Especiais,Religião

O que existe por trás da festividade de Corpus Christi

Foto: FJBrugnago

Neste ano de 2019, o feriado de Corpus Christi acontece no dia 20 de junho, quinta-feira. Enquanto para alguns, trata-se de uma data para descanso e lazer, para os católicos trata-se de uma importante data de seu calendário litúrgico. Neste dia, a Igreja celebra a instituição da Eucaristia com a exposição do Santíssimo Sacramento pelas ruas, em procissão, juntamente com os fiéis. Para os católicos, a Eucaristia significa a essência da vida cristã, pois nela está contido o verdadeiro Corpo de Cristo que se sacrificou na maior demonstração de amor já realizada pela humanidade. A Festa de Corpus Christi começou no século XIII, na diocese de Liège, na Bélgica, graças à freira Juliana de Mont Cornillon.

Ela teria tido visões nas quais o próprio Cristo lhe aparecera pedindo que realizasse uma festa anual em honra da Eucaristia. A solenidade, porém, só foi instituída, oficialmente, pelo papa Urbano IV em 1264, ao publicar uma bula sobre o tema, prescrevendo a celebração oficial em honra do Corpo do Senhor sempre nas quintas-feiras após a oitava de Pentecostes. Segundo a tradição, a oficialização da data aconteceu depois que o Papa, que morava em Orvieto, na Itália, pronunciou as palavras Corpus Christi diante de uma relíquia eucarística, que lhe fora trazida de uma cidade próxima, chamada Bolsena. Trata-se de uma hóstia consagrada que teria sangrado durante uma celebração eucarística realizada na cripta de Santa Cristina, naquela cidade.

Para o pesquisador e estudioso de imagens há mais de 30 anos, Prof. Dr. Jack Brandão, tal acontecimento, considerado pelos católicos como um milagre eucarístico, foi quase imprescindível para a repercussão desta solenidade cristã. “Atualmente, por exemplo, muitos católicos sequer se lembram de tal milagre, nem conseguem associá-lo à Festividade de Corpus Christi. No entanto, essa imagem demonstrou sua eficácia, pois ainda hoje vemos a devoção popular espalhada nas ruas em forma de tapetes, por exemplo, no dia da festividade. Assim, a associação desvinculou-se do miraculoso e ganhou contornos próprios”, finaliza.

Para os católicos é a materialização do sacrifício de Cristo

De acordo com o pesquisador, nós somos seres iconotrópicos, ou seja, consumidores imagéticos vorazes e por isso necessitamos, a todo o momento, de mais e mais imagens que possam saciar nossa sede por elas. “O que acontece é que essa sede é inesgotável e, quanto mais consumimos, mais desejamos consumir, pois nunca nos contentamos com o que temos”. Segundo Brandão, a existência de uma relíquia, como a hóstia com gotas de sangue ou o milagre de Lanciano, cuja origem remonta ao século VIII, significa, para muitos católicos, a materialização do sacrifício de Cristo. “Nós somos seres visuais. Na sociedade contemporânea há o predomínio da percepção visual. Dessa maneira, o fiel católico, ao ter a oportunidade de visualizar aquilo que pertence ao mundo material em consonância com o espiritual, vê fortalecida sua fé. Não que ele necessite, de maneira clara, dessa materialização, é evidente”.

O professor ainda destaca que tais sinais externos não desmerecem a fé cristã, pelo contrário, ele ressalta que tais imagens apenas contribuem para reforçar a fé. “Se eu já acredito, intensificarei ainda mais a minha crença e, se eu tenho algumas dúvidas, passo então saná-las perante a imagem que surge diante de mim”, completa o pesquisador. Ele também chama a atenção para o surgimento de outros milagres semelhantes que atraem milhares de fiéis para verem a relíquia exposta. “As pessoas querem ver e contemplar, pois se trata, digamos, de uma prova da origem divina da Eucaristia. No caso da instituição da festividade de Corpus Christi, por exemplo, os milagres repercutem mais que a própria visão da freira Juliana. Não desmerecendo a mística, mas nesse caso o que se busca é a materialidade do sobrenatural, fato que corresponde ao suporte imagético”. Para concluir, Prof. Jack Brandão ainda cita o apóstolo Tomé que, apesar de ser taxado como homem de pouca fé ou até mesmo incrédulo, recorre à materialidade imagética para fortalecer sua crença: “Ele não deixa de acreditar, pelo contrário, ele apenas recorre às imagens para impulsionar a sua fé. Todos, afinal, temos um pouco de Tomé em nós”.

Região mantém a tradição da confecção de tapetes nas ruas

Corpus Christi, que será celebrado na quinta-feira (20) não é feriado nacional, mas sim, ponto facultativo. Na maioria das cidades é feriado municipal, instituído por lei, como acontece na região de Jaraguá do Sul, por exemplo. Em alguns municípios, como Guaramirim, Schroeder e Massaranduba o expediente da Prefeitura estará fechado também na sexta-feira. Não existe data fixa no calendário, sendo comemorados 60 dias após a celebração da Páscoa, que é realizada, por sua vez, sempre 40 dias após a Quarta-Feira de Cinzas, que marca o fim do carnaval. Mas, antes, no 50º dia subsequente à Páscoa, é celebrado o Pentecoste, que registra a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Cristo.

Na região, é tradição a confecção de tapetes. A Igreja, por meio de suas pastorais e movimentos enfeita as ruas principais das cidades para que o sacerdote, antes da celebração da missa, conduza em procissão o Santíssimo Sacramento, demonstrando publicamente a sua fé, com a comunidade participando em oração e cantando. O trajeto é definido por cada Paróquia, conforme as particularidades. É uma verdadeira demonstração pública da fé. Ainda escuro, os belos tapetes são confeccionados, utilizando-se de diversos materiais, entre eles serragem, borra de café, flores, ramos e materiais recicláveis que no conjunto mostram a criatividade e formam verdadeiras obras de arte por parte de artistas anônimos. Essa tradição é mantida, por exemplo, em Jaraguá do Sul, Guaramirim e Massaranduba muito fortemente. As celebrações litúrgicas são realizadas no período da manhã para que os tapetes coloridos não sejam prejudicados pelo movimento de veículos e de pessoas.

Vias interditadas para a procissão de Corpus Christi

A Diretoria de Trânsito e Transportes informa que algumas vias públicas estarão interditadas, total ou parcialmente, nesta quinta-feira (20), em virtude da procissão de Corpus Christi, organizada por diversas paróquias de Jaraguá do Sul.

Centro
1 Interdição parcial e policiamento da Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, das Ruas Domingos Rodrigues da Nova, Reinoldo Rau, Quintino Bocaiúva, Expedicionário Antônio Carlos Ferreira, Francisco Fischer, Expedicionário João Zapella e da Avenida Marechal Deodoro da Fonseca para uso da Paróquia São Sebastião, das 5h30 às 11h30.

Amizade
2 Interdição parcial e policiamento da Comunidade São José Operário, na Rua dos Viajantes, até a Igreja Matriz São Cristóvão, na Roberto Ziemann, no bairro Amizade, a partir das 10 horas.

Barra do Rio Cerro
3 Controle de trânsito nas Ruas Ângelo Rubini, Feliciano Bortolini e Aloísio Boeing, da Paróquia Nossa Senhora das Graças até o Noviciado Nossa Senhora de Fátima, na Barra do Rio Cerro, a partir das 8h45.

Água Verde
4 Utilização das Ruas Henrique Nagel, Guilhermina Lenzi, Padre Mirandinha e Waldemar Doubrawa pela Paróquia São Judas Tadeu, no bairro Água Verde, das 6 às 11 horas.

Ilha da Figueira
5 Utilização da Rua Nossa Senhora Aparecida pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na Ilha da Figueira, a partir das 11 horas.

 

Notas

Abrigo Institucional Gillian Hermann passa por ampliação e reforma - A ampliação e reforma do Abrigo Institucional Gillian Edith Mary Hermann, no Baependi, iniciaram na semana passada e devem ser concluídas em um prazo de até 150 dias. De acordo com a secretária de Assistência Social e Habitação, Maria Santin Camello, a ampliação de 72,88 m² envolve a construção de mais duas salas, que serão destinadas a atendimentos da equipe técnica. Já a reforma contemplará pintura externa do prédio e reparos em geral. O investimento total é de R$ 184.864,60, com recursos próprios. Contando com uma área total de 476 m², da qual 330,23 m² de área construída em dois pisos, o abrigo dispõe de cinco quartos, seis banheiros, cozinha, salas de TV e de jantar, mais ambiente para estudo, além de três salas para a equipe técnica. Com a ampliação, a área construída aumentará para 403,11 m². A capacidade é para atendimento a 15 adolescentes e atualmente 12 vivem no local.

Construção de um novo abrigo infantil está nos planos para 2020 - A Secretaria de Assistência Social e Habitação prevê para 2020, além da reforma do Abrigo Institucional Gillian Hermann, as obras de melhorias no CRAS Jaraguá 84 entre março e abril. O valor máximo previsto é de R$ 240 mil, sendo este recurso obtido junto ao Governo do Estado. A construção de um novo abrigo infantil é outra melhoria esperada para este ano pela secretária Nina Camello. Para isso, um convênio com o Ministério da Cidadania no valor de R$ 1 milhão já está assinado por meio da Caixa Econômica Federal. O recurso foi intermediado pelo deputado Carlos Chiodini junto ao ministro da Cidadania, Osmar Terra, quando visitou Jaraguá do Sul no ano passado. A nova estrutura substituirá o atual imóvel alugado no centro da cidade, que tem capacidade para atender 20 crianças.

RFCC inicia as atividades do ano - A Rede Feminina de Combate ao Câncer retomou ontem (27) as atividades, já com agendamento dos preventivos de colo do útero e de toque de mama para mulheres residentes em Jaraguá do Sul. Os exames podem ser agendados pelo telefone 3275-0268, ou diretamente na sede da entidade, na Procópio Gomes de Oliveira 801. É necessário apresentar documento de identidade e comprovante de residência. A RFCC atende de segunda a sexta-feira,d as 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Regularização do Simples Nacional termina no dia 31 - Quem foi excluído do SN em 2019 têm até 31.01 para regularizar as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a RF ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio. Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). A adesão será exclusivamente pela internet, por meio do Portal do SN.

Fundador da Condor na plenária da CDL de janeiro - A primeira plenária mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas está marcada para o dia 31, a partir das 12h15min, no Clube Atlético Baependi. A entidade recebe o fundador da Rede Condor Hipermercados, Joanir Zonta, que inaugurou moderna loja em 2019, na Vila Lenzi. Ele participa do quadro ‘Varejando’, espaço dedicado ao compartilhamento de boas práticas de varejo. Além disso, a reunião ainda conta com o lançamento do segundo ciclo do programa de mentoria da CDL e terá explicação sobre o PIT (Programa de Iniciação ao Trabalho). O encontro é destinado a associados, que podem confirmar presença pelo e-mail [email protected] ou pelo (47) 3275-7070.

Agenda

Ver todos