde o dia 1º de janeiro, Isair Moser, o Dico, do PSDB, é o presidente da Câmara de Vereadores. Ele recebeu nove votos contra dois para Ademar Winter, que votou em si e recebeu também de Rogério Jung, do MDB. O vice-presidente é Eugênio José Juraszek (PP), 1º secretário Celestino Klinkoski (PP) e 2º secretário Ronaldo Magal de Souza (PSD).

A eleição de Moser seguiu acordo firmado em 2016, após a eleição municipal. Em 2017 o presidente foi Pedro Garcia, em 2018 Anderson Kassner e no ano passado, Marcelindo Carlos Gruner, que se despediu no dia 31 de dezembro.

Estrutura da Secretaria de Educação muda de endereço-A Secretaria de Educação de Guaramirim está agora atendendo junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, localizado na Rua Irineu Vilela Veiga, 222, Centro. O telefone de contato é 3373-3397. A mudança ocorreu pelo fato de que em 2020 inicia a construção da nova estrutura da Escola Municipal de Educação Fundamental Dorvalino Felipe e, neste período, os alunos serão realocados para estudar no prédio da Secretaria de Educação, na Rua 28 de Agosto. A decisão de levar a Educação para atender no mesmo local do Desenvolvimento Social é para otimizar o espaço e economizar com aluguel. Com isso, a Defesa Civil e os Bombeiros Militares, que antes utilizavam salas na Secretaria de Desenvolvimento Social passaram a atender junto à Fundação Cultural.

Agenda

Ver todos